top amazon primeday
Guias de Compra

Retrospectiva: principais smartphones lançados em 2020

Não faltaram opções de smartphones em 2020 e praticamente em todos os meses algum aparelho interessante chegou por aqui.

Avatar do membro Vinicio Rolim Lira

Vinicio Rolim Lira

30 de dez de 2020

0 comentários

O ano de 2020 foi, no mínimo, atípico, mas se teve um aspecto que não decepcionou foi a quantidade de smartphones lançados. Modelos capazes de agradar a todos os gostos e outros apenas para alguns bolsos, mas repletos com o que há de mais atual em tecnologia mobile. Confira a nossa retrospectiva com os principais smartphones lançados em 2020 no Brasil.

Janeiro

Ano novo, ideias novas e um bom momento para lançar no mercado um aparelho com conceito ainda restrito, mas inegavelmente inovador. Em janeiro foi a vez do Galaxy Fold, primeiro smartphone dobrável a chegar ao Brasil. O preço pela inovação foi salgado, já que o aparelho com tela de 7,3 polegadas chegou ao Brasil por 13 mil reais. 

Fevereiro

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Embora pareça que faz anos, em 2020 houve carnaval e antes do evento, no início de fevereiro, a Motorola abriu alas para o seu primeiro smartphone com tela dobrável. O Motorola Razr desembarcou por aqui por R$8.999 e apelou para a nostalgia do antigo Motorola V3, sendo o primeiro aparelho dobrável com aspecto mais próximo da usabilidade dos aparelhos atuais. Afinal o primeiro Fold da Samsung era mais potente, mas apresentava um design e usabilidade mais conceitual.

Março 

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Junto com as águas março, o terceiro mês do ano trouxe uma enxurrada de novos smartphones para o mercado nacional. Por parte da Samsung tivemos a linha Galaxy S20 com três aparelhos e câmera de 108 mp e o Galaxy Z Flip, um smartphone dobrável mais compacto e usual que o Galaxy Z Fold.

Em março também presenciamos o retorno da Apple a um iPhone com proposta mais acessível ( ou menos cara), já que foi neste mês que a empresa apresentou o novo iPhone SE 2020, um aparelho com design retrô e desempenho condizente com o iPhone 11. 

Ainda neste mês a Huawei apresentou para o mercado Global seu novo topo de linha, o P 40 Pro, um aparelho com configurações incríveis, principalmente em sua capacidade fotográfica, porém, sem os serviços do Google, o que praticamente inviabilizou o aparelho em vários países. 

Abril

Não é mentira, abril foi um mês menos movimentado entre smartphones lançados em 2020, tendo como grande destaque a chegada do Redmi Note 9s, um intermediário com bom custo-benefício e desempenho em games graças ao seu processador, o Snapdragon 720G.

Maio

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Em maio os fãs de tecnologia mais nostálgicos sentiram até um quentinho no coração ao saber do retorno oficial da Nokia ao país, ou pelo menos da chegada da atual Nokia por aqui. Porém a ficha técnica básica do Nokia 2.3 , primeiro modelo da nova Nokia no Brasil deixou até os mais saudosos um pouco decepcionados. 

Junho

Após a boa repercussão do Redmi Note 9S, a Xiaomi trouxe ao Brasil mais dois aparelhos da linha, Redmi Note 9 e Redmi Note 9 Pro. Se em 2020 não teve festa junina, teve Redmi Note 9 para todos os gostos, sendo o Pro o modelo mais potente e o Redmi Note 9 um intermediário convencional. 

Julho

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Quem movimentou o mercado em julho foi a Motorola, primeiro ao voltar a prateleira de smartphones topo de linha com o Motorola Edge e principalmente com o Edge Plus com câmera de 108 mp, snapdragon 865 e 12 GB de RAM. Ainda em julho a fabricante apresentou mais opções para linha One como o Motorola One Fusion e One Fusion+.

Já a Samsung resgatou uma linha que andava meio esquecida com o Galaxy M31, um dos melhores custo-benefício de 2020 graças a suas boas configurações e principalmente a sua bateria de 6.000 mAh, até aquele momento um record no mercado nacional. 

Setembro

celulares com as melhores câmeras

Se em julho a Motorola inovou, em setembro voltou ao que já vem dando certo com o novo Moto G9, aparelho da linha de intermediários da empresa que há muitos anos faz sucesso na categoria de intermediários. Entre os destaques da geração atual está a chegada do Moto G a série 700 de processadores da Qualcomm e melhorias em câmeras do Moto G9 Plus.

Entre os muitos rumores sobre o final da linha Note, a Samsung apresentou o Galaxy Note 20 e Note 20 Ultra com melhorias nas funções da caneta S-Pen, ótimas fotos, desempenho típicos dos aparelhos premium de 2020 e o já tradicional foco em produtividade. 

Quem apresentou inovação em setembro foi a LG, não que tenha inventado a roda, mas o LG Velvet foi uma boa renovação em relação ao que a empresa estava apresentando em seus últimos lançamentos. 

Outubro

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

No mês das crianças o que não faltou foram novos brinquedinhos tecnológicos. Os adeptos dos games mobile ganharam mais uma opção com a chegada do Poco X3 repleto de funções para agradar os jogadores como tela de 120Hz, sistema de resfriamento otimizado e processador com bom desempenho em jogos. 

A Samsung agradou de entusiastas a desastrados com o novo Galaxy Z Fold, um dobrável mas compacto e com design menos bruto que o primeiro Fold, além de trazer o Galaxy XCover, aparelho resistente a quedas, a água e com certificação militar. 

Mas o principal lançamento de outubro certamente foi o iPhone 12. Foram quatro aparelhos na nova geração da Apple com destaque para uma versão de dimensões reduzidas, iPhone 12 Mini, e o maior e mais potente iPhone 12 Pro Max. Os quatro modelos agora contam com tela OLED e compatibilidade com 5G, mas deixaram de ter o carregador incluso na caixa.  

Ainda em outubro a Motorola apresentou o Moto G 5G que como o nome já diz, possui compatibilidade com internet 5G e busca ser uma opção não tão cara com a nova geração de internet móvel. 

Novembro

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Mês de Black Friday é também aquele momento do ano em que muita gente já tem na cabeça e nas listas de desejos o smartphone que pretende comprar. Ainda assim deu tempo para a Xiaomi trazer para cá dois novos aparelhos com ficha técnica de respeito e preço elevado. São eles o Mi 10T e o Mi 10 T Pro

Foi em novembro também que a Nokia melhorou um pouco a impressão decepcionante que deixou com o Nokia 2.3 ao disponibilizar o Nokia 5.3, um smartphone intermediário. 

E quando parecia que ninguém iria superar a bateria do Galaxy M31, a própria Samsung mostrou que éramos inocentes e não sabíamos de nada ao ampliar a linha com a chegada do Galaxy M21s e principalmente do Galaxy M51 e seus 7.000 mAh de bateria. 

Dezembro

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

A não ser que alguma empresa traga um lançamento bombástico entre o natal e o feriado de ano novo, o principal smartphone que chegou ao Brasil em dezembro foi o Zenfone 7 que manteve o conceito de câmera flip, adicionar um sensor telefoto com zoom de 3x e outras melhorias como a tela OLED. O preço inicial de R$5.400 assustou até papai noel, mas é provável que nos próximos meses o modelo esteja mais barato


Após conhecer os principais smartphones lançados em 2020, que tal conferir nossas promoções de TV? São modelos com as melhores imagens e que podem ficar ainda mais baratos com algum cupom de desconto.