Campanha Esporte - Aliexpress
Promobit
Promobit
Guia de compras

Moto G41 é bom? Vale a pena comprar o gêmeo do Moto G31?

Com a tela OLED como principal destaque, o Moto G41 é competente, mas sem inovações.

Moto G41 é bom? Vale a pena comprar o gêmeo do Moto G31?

15 de fev de 2022

0 comentários

Compartilhe:

A linha Moto G de smartphones da Motorola está cada vez mais parecida com a linha Galaxy A da Samsung, abrigando sob um mesmo guarda-chuva de aparelhos quase de entrada a celulares intermediários premium com muita potência, como o Moto G200. A mais nova aposta da empresa é o Moto G41, um smartphone competente, mas com sensação de filme repetido. Descubra se o Moto G41 é bom e se vale a pena investir no aparelho.

Quer receber avisos sempre que aparecer Moto G41?

Design 

A análise de design do Moto G41 pode ser aplicada também a outros aparelhos mais recentes da Motorola, como Moto G71 e o Moto G31, sendo que ambos possuem praticamente o mesmo design que o Moto G41, feito todo em plástico e com leitor de digitais em botão físico na lateral. Com poucas bordas nas laterais, o aparelho possui apenas um furo na tela centralizado para abrigar a câmera frontal. Já na parte inferior do Moto G41 está apenas uma das saídas de áudio e a entrada USB-C.

Um ponto sempre positivo e que precisamos destacar no Moto G41 é a presença de carregador e fone de ouvido na caixa, deixando para o consumidor a opção de gastar ainda mais com acessórios de melhor qualidade ou permanecer com o Kit inicial.

Leia mais:

Tela

Um dos trunfos do Moto G41 é a sua tela OLED e com resolução Full HD. Julgando pela presençã cada vez maior de aparelhos intermediários com telas OLED e Super Amoled, podemos esperar menos aparelhos em 2022 com tela IPS na mesma faixa de preço do Moto G41. O display de 6,4 polegadas poderia ter taxa de atualização de 90 Hz ou 120 Hz, mas os 60 Hz da tela não chega a ser um problema para maior parte dos usuários. 

Desempenho

Com o mesmo arranjo de hardware do Moto G31, o G41 não foge do roteiro e também é um aparelho competente para a usabilidade do dia a dia e uso multitarefa. Já em games temos um bom desempenho em qualidade média quando o jogo for mais exigente, enquanto que com títulos mais leves o desempenho é liso. O aparelho conta ainda com 4 GB de RAM e 128 GB de espaço interno.

O Moto G41 já sai de fábrica com sistema operacional Android 11 e como é de costume na Motorola, o aparelho deve receber, no mínimo, mais uma atualização de sistema. Porém, para quem busca conexão com as redes 5G é necessário saltar para o Moto G50.

Câmeras

Com exceção da lente macro de 2 MP, as outras duas câmeras da traseira são competentes para a faixa de preço. A lente principal de 50 MP oferece imagens equilibradas e bom modo noturno, enquanto a ultrawide de 8 MP possui alcance dinâmico menor, mas ainda assim cumpre bem a função de fotografar ângulos mais amplos. 

Para selfies, o aparelho conta com lente de 13 MP enquanto em vídeos o aparelho é capaz de gravar com resolução máxima Full HD, qualidade um pouco defasada para 2022, sendo que muitos aparelhos da mesma faixa de preço já gravam em 4K.

Bateria

Análise do Moto G41 poderia muito bem ser um comparativo com o Moto G31, afinal são aparelhos quase gêmeos e quando falamos em bateria temos mais pontos em comum entre os dois aparelhos. Por aqui também encontramos 5.000 mAh de bateria que são capazes de oferecer autonomia energética para um dia inteiro aos usuários mais intensos e nas mãos de usuários mais moderados é possível chegar até o segundo dia sem ir à tomada. 

Falando em conectar o aparelho à rede elétrica, o carregador que acompanha o Moto G41 é de 30w e, segundo a Motorola, capaz de oferecer algumas horas de uso com apenas alguns minutos de carga, porém a quantidade de horas e minutos não foi informada pela fabricante.

Preço e principais concorrentes

Galaxy A32 da Samsung é um dos concorrentes do Moto G41

Não precisa ser nenhum vidente para saber que o preço de lançamento do Moto G41 de R$2.200 deve baixar nos próximos meses, como é de costume com boa parte dos smartphones com plataforma android. Aqui no Promobit o Moto G41 já esteve disponível por cerca de R$1.800, valor que ainda pode ser considerado alto quando levando em consideração que o Moto G31 que possui praticamente a mesma ficha técnica, mas a diferença de preço pode chegar a mais de 300 reais. Aqui no Promobit o Moto G31 já esteve disponível por R$1.330. 

Outro aparelho que disputa as atenções do consumidor na mesma faixa de preço é o Galaxy A32 que além de possuir tela Super Amoled, diferencia-se pela taxa de atualização de 90 Hz. O modelo da Samsung conta ainda com câmera principal melhor e aqui no Promobit já figurou entre as promoções compartilhadas pela comunidade por apenas R$1.200.

Quer receber avisos sempre que aparecer Moto G31?
Quer receber avisos sempre que aparecer Galaxy A32?

Moto G41 é bom? 

Não há muitos aspectos para criticar no novo intermediário da Motorola que se destaca por sua tela OLED e bom conjunto de câmeras, além de ser competente na capacidade de desempenho em jogos e na usabilidade em geral, assim como o Moto G31 que é praticamente o mesmo aparelho, mas com preço menor por não ser lançamento. 

É provável que nos próximos meses o novo smartphone da Motorola diminua de preço e aumente sua presença no varejo, tornando-se uma compra recomendada. Até o momento o Moto G41 é bom, mas o preço está acima do valor do smartphone. 

Ficha Técnica Moto G41

TelaOLED, 6,4”, Full HD+, 60 Hz
ProcessadorHelio G85 MediaTek
RAM4 GB
Armazenamento128 GB
Câmeras traseiras48 MP (wide)8 MP (ultrawide)2 MP (macro)
Câmera frontal13 MP
Bateria5.000 mAh
Dimensões e peso 161.89 x 73.87 x 8.3 mm | 178 g

Aqui no Promobit você encontra as melhores promoções de smartphones das principais marcas e para gastar ainda menos confira nossa página de cupons de desconto.