Take a fresh look at your lifestyle.

Conheça os tipos de SSD e saiba qual a melhor opção para o seu tipo de uso

Entenda a diferença entre os tipos de SSD e saiba qual a melhor opção para você.

O SSD (Solid State Disk) é uma tecnologia de armazenamento que apresenta algumas evoluções em relação ao HD. O disco de estado sólido é mais rápido, resistente e em alguns casos menor que o tradicional HD, porém a variedade de marcas e tipos de SSDs torna a escolha um pouco complicada. Para facilitar as coisas, apresentamos os tipos de SSD e indicamos como escolher o SSD que vai equipar seu computador.

Instalar um SSD é um upgrade mais do que recomendado para maior parte dos usuários, principalmente em notebooks, tanto que boa parte deles já contam com entrada de fácil acesso para a instalação de um SSD. Mas antes é necessário saber como eles funcionam

Leia mais:

Motivos para comprar um SSD

O SSD não possui partes móveis e além de torná-lo mais resistente que os HDs, o acesso aos arquivos e operações são feitas através de eletricidade, representando uma diminuição considerável  no tempo de operação destas funções em relação ao HD. Ter um SSD instalado em sua máquina pode significar um teste de boot (ação realizada pelo computador a cada vez em que é ligado ou reiniciado) mas rápido e acelerar a transferência de arquivos.

Leia mais: Melhores notebooks 2 em 1 com bom custo-benefício.

Já para os gamers, instalar um SSD representa algumas melhoras, como o uso multitarefa. É menos provável que o jogo trave enquanto o computador desempenha outras funções como um download, assim como o processo de loading dos jogos também pode ser abreviado em uma máquina com um SSD e nem precisa ser um modelo de SSD gamer. 

Tipos de SSD

Já falamos sobre os possíveis benefícios em ter um SSD, mas é na hora de comprar que nos deparamos com as variações e ficamos sem entender nada. É preciso levar em conta o tipo de SSD, conexão, protocolo de comunicação e dimensões. Para facilitar o processo de escolha, abordaremos os dois tipos mais comuns que são Sata e M.2. e as suas características

SATA

Também conhecidos como caixinha devido ao formato, o SSD tipo SATA é o mais popular atualmente e também um dos primeiros modelos a chegar ao mercado. Conta com dimensão de 2,5 polegadas, o mesmo tamanho do HD convencional e o mesmo tipo de conector, logo, não é possível usar SSD tipo SATA e HD em uma mesma máquina. 

Os SSD tipo SATA utilizam o protocolo de comunicação SATA III que atinge velocidades médias de leitura e escrita de 500 mb. Embora sejam modelos mais antigos, o SSD tipo SATA ainda é bastante utilizado.

M.2

O tipo M.2 de SSD é mais novo e seu formato mais leve e menor que o SSD tipo SATA. As medidas do SSD tipo M.2 são de 22 x 80 mm e o formato lembra muito uma placa de memória. Esse tipo de SSD é mais versátil pois pode fazer uso tanto do protocolo de comunicação SATA III, assim como o SSD tipo SATA e os HDs, ou ter o protocolo de comunicação PCIe NVMe que chega a ser até 6 vezes mais rápido que o protocolo SATA III. 

Enquanto a velocidade média do protocolo de comunicação SATA III é de 500 mb, como o PCIe NVMe as taxas de transferências chegam a mais de 3.000 mbs para escrita e leitura de arquivos. A conectividade dos SSDs tipo M.2 é mais complicada, mas ela pode se dar de 3 formas, dependendo do tipo de  encaixe que fica na placa mãe.

A primeira delas é a chave B, compatível com o protocolo SATA III. Outra possibilidade é que o encaixe da placa mãe seja de chave M, que só aceita o protocolo PCIe NVMe. A solução mais abrangente é o conector híbrido que aceita tanto a chave B quanto a M. 

Como escolher SSD?

A primeira coisa a ser levada em conta na hora de comprar um SSD é o orçamento necessário para tal. O preço por capacidade de armazenamento de um SSD é bem mais alto do que nos HDs e embora seja tentador querer um SSD com a mesma capacidade do HD da sua máquina, em média de  1TB, não vale a pena e talvez não seja necessário ter um SSD com a mesma capacidade.  Um SSD de 256 GB pode ser o suficiente para deixar seu computador mais eficiente e sempre existe a possibilidade de converter seu HD em um HD externo. 

Já em relação ao tipo de SSD, independente de ser SATA ou M.2, a troca de um SSD por um HD já mostra-se vantajosa. Como o tipo SATA utiliza o mesmo conector que os HDs, é mais difícil ter problemas de conectividade com esses modelos. Para quem procura melhorias consideráveis e não pretende gastar tanto, um SSD tipo SATA com capacidade a partir de 256GB já é uma boa opção. Já os usuários que procuram o melhor em velocidade a opção deve ser pelo SSD tipo M.2, de preferência com o protocolo de comunicação PCIe NVMe.


Confira as melhore promoções de notebook do Promobit. Modelos para todo tipo de usuário podem ficar ainda mais baratos aproveitando o cupom Kabum ou o cupom Submarino.

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!