Take a fresh look at your lifestyle.

Tudo que você precisa saber antes de comprar sofá

Conheça a diferenças entre tecidos e qual a densidade ideal do sofá, além de outros pontos importante na hora da compra.

0

Já imaginou o conceito de sala sem um sofá? Receber os amigos ou ficar despojado enquanto assiste seus filmes ou programas favoritos sem contar com o conforto e aconchego que só o móvel pode proporcionar? Pensando assim, dá para perceber porque o sofá é um item tão procurando na hora de mobiliar a sala. Mas para aproveitar todo o seu potencial, encontrar um modelo que se encaixe nas suas necessidades de conforto, estética, espaço e orçamento.

Além do preço, existem diversas características que podem variar bastante entre um modelo de sofá e outro. Definir para qual uso o sofá é mais indicado é um dos passos essenciais para aproveitar a compra, já que um tipo de sofá irá funcionar melhor ou pior dependendo do uso que você dará ao móvel.

Para ajudar a tomar a melhor decisão, nós separamos algumas informações importantes que você precisa saber antes de comprar o sofá.

Vale a pena comprar sofá pela internet?

Apesar do móvel ser um daqueles em que a experimentação faz toda a diferença na hora de tomar a melhor decisão, é possível sim comprar um sofá ideal para as suas necessidades apenas conferindo as especificações e relatos de outros consumidores que adquiriram o modelo que deseja.

Claro, o cenário ideal é quando você consegue ir até a loja física deitar-se sobre o móvel da forma como costuma fazer em casa e sentir como ele irá se aconchegar ao seu corpo. Depois, no conforto do seu lar, utilizando o Promobit, encontrar a melhor oferta do modelo em que está de olho e economizar. Caso esta não seja uma opção, siga as dicas que separamos sobre como comprar sofá novo.

Sofá

Qual o uso do sofá?

Ao visitar um showroom em uma loja de móveis ou até mesmo a página de sofás em um grande e-commerce, você irá se deparar com uma grande diversidade de modelos, com tamanhos, materiais e desenhos bastante diferentes. Existem tipos que funcionam melhor em salas de estar usadas apenas para receber os amigos enquanto outro são perfeitos para salas de TV.

Antes de seguir para a escolha do móvel, o ideal é entender qual será a principal função dele no ambiente, pensando também em como a peça irá conversar com a decoração escolhida para o local.

Se o móvel for ocupar uma sala de estar onde o objetivo principal será  receber amigos, um modelo com menor profundidade e design que combina com o tema do cômodo é a decisão correta. Agora se o objetivo é um móvel para sala de TV ou sua sala de estar que você também usa para entretenimento, é mais indicado um sofá retrátil ou com chaise acoplado, maior tamanho e enchimento que garanta o conforto exigido.

Qual o tamanho ideal do sofá?

Para responder essa pergunta é preciso se fazer três outras perguntas: qual o espaço disponível no cômodo, quantas pessoas usarão o sofá e qual será a principal função do móvel. Se o último ponto já foi explicado no tópico anterior, os outros demais são bem simples de avaliar.

O primeiro dos itens citados é literalmente avaliar qual o espaço disponível no cômodo para acomodar o móvel, levando em consideração a distância de pelo menos 60 cm entre ele e os demais objetos, para não atrapalhar o trânsito pelo ambiente. Por fim, é só pensar em quantas pessoas irão se sentar no sofá para avaliar se precisa se um modelo de dois ou três lugares.

Uma dica na hora de escolher o tamanho do sofá é ficar atento ao espaço útil. Os braços do móvel podem ter tamanho variado, sendo encontrados em versões bem finas, mais comuns em modelos para sala de estar, e bem largos, principalmente nos modelos maiores e mais confortáveis.

Caso tenha pouco espaço no ambiente, é essencial ficar de olho nas dimensões de cada elemento, pois se conseguir economizar nos braços, você ganhará espaço nos assentos sem precisar de um móvel maior.

 

Densidade da espuma do sofá

O revestimento do sofá está entre os pontos mais importantes a serem analisados na hora da compra, pois é sua densidade que irá determinar a maciez e durabilidade do móvel. A densidade da espuma do sofá é definida pela letra D acrescida de um número, como 23, 28, 33, 45, que indica quantas gramas por cm³ a estrutura é capaz de suportar. Quando maior o número, mais resistente e menos macio será o sofá.

A espuma D33 costuma ser a mais indicada, pois ela suporta entre 70 Kg e 100 Kg. Além da densidade, existem outras estruturas que podem ajudar na resistência do sofá, sem prejudicar seu conforto. Para saber mais, confira o nosso artigo: qual a densidade ideal para o sofá?

sofá animais

 

Diferença entre tecidos do sofá

A escolha do tecido para forrar o sofá deve estender muito além de questões estéticas. Fatores como resistência, retenção de calor, facilidade para limpeza e conservação devem ser observados antes de se tomar uma decisão. Confira alguns tipos de tecido de sofá e as diferenças entre eles.

Sofá de Suede

Um dos tecidos mais utilizados em móveis, o que se deve principalmente ao seu bom custo-benefício, sem sacrificar a qualidade. Os sofás de suede são confortáveis, fáceis de serem limpos e indicados para lugares com calor moderado.

Sofá de couro

Tradicional e elegante, o sofá de couro possui boa resistência e é fácil de ser limpo, apesar de exigir processos de manutenção mais complexos. O couro não é indicado para onde faça muito calor, pois esquenta muito.

Sofá de sarja

O preço baixo, sendo um os mais baratos do mercado, faz com que a sarja seja bastante presente em móveis. O tecido absorve pouco calor, o que faz dele indicado para lugares mais quentes. Como ponto negativo, a sarja não é tão confortável e sua aparência é pesada.


Com essas informações, você já será capaz de escolher o móvel mais indicado para a sua casa. Aproveite também nossas promoções de sofá para pagar o menor preço por ele.

Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!