Take a fresh look at your lifestyle.

O que é HDR na câmera e como ele melhora suas fotos?

O HDR é uma função muito usada na fotografia para melhorar a qualidade das fotos. Saiba a melhor forma de usar a função.

0

O HDR na câmera do celular é aquela função que não é muito clara como funciona, mas que deixamos ativada porque às vezes entrega fotos tão boas quanto o que estamos vendo com nossos olhos ou até melhores. Mas será que o efeito é eficaz em qualquer situação? Neste texto explicamos o que é HDR na câmera e explicamos como usá-lo da melhor maneira. 

Leia também:

O que é HDR na câmera? 

Antes de entender como a técnica funciona, é necessário saber o que significa HDR ou High Dynamic Range, mas que é chamado também de Alto Alcance Dinâmico, no bom e velho português. O HDR também está presente nas TVs de forma um pouco diferente. Para saber o que é o HDR na câmera, seja do celular ou em câmera  dedicada, é preciso entender que algumas cenas apresentam uma variedade muito grande nos níveis de intensidade de luz e tonalidades de cores para serem captadas pelo sensor da câmera em um único clique, resultando em regiões mais destacadas ou mais nítidas do que outras em uma mesma fotografia.

É nessas situações de desequilíbrio de luz que o HDR entra em ação. A técnica consiste em tirar 3 ou mais fotos de uma mesma cena com diferentes níveis de exposição entre elas, variando entre bastante iluminadas, pouco iluminadas e com iluminação média, para combiná-las e chegar a uma única foto com resultado mais nítido e mais próximo do que é visto pelo olho humano. Confira o comparativo entre uma foto feita sem HDR e outra com HDR na câmera de um Moto G7.

Foto feita sem HDR. Excesso de luz na cena e poucos detalhes nos lugares mais iluminados.

 

Foto com HDR feita logo na sequência. Mais detalhes e equilíbrio na intensidade de luz por toda a cena.

Ao combinar os cliques de uma mesma cena, o resultado é uma única foto com equilíbrio no nível de exposição de luz. A função é bastante comum em boa parte dos celulares e câmeras semiprofissionais e profissionais e pode ser selecionada com poucos toques no menu da câmera para realizar as fotos em frações de segundo e combiná-las automaticamente. 

Quando usar o HDR?

Já que o HDR combina várias fotos em uma única foto aperfeiçoada, o certo é sair usando HDR em todas as fotos que faço, certo? Nem sempre. O principal objetivo do HDR é deixar mais visíveis locais muito escuros ou muito claros para melhorar a visualização de detalhes, mas em algumas situações o resultado pode ser o oposto. 

O uso do HDR para objetos em movimento pode resultar em uma foto com o objeto borrado, seja ele um carro, um animal ou uma pessoa. Por mais rápida que seja a tecnologia, ao fotografar objetos em movimento as fotos combinadas não serão exatamente iguais e a foto única não terá tanta qualidade nos detalhes. Fotos em ambientes com pouca luz ou durante a noite também podem ficar ainda mais escuras, sendo recomendado usar o modo de fotografia noturna em celulares, subir o valor do ISO ou usar a técnica de longa exposição em câmeras dedicadas. 

Fotos de paisagem e objetos estáticos são ótimas oportunidades para usar o HDR.

Em compensação, o HDR pode melhorar bastante fotos de paisagem, fotos panorâmicas ou com objetos estáticos. Locais com variação de luz e sombras também podem ter detalhes revelados ao usar o HDR, assim como fotos feitas contra a fonte de luz, pois a técnica distribui melhor a luminosidade pela cena. Uma dica é segurar firme a câmera para que ela não balance no momento da captura, mas o ideal é mesmo usar um tripé para garantir a estabilidade.  

Minha câmera não possui a função HDR. E agora? 

A atual forma de obter fotos com HDR através da combinação automática feita pela câmera é umas das facilidades que a tecnologia atual nos dá. Porém, a função está longe de ser algo inovador, afinal, a combinação de diferentes negativos para aumentar a nitidez de uma foto já acontecia no final do século XIX e foi aperfeiçoada na década de 1950, muito antes da fotografia digital. Para realizar o efeito em sua câmera de forma manual, basta  fazer mais de uma fotografia do mesmo objeto ou cena com exatamente o mesmo enquadramento, mas com diferentes níveis de exposição.

O uso de um tripé garante a estabilidade da câmera para o efeito HDR

A segunda etapa é descarregar as fotos no computador e combinar as imagens em programas como o Photoshop ou outro editor de imagens da sua preferência. Buscar uma foto com visibilidade de detalhes semelhante a visão do olho humano pode ser um parâmetro inicial para a sua edição e embora seja menos prático esse processo manual proporciona um controle maior sobre o processo e mais liberdade para criar e chegar a resultados únicos. 


O HDR da câmera do seu celular não está muito bom? Confira as nossas promoções de smartphone e compre um novo aparelho com câmera moderna e função HDR incrível. Para economizar ainda mais, aproveite o cupom Submarino e pague mais barato. 

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!