Promobit
Promobit
Notícias

Correios explicam prazo de compras internacionais

Estatal publicou vídeos explicando o que acontece com as encomendas internacionais e diferentes modalidades de envio.

Correios explicam prazo de compras internacionais

15 de mai de 2018

0 comentários

Compartilhe:

Os atrasos das entregas de encomendas internacionais têm sido cada vez maiores — basta entrar em um tópico sobre o assunto no Fórum do Promobit para ver o número de reclamações — e os Correios certamente sabem disso.

A estatal vem sinalizando o interesse em melhorar a experiência com compras internacionais, como a ideia de abrir um centro de triagem em São Paulo. Agora, a meta é explicar como funciona o desembaraço e entrega das encomendas, além das diferentes modalidades de entrega. A forma escolhida pelos Correios foi a publicação de dois vídeos.

Em um dos vídeos, o próprio presidente dos Correios, Carlos Roberto Fortner, explica as diferentes modalidades de entrega oferecida por lojas do exterior e como cada encomenda é tratada até chegar às mãos do comprador.

O vídeo explica que 80% das encomendas internacionais recebidas no Brasil vêm da China, compradas em sites como Gearbest, Aliexpress e Tomtop. São 300 mil encomendas que chegam ao Centro Internacional de Curitiba (CEINT) diariamente.

Cada encomenda é analisada pela Receita Federal, que decide se taxas de importação serão aplicadas, levando em conta alguns critérios. Após liberado, o pacote leva, em teoria, de 12 a 40 dias para chegar até o comprador, a depender da modalidade de envio escolhida.

São três modalidades para encomendas de até 2kg:

Pequena encomenda simples: Tem prazo de entrega de 40 dias úteis após a liberação pela Receita Federal e não há nenhum tipo de rastreamento — o comprador fica no escuro até a efetuação da entrega. Modalidade também conhecida como unregistered mail, small parcels, super saver ou small packets é utilizada por sites que não oferecem opção de frete.

Pequena encomenda registrada: Tem prazo de entrega de 40 dias úteis após a liberação pela Receita Federal e o rastreamento é parcial (apenas quando a encomenda chega ao Brasil e quando é entregue ao destinatário). Modalidade também conhecida como registered mail, small parcels ou small packets, a pequena encomenda registrada possui código de rastreamento iniciado com a letra R (RU173373804NL).

Prime Exprès: Tem prazo de entrega de 12 dias úteis após a liberação pela Receita Federal e o rastreamento é completo (todas as etapas do processo podem ser acompanhadas). Modalidade também conhecida como Priority Mail ou e-Packet, a Prime Exprès possui código de rastreamento iniciado com a letra L (exemplo: LY173373804CN).

Também há modalidades de envio para encomendas de até 30kg. São elas:

Colis Postaux: Tem prazo de entrega de 7 dias úteis após a liberação pela Receita Federal e o rastreamento é completo (todas as etapas do processo podem ser acompanhadas). Seu código de rastreamento é iniciado com a letra C.

EMS: Tem prazo de entrega de 3 dias úteis após a liberação pela Receita Federal e o rastreamento é completo (todas as etapas do processo podem ser acompanhadas). Seu código de rastreamento é iniciado com a letra E.

Os Correios ainda esclarecem que certos tipos de encomendas vindas da China, principalmente as da modalidade ‘pequena encomenda simples’, vêm com etiquetas sem CEP, com endereço incompleto ou baixa qualidade de impressão. Por isso, é necessária triagem manual, o que eleva o prazo de entrega do produto.

Essa também parece ser uma iniciativa para fazer os compradores optarem por frete com rastreio, que garante certa qualidade nas encomendas e elimina a necessidade de triagem manual. Segundo a estatal, encomendas da China têm gerado prejuízo de R$ 1 bilhão por ano.

Com informações:Correios.

Veja também