Promobit Explica

Como tirar foto da lua com smartphone e ter boa qualidade?

Confira algumas dicas evitar fotos parecendo apenas um borrão branco mesmo sem ter uma câmera profissional

Avatar do membro Jonathan Robert

Jonathan Robert

9 de ago de 2022

0 comentários

Compartilhe:

Tem noites que a lua está linda, super brilhante e iluminando todo o céu. Mas pode ser bastante frustrante tentar fazer uma foto com o celular para registrar aquele momento e sair apenas uma luzinha que mais parece uma lanterna ligada ou uma luz de poste bem bem distante e sem nitidez. Essa situação é muito comum e decepcionante, principalmente quando há algum fenômeno como a Superlua ou Lua de Sangue. Por isso, vamos dar algumas dicas de como tirar foto da lua com smartphone e ter boa qualidade. O resultado vai variar conforme a câmera de cada celular e outros fatores, mas algumas instruções podem ser seguidas por todos os usuários para tentar alcançar um bom registro.

Como tirar foto da lua com smartphone e ter boa qualidade?

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Para começar é importante saber que realmente não é fácil tirar uma foto da lua da mesma forma como a enxerga no céu. Até porque as câmeras presentes em smartphones, por mais avançadas que sejam, não são capazes de capturar imagens muito parecidas com a forma que o olho humano enxerga a lua. Além disso, a distância da lua é muito grande e seria necessário um equipamento melhor, com lentes que sejam capazes de utilizar um zoom maior, sem perder a qualidade.

O resultado da foto também muda conforme o modelo do smartphone, afinal, as câmeras possuem limitações técnicas que diferem de um aparelho para o outro. Portanto, a foto vai depender do celular e também de como você vai utilizá-lo. Para saber quais os celulares com as melhores câmeras do mercado, confira a nossa lista dos melhores aparelhos para fotos e vídeos.

Utilize o modo manual ou Pro

A câmera do smartphone funciona melhor em funções automatizadas, mas é interessante explorar os outros modos que ela consegue executar. Com o modo manual é possível ter um melhor controle sobre as funções da câmera. A maioria dos smartphones possuem esses modos que podem ser encontrados como modo manual, profissional ou outro nome relacionado. Se não possuir ou você não gostar do seu por algum motivo, também pode recorrer a aplicativos, tanto para Android quanto para iOS, que permitem ao usuário mais liberdade para controlar a câmera.

Explore a exposição, a velocidade e o ISO

Esses três elementos são fundamentais, estão interligados e cada um possui uma função específica que pode mudar completamente o resultado final de qualquer foto. De maneira bem resumida, a exposição é o medidor da quantidade de luz que vai chegar até o obturador. Se a exposição estiver muito alta, a foto ficará com a iluminação estourada; se estiver muito baixa acontece o contrário e o resultado é uma imagem escura. Para fotografar a lua, deixe no médio, entre F10 e F15.

A velocidade é o tempo em que esse obturador vai permanecer aberto para a entrada da luz no sensor da câmera. Aqui é preciso ficar de olho para evitar se confundir, pois quanto maior o número que indica a velocidade, mais rápido será feito o disparo. Por exemplo, se escolher a velocidade 1/300, a foto será tirada mais rápido que 1/25. A velocidade mais alta é indicada para fotografar coisas em movimento, como esportes. Neste caso, tente definir a velocidade entre 1/100 a 1/250.

Já o ISO é responsável por controlar a sensibilidade do sensor à luz. Quando o ISO está muito alto, os ambientes com pouca iluminação ficam mais claros. Mas em compensação, a quantidade de granulados na foto também aumenta. Como a lua já é brilhante, não precisa de um ISO alto, entre 100 e 200 deve ser suficiente.

Lembrando que esses valores podem ser usados como referência, mas não é uma regra. A foto final vai depender das condições de iluminação da noite e das configurações de cada smartphone, portanto vá fazendo testes até chegar a um resultado satisfatório.

Evite o zoom

O zoom digital sempre vai diminuir a qualidade das fotos. Isso acontece porque ele “estica” a foto para conseguir a aproximação e acaba perdendo a definição. Portanto, não é aconselhável utilizar o recurso, pois fotos à noite já possuem uma qualidade inferior. A alternativa é tentar aproximar o menos possível, a não ser que seu smartphone seja mais avançado e tenha zoom óptico. Este consegue aproximar a imagem e manter a qualidade.

Mantenha a estabilização

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Para as fotos não saírem tremidas ou borradas, a estabilização é muito importante. Um tripé pode facilitar muito ao tirar fotos do céu com mais detalhes, principalmente à noite. Caso não possua o acessório, deixe seu smartphone encostado em alguma superfície ou objeto para fazer a captura. Para que as configurações de imagem fiquem boas, o aparelho precisa ficar o mais imóvel possível.

Edite a foto

A edição é a cereja do bolo das dicas de como tirar foto da lua com smartphone. E nem precisa ser um profissional da edição para obter um bom resultado. Você pode utilizar o aplicativo de sua preferência para realçar a cor e destacar detalhes da lua para uma imagem mais nítida. Não é uma regra, mas se seu smartphone tiver a possibilidade, salve a foto no formato RAW. Na hora da edição, este formato permite mais liberdade do que o JPEG para modificar os elementos. O Adobe Lightroom e Snapseed são ótimas alternativas para editar sua foto pelo celular.

Essas dicas de como tirar foto da lua com smartphone já podem te ajudar a ter melhores resultados. Mas quando se trata de fotografia é sempre legal fazer testes até chegar em um bom registro.


Agora dê uma conferida nas promoções de smartphones aqui do Promobit para investir em um modelo com uma boa câmera. E aproveite o cupom Ponto e cupom Casas Bahia para economizar.