Take a fresh look at your lifestyle.

Como escolher o tênis de corrida?

Conhecer como funciona o produto, priorizar o conforto e testá-lo na loja são alguns tópicos sobre como escolher o tênis de corrida.

0

Para alguns, correr pela manhã é uma forma de acordar o corpo para as tarefas do dia. Para outros, é necessário muito esforço e persistência para começar e continuar com essa prática. Seja qual for o seu perfil, é necessário que você realize a atividade com um calçado adequado e para evitar possíveis lesões. Pensando nisso, selecionamos algumas dicas sobre como escolher o seu tênis de corrida.

Priorize o conforto

Essa é a principal dica se você está atrás de um tênis para corrida. Não adianta muito você escolher um modelo da sua marca preferida, com as mais diversas tecnologias, se ele não for confortável o suficiente para não te incomodar. É claro que sabemos identificar quando um tênis fica agradável para nós, mas existem outros quesitos que podem ser seguidos para ajudar nessa tarefa. Eles serão listados abaixo.

Saiba o seu tipo de pisada, mas não fique vidrado nessa dica

Basicamente, existem três tipos de pisada, de acordo com as marcas digitais que deixamos no chão: a pronada, a supinada e a neutra. A primeira caracteriza-se por, no momento de colocar os pés no chão, o peso pender um pouco para dentro, seja ao andar ou correr. Sendo assim, nesses casos, a carga maior da pisada fica nos tornozelos, joelhos, dedões e parte “interna” do calcanhar.

Na pisada supinada, a sobrecarga do andar fica para as laterais do pé, já que nesses casos pisa-se mais “para fora”. Normalmente, na marca digital da pisada supinada (imagine que você tenha colocado tinta vermelha nos pés e saído andando por aí), observa-se um arco “vazio” e uma linha reta bem marcada, feita pela lateral do pé.

Já na pisada neutra, o peso é distribuído por igual quando colocamos o pé no chão e não há sobrecarga de nenhum lado.

É importante ressaltar que todos esses tipos de pisada são naturais do corpo humano de acordo com cada pessoa e não necessariamente precisam ser corrigidas. O problema ocorre somente quando a pronação ou supinação é causada por outras características físicas, como joelhos voltados para dentro, fraqueza nos músculos que ajudam no suporte do arco do pé ou repetição de um movimento errado durante uma atividade e por isso a adaptação do corpo a esse vício.

Da mesma forma que reconhecemos os tipos de pisadas, também existem tênis fabricados para atender à cada um deles. Entretanto, os profissionais indicados para identificarem uma possível pronação ou supinação no andar são fisioterapeutas, então, se você não tiver nenhum diagnóstico anterior sobre isso, opte por comprar um tênis para pisada neutra.

Conheça as camadas dos tênis de corrida

Essa dica serve para te ajudar a conversar com o vendedor quando estiver comprando seu tênis, seja para você entender melhor sobre o que ele está falando ou para evitar que te venda ou ofereça algo que não está correto. As camadas do tênis se dividem em cabedal, entressola, biqueira e solado.

Cabedal

É a parte “lateral” do tênis, que envolve os pés e fica presa pelos cadarços amarrados e pela língua. É importante que o tecido seja respirável para que o pé não fique quente e abafado e prejudique o seu desempenho na corrida.

Entresola

É um amortecedor colocado entre o solado do tênis e a palmilha. Pode ser composto por EVA ou placas de gel, que garantem mais maciez em cada passo.

Solado

O solado é a parte do tênis que fica em contato com o chão. As ranhuras e depreciações nele fazem com que ocorra aderência entre o tênis e o chão, assim evita-se escorregamentos e quedas.  

Biqueira

É a ponta do tênis, que geralmente chega até a parte de cima da estrutura dele e se torna visível. Ela é importante para proporcionar e facilitar o impulso na passada ou corrida e assim, ajudar o corredor a manter o ritmo.

Teste o tênis na loja

Como dissemos, o mais importante a se considerar na hora de comprar o tênis de corrida é o conforto. Por isso, é imprescindível que você teste o tênis desejado na loja, mesmo que faça a compra online depois. É somente vestindo o calçado que você vai perceber se ele é confortável e atende às suas necessidades. Não tenha vergonha de colocá-lo, andar com ele e ainda dar pulinhos para testar o impulso que ele proporciona. Além disso, se você sentir qualquer tipo de incômodo, descarte-o e tente outro. Do contrário, o desempenho da corrida será prejudicado.

Compre um número maior

Quando praticamos uma atividade de alta performance, é normal que nosso corpo inche e, incluídos nisso, estão nossos pés. Por isso, o ideal é que, mesmo dilatado ele fique confortável no tênis e ainda seja possível esticar os dedos. Dentro desse contexto, uma das opções para que isso aconteça é comprar um número maior do que o seu. Apenas tome cuidado para que ele não fique folgado demais.

Tenha mais de um par

Ter mais de um par de tênis de corrida ajuda a reduzir os riscos de lesão. Isso porque as molas e outros adereços do tênis que ajudam a diminuir o impacto do passo demoram até um dia para voltar ao normal. Então, se você corre todos os dias, o ideal é adquirir mais de um par.

“Ser caro” não é sinônimo de “ter qualidade”

Por último, mas não menos importante, lembre-se de que um produto não precisa ser necessariamente caro para ter qualidade. Por isso, se você encontrar um produto que atenda às suas necessidades baseando-se no que escrevemos acima por um preço mais baixo, não hesite em comprá-lo.


Agora que você já sabe como escolher o tênis de corrida, o que acha de aproveitar nossas promoções de tênis? Dê uma olhada também nos cupons Netshoes e cupons Centauro do Promobit para garantir os menores preços!

Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!