Promobit
Promobit
Promobit Explica

Xiaomi, Redmi e Poco: entenda por que não é tudo igual e o que muda entre as três marcas

Os aparelhos Redmi, Poco e Mi da Xiaomi possuem propostas distintas e podem agradar diferentes perfis.

Xiaomi, Redmi e Poco: entenda por que não é tudo igual e o que muda entre as três marcas

13 de fev de 2021

0 comentários

Compartilhe:

Xiaomi, Redmi e Poco podem até possuir a mesma origem, porém não são a mesma coisa. Enquanto a Xiaomi é a marca originária, Redmi e Poco nasceram como linhas de aparelhos da Xiaomi, depois viraram subsidiárias da gigante chinesa para mais a frente tornarem-se empresas diferentes, embora sejam administradas pelo mesmo grupo. Entender o objetivo original dos aparelhos Redmi e Poco ajuda a saber o porque Xiaomi, Redmi e Poco não são a mesma coisa. Confira a diferença entre eles e quais são características marcantes dos smartphones de cada marca. 

Leia mais:
  • 10 melhores celulares Xiaomi para comprar em 2020
  • Mi 11 vs Mi 10: o que muda entre os aparelhos premium da Xiaomi?
  • Poco X3 NFC é o celular com melhor custo-benefício?

Xiaomi: atualmente com os poderosos aparelhos da linha Mi

Xiaomi Mi 11

Em relação a outras gigantes da tecnologia, como a Panasonic que já passa dos 100 anos de história, a Xiaomi é uma empresa com trajetória ainda recente. Criada em 2010, rapidamente começou a ter sucesso com seus smartphones, tanto que linhas de aparelhos criados pela Xiaomi como a Redmi e a Poco, que abordaremos mais à frente, fizeram tanto sucesso que hoje em dia funcionam como empresas autônomas.

Além de uma infinidade de produtos eletrônicos de todas as categorias imagináveis, de TV a notebooks, passando por patinetes elétricos e até óculos, a Xiaomi manteve a linha de smartphones Mi, presente em seu portfólio desde o início. Quando Xiaomi, Redmi e Poco estavam abrigados sob o mesmo guarda-chuva, os smartphones Mi eram os que apresentavam os melhores recursos e com construção Premium, apesar de algumas exceções como o Mi A3.

Atualmente os aparelhos Mi ainda abrigam os topos de linha da marca como o Mi 10 e o mais recente Mi 11, mas as outras linhas Mi Note e Mi SE ampliaram o leque de aparelhos, seja com modelos voltados para produtividade ou com ficha técnica um pouco inferior para ter uma relação custo-benefício mais equilibrada como nos casos respectivos do Mi 10T e do Mi 9T.

Quer receber avisos sempre que aparecer Xiaomi Mi 11 em promoção?

Redmi: os smartphones intermediários com preço competitivo

Redmi Note 9s

Independente da sua marca originária Xiaomi, desde 2019 a Redmi pode ser considerada como a casa dos celulares com bom custo-benefício (pelo menos quando o dólar está ajudando). A proposta da Redmi é oferecer aparelhos com bons recursos e preço competitivo. São smartphones intermediários que podem até não serem ótimos em todos os quesitos, mas que apresentam ficha técnica equilibrada e algum ponto de destaque.

O Redmi Note 8 foi um aparelho que chamou a atenção por sua construção elegante e bom desempenho em jogos, apesar de ser um intermediário, enquanto o Redmi Note 9s trouxe boas câmeras, desempenho e autonomia de bateria. Atualmente os aparelhos Redmi disputam mercado no Brasil com intermediários da Motorola e com aparelhos da Linha Galaxy S da Samsung.

Quer receber avisos sempre que aparecer Redmi Note em promoção?

Poco: o máximo de configurações pelo menor preço possível

Poco X3 NFC

A Poco é a marca mais recente entre as três, criada em 2018 ainda como uma linha dentro da Xiaomi. Ela nasceu com a proposta de oferecer aparelhos poderosos e com preço abaixo da média, mas como não existe mágica, os aparelhos Poco passam por alguns cortes de custo para chegar ao resultado de aparelhos com bom desempenho e preço abaixo da média.

O primeiro smartphone da marca a fazer sucesso foi o Pocophone F1 e sua ficha técnica ajuda a entender o objetivo inicial da Poco. O modelo possui o processador Snapdragon 845, um chip topo de linha de gerações anteriores e design todo em plástico. O modelo conta também com bateria de 4.000 mAh, capacidade alta para o momento em que o aparelho foi lançado, mas as câmeras são apenas razoáveis. Equilibrando-se na balança entre oferecer alguns recursos muito bons e cortar gastos em outros pontos é que encontram-se os aparelhos da Poco.

Até modelos mais recentes como o Poco X3 encontram-se inseridos na mesma lógica, pois se por um lado sua tela é apenas IPS, ela possui taxa de atualização de até 120 Hz. Ou se agora possui um processador atual, ele não é mais da linha 800, mas um Snapdragon 720G.

Quer receber avisos sempre que aparecer Poco X3 em promoção?

Todas juntas aqui no Brasil

Embora sejam independentes, os smartphones Mi da Xiaomi, Redmi e Poco que chegam oficialmente ao Brasil podem ser comprados no site da Xiaomi no Brasil que é de responsabilidade da DL Eletrônicos, distribuidora dos aparelhos no país. Porém uma gama maior de aparelhos das três marcas podem ser adquiridos através de importação ou marketplaces.


As melhores promoções de smartphones, inclusive importados, estão no Promobit. Modelos das melhores marcas e que podem ficar ainda mais baratos aproveitando algum cupom de desconto.