Take a fresh look at your lifestyle.

Vinho em lata: você está preparado para esse brinde?

Ideal para levar para a praia, o vinho em lata está ganhando espaço nas geladeiras e coolers dos brasileiros. Você está preparado para ele?

Um jantar especial já tem uma dinâmica um tanto pré-definida: preparar ou pedir comida, arrumar a mesa, separar as taças e abrir o vinho. Mas, e se ao invés de uma garrafa, fosse colocado à mesa vinho em lata? Essa ideia vem sendo disseminada aos poucos aqui no Brasil e é ainda mais recorrente nas praias. 

Para você decidir se um vinho em lata vale espaço na sua geladeira ou se as empresas de vinho foram longe demais, montamos esse artigo com informações sobre esse assunto, desde onde é recomendado tomar vinho em lata, como ele surgiu e se a bebida ainda fica igual a quando é conservada em garrafa de vidro. 

Leia também: 

Vinho em lata: de onde surgiu?

Essa maneira de comercializar o vinho começou a aparecer aqui no Brasil quando a empresa australiana Barokes surgiu com latas de 250ml da bebida. Ao todo, até agora, são seis opções diferentes que variam entre vinhos tintos, brancos, rosés e até frisantes. Podem ser experimentados vinhos de uva como merlot e chardonnay, por exemplo. O teor alcoólico fica em 13%. Hoje, existem outras marcas que vendem a bebida e algumas delas inclusive são brasileiras. Podemos citar a Vivant, a Bueno Wines (sim, do Galvão Bueno), Del Sole e OvniH. 

Vivant

Os vinhos da Vivant são cultivados na vinícola Quinta don Bonifácio, em Caxias do Sul (RS). Eles são finos e secos, sem adição de gás carbônico ou açúcares. Ao todo, são três tipos de vinhos diferentes vendidos em latas de 269ml e teor alcoólico de 11,5%. Você pode optar pelo vinho branco (uva chardonnay); rosé (mistura de uva pinot noir com syrah); e vinho tinto (mistura de cabernet sauvignon com merlot). 

Quer receber avisos sempre que aparecer Vinho em Lata Vivant em promoção?

Bueno Wines 

Imagem: Bueno Wines

Também em latas de 269ml, a linha de vinhos em lata da Buenos Wine se chama Let’s Wine e vêm de Campanha Gaúcha (RS). Você pode optar por comprar um vinho branco (uva chardonnay) ou rosé (que mistura a chardonnay com a cabernet sauvignon). Os vinhos são finos e secos. O teor alcoólico é de 11,5%. 

Quer receber avisos sempre que aparecer Vinho em Lata Let’s Wine em promoção?

Del Sole 

Imagem: Nova Aliança

Já a Del Sole, linha que contém vinho em lata também de 269ml, faz parte da Cooperativa Nova Aliança, apesar de ser envasada fora dela. Porém, a ideia é um pouco diferente: as duas opções são filtradas e elaboradas a partir de vinhos de mesa (não finos) e são gaseificadas. A graduação alcoólica também é bem mais baixa, alcançando somente 4,7%. É possível escolher entre o vinho branco misturado com suco de uvas brancas (de cor amarelo brilhante e aroma de maçã verde) ou o vinho rosé (a composição é de vinho branco misturado com suco de uvas tintas; o aroma fica entre cereja e morango e a tonalidade um cereja claro). 

Quer receber avisos sempre que aparecer Vinho em Lata Del Sole em promoção?

OvniH 

Vinho artesanal Ovnih Sparkling Hop lata 269ml - Imagem aumentada 1 de 1

Por fim, mas não menos importante, ainda podemos contar com a OvniH, que não é um objeto voador não identificado. Se você reparar, vai perceber que a palavra nada mais é do “vinho”, mas com as letras embaralhadas. 

São três opções de vinho em lata da marca para você escolher: um branco, gaseificado e seco, que se diz refrescante e de tom amarelo claro e esverdeado; um rosé, gaseificado e seco, que remete a aromas de flores e frutas vermelhas; e um espumante moscatel branco, com aroma floral e de mel. 

Quer receber avisos sempre que aparecer Vinho em Lata OviniH em promoção?

Como e onde tomar vinho em lata? 

Embora tenhamos apresentado marcas e tipos diferentes de vinho em lata, a ideia de todos é quase a mesma: desmistificar a ideia de que precisa haver classe ou momento ideal para tomar vinho. Certeiro para levar até as piscinas, até a praia e até mesmo tomar na varanda, o vinho em lata é mais barato e prático, além de ser feito para todos. Ele também é mais fácil de carregar e abrir. 

Assim, dá para perceber que esse tipo de vinho não está aqui para concorrer com os vinhos de garrafa, mas se parece mais com a ideia das cervejas: tomar em qualquer lugar, com a galera e se divertindo. 

E a conservação da bebida, como fica? 

Se você parar para pensar que a ideia do vinho em lata não é competir com os vinhos tradicionais, a preocupação com a conservação não se torna tão importante. Esse tipo de bebida é para consumo rápido (tanto que algumas colocam validade de três anos, enquanto alguns tipos de vinho duram mais) e, como quase sempre conta com misturas (vimos que há misturas de uvas e até de vinhos com suco) não é como se ele fosse um vinho tradicional propriamente dito. 

Mesmo assim, o alumínio perde calor rapidamente e não é o melhor material para o amadurecimento do líquido. Por isso, o recomendado é tomar a bebida assim que comprá-la. 

Contudo, a Vivant alerta que as latas deles tem uma tecnologia específica que não deixa o alumínio entrar em contato com a bebida. É um revestimento interno que consegue manter o sabor e as propriedades dela. Entretanto, infelizmente, não provamos os vinhos em lata de nenhuma das marcas que citamos para fazer o artigo. A ideia é apresentar esse estilo de consumo para quem está a fim de experimentar formas novas de beber vinho. 


Agora que você já conhece o vinho em lata, aproveite nossas promoções de vinhos para encontrar o seu! Use um cupom Amazon ou cupom Americanas para pagar mais barato!

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!