Take a fresh look at your lifestyle.

Qual a diferença entre vinho fino e vinho de mesa?

Diferença entre vinho fino e vinho de mesa vem a partir do tipo de uva que é usado para a produção das duas bebidas alcoólicas.

Você tem ideia da quantidade de vinho que toma por ano? Se você não bebe, é fácil saber, mas e os que tomam uma taça todos os dias? Segundo dados do Instituto Brasileiro do Vinho (IBRAVIN), em 2018, no Brasil, foram comercializados mais de 177 milhões de litros de vinhos de mesa (entre tintos, rosados e brancos) e apenas pouco mais de 14 milhões de litros de vinhos finos (entre tintos, rosados e brancos). Mas, por que essa diferença tão considerável de consumo? Você sabe qual a diferença entre vinho fino e vinho de mesa? É sobre isso que você lerá neste artigo. 

Leia também: 

A diferença é o tipo de uva

O pulo do gato entre o vinho fino e o vinho de mesa é o tipo de uva usado para a produção de cada um. Embora ambos venham do gênero Vitis, as espécies são diferentes: a uva usada para a produção do vinho fino é a Vitis vinifera, enquanto a usada para a produção do vinho de mesa é a Vitis labrusca

Mesmo a Vitis Vinifera e a Vitis labrusca possuem outras variedades de uva dentro de cada espécie. Cabernet Sauvignon, Merlot e Carmènère são exemplos de uvas de vinho fino e Concord, Niajara (vinho branco) e Bordô são exemplos de uvas de vinho de mesa. 

Como identificar um vinho fino e um vinho de mesa?

À primeira vista, essa diferença pode ser notada nos rótulos das garrafas de vinho. Os vinhos de mesa são identificados como “Vinho de Mesa” ou “Vinho Mesa” e os vinhos finos como “Vinho Fino” ou “Vinho de Mesa Fino”. Logo depois dessa informação, está escrito se o vinho é tinto, branco ou rosado e se é seco, demi-seco ou suave. 

Além disso, as uvas da espécie Vitis labrusca tem a casca mais fina e os bagos (a “carne” da fruta) maiores, enquanto as uvas da Vitis vinifera tem a casca mais grossa e o bago mais estreito. 

Por último, também é possível diferenciá-los pelos nomes que são chamados. Os vinhos de mesa também são conhecidos como vinhos americanos (por que os vinhos finos geralmente são originários da Europa) e os vinhos finos, como vinhos coloniais. Para saber porquê, é necessário conhecer um pouco de história. De quebra, você ainda vai descobrir a razão de o vinho de mesa ser o mais consumido entre os brasileiros. 

Vinho de mesa, por que és o preferido?

A resposta à essa pergunta precisa de uma taça de história. A popularização do vinho no Brasil aconteceu quando os imigrantes italianos começaram a chegar ao sul do país, a partir de 1870. Inclusive, é por isso que o vinho fino também é chamado de “colonial”: corresponde ao período em que a população italiana começou a colonizar o sul do Brasil. Mas, aqui, as uvas da espécie Vitis vinifera não se deram bem e quem se sobressaiu foi a Vitis labrusca. Por isso, esse tipo de vinho é tão popular. Além disso, caiu no gosto do brasileiro porque tem sabor intenso, geralmente é tomado em grandes quantidades e é mais barato. 


Agora que você já sabe a diferença entre vinho fino e vinho de mesa, dê uma olhada nas nossas promoções de vinhos e também nas promoções de adegas de vinho. Se você utilizar um cupom de desconto, vai pagar ainda mais barato!

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!