Promobit
Promobit
Guias de Compra

Redmi 9 é bom? Analisamos o celular barato da Xiaomi de 2021

O celular da Xiaomi é um dos aparelhos mais acessíveis atualmente, mas para saber até que ponto ele vale a pena analisamos o smartphone.

Redmi 9 é bom? Analisamos o celular barato da Xiaomi de 2021

8 de ago de 2021

0 comentários

Compartilhe:

Redmi Note 9 é em síntese um aparelho barato e com ficha técnica equilibrada para faixa de preço. Se por um lado o modelo da Xiaomi não é incrível em nenhum aspecto, também não há nenhum ponto muito ruim no aparelho, levando sempre em consideração o custo-benefício. Nesta análise você irá descobrir para qual perfil de usuário o Redmi 9 é bom e em quais cenários a compra do aparelho é vantajosa. 

Quer receber avisos sempre que aparecer Redmi 9?

Apesar de barato, o Redmi Note 9 pode ficar mais acessível, assim como os melhores celulares das principais marcas. Aproveite o cupom Americanas e não perca a chance de economizar ainda mais na compra do seu novo celular.

Design

O Redmi 9 é um aparelho básico também no design, com corpo todo em plástico e tampa traseira texturizada que foge da tendência de alguns smartphones mais baratos de tentar simular o vidro no plástico. O módulo de câmeras é mais tradicional, com câmeras alinhadas na vertical e sem estarem em uma peça retangular, como acontece no Redmi Note 9 e Redmi Note 9 Pro. 

Já a parte frontal também não é muito inovadora com entalhe em forma de gota para abrigar a câmera de selfies e uma borda um pouco mais generosa na parte inferior. O modelo ainda conta com entrada para fones de ouvido na parte inferior, ao lado a entrada USB-C.

Leia mais:

Tela

Um dos pontos fortes do Redmi 9 é a qualidade de sua tela, pois enquanto muitos aparelhos na mesma faixa de preço possuem telas HD, enquanto o modelo já disponibiliza tela com melhor resolução sem abrir mão das dimensões, já que possui 6,5 polegadas, tamanho de display dentro dos padrões atuais no mercado de smartphones.A resistência a choques da tela fica por conta da proteção Gorilla Glass 3.

Desempenho

Dentro do Redmi 9 está o chip Helio G80 da Mediatek, um processador com desempenho razoável, capaz de rodar alguns jogos com desempenho mediano, ficando entre a qualidade gráfica média e baixa. Para as demais usabilidades do dia a dia, como redes sociais, aplicativos de mensagens instantâneas, navegação na internet, e atividades correlatas, ele vai bem para um aparelho entre básico e intermediário de entrada. 

Parte do bom uso para muitos aplicativos abertos ao mesmo tempo deve-se também aos 4GB de RAM, assim como o espaço interno de 64 GB que, se não é o suficiente para ficar totalmente despreocupado, ao menos não vai deixar o usuário preocupado com espaço a cada nova foto que chegue pelo Whatsapp. 

Câmeras

Se a tela é um dos pontos fortes do aparelho, não podemos afirmar o mesmo sobre as câmeras. Embora o conjunto de lentes não seja excelente, o outro extremo também não se aplica e o Redmi 9 possui câmeras dentro da média para smartphones básicos. A lente principal é de 13 MP, o que pode parecer pouco, mas vale lembrar que lentes de 48 MP costumam agrupar 4 MP para registar fotos de 12 MP. O ponto negativo fica por conta da ausência de um modo noturno.

Completam o conjunto uma lente ultrawide de 8 MP para fotos com maior amplitude e câmera macro de 5MP, tamanho de sensor que já é o suficiente para boas fotos com essa proposta.  Para selfies, o Redmi 9 possui câmera de 8 MP, enquanto o aparelho grava vídeos em Full HD a 30 quadros por segundo tanto na câmera frontal quanto nas lentes traseiras. 

Bateria

O consumidor que adquirir o Redmi 9 vai ter em mãos um aparelho com boa autonomia de bateria, já que além de não possuir ficha técnica voltada para o alto desempenho e que vá demandar muita energia, a bateria é de bom tamanho, com 5.020 mAh, quantidade mais do que suficiente para chegar a dois dias de uso sem precisar carregar o aparelho. Falando em carregamento, o aparelho possui suporte a carregamento rápido de 18W, porém o acessório que acompanha o smartphone é de 10W. 

Preço é principais concorrentes

O Redmi 9 é um dos melhores celulares baratos de 2021, já que o preço médio atual do aparelho é de R$950, mas aqui no Promobit o modelo já esteve disponível por R$840. Por parte da Samsung o Galaxy A12 e Galaxy M12 são os modelos com preço semelhante ao Redmi 9, mas possuem tela e baterias inferiores. Assim como o Moto G10 da Motorola que também não supera o modelo da Xiaomi em tela, bateria e desempenho. 

Quer receber avisos sempre que aparecer Galaxy M12?

Redmi 9 é bom?

Para analisar um aparelho é necessário ter em mente primeiro qual é o objetivo inicial da fabricante ao comercializar o produto. No caso do Redmi 9, ele foi desenvolvido pela Xiaomi para ser um aparelho barato e entregar boa funcionalidade para usuários menos exigentes. Feito este recorte o Redmi 9 é bom por custar pouco para os parâmetros de 2021, cerca de 1 mil reais, e entregar boas imagens, desempenho dentro do essencial para o dia a dia e até rodar alguns jogos menos parrudos.

A autonomia de bateria também é um ponto positivo do aparelho, mas todas essas virtudes só fazem sentido se o Redmi Note 9 permanecer na faixa de preço atual ou com valor abaixo dos aparelhos intermediários de entrada de outras fabricantes.

Redmi 9 – Ficha técnica

TelaLCD IPS – 6,3, Full HD
ProcessadorHelio G80 
RAM4GB
Armazenamento64 GB
Câmeras traseiras13 MP: wide8 MP: ultrawide5 MP: macro2 MP: profundidade
Câmera frontal8 MP
Bateria5020 mAh

Aqui no Promobit você encontra as melhores promoções de celular e pode economizar ainda mais com o cupom Americanas ou cupom Submarino.

Veja também