Campanha Choice
Guia de compras

Moto e13 é bom? Celular tem boa bateria, mas poucos atrativos

Com poucos recursos disponíveis e câmeras simples, confira uma análise da ficha técnica do celular para descobrir se vale a pena o investimento

Avatar do membro Jonathan Robert

Jonathan Robert

24 de fev de 2023

0 comentários

Compartilhe:

A Motorola já iniciou o ano trazendo diversas novidades em suas linhas de smartphones, focados em atender diferentes tipos de públicos. Entre os lançamentos, o Moto e13 é um modelo de entrada e possui ficha técnica simples para quem procura por um celular básico ou não deseja gastar muito. O aparelho chega ao mercado com duas versões, uma bem modesta com 32 GB e outra de 64 GB com mais poder de fogo, além de bateria que promete boa autonomia. Mas será que o Moto e13 é bom?

Confira a análise da ficha técnica e as principais características do smartphone mais modesto da família Moto E para o início de 2023.

Compre agora o Moto e13 na Amazon 

Design e conexões

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Por ser um celular mais barato, o Moto e13 surpreende por possuir design e acabamento um pouco mais refinado que modelos antigos da linha Moto E. A parte traseira é lisa, feita em plástico, possui o logo da Motorola centralizado ao meio e uma moldura da mesma cor da carcaça para abrigar a câmera traseira. O consumidor pode escolher entre as cores grafite, off white e verde. A parte frontal é ocupada pela tela e notch em formato de gota para a câmera frontal. 

No lado esquerdo temos apenas a gaveta tripla para dois chips e espaço para cartão de memória. Esse é um ponto positivo, já que quem escolher a versão de 32GB pode precisar expandir a memória interna com pouco tempo de uso. O lado direito é reservado para os botões de volume e botão de energia. A parte inferior tem o microfone para ligações, entrada USB-C e o alto-falante. A parte superior possui o logo da Dolby Atmos e entrada para fones de ouvido, mesmo que o acessório não venha mais acompanhado na caixa.

Um ponto negativo no Moto e13 é a ausência de leitor de digitais e reconhecimento facial. Atualmente, até aparelhos simples possuem os mecanismos extras de segurança contra acessos indesejados no smartphone e para proteção de transações em aplicativos de banco, por exemplo. Quanto às conexões, possui o básico: Wi-Fi dual-band e Bluetooth 5.0, sem suporte para NFC.

Tela

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

A tela do Moto e13 possui tecnologia IPS LCD, 6,5 polegadas, resolução HD+ e taxa de atualização de 60Hz. A Motorola não trouxe grandes novidades no display, tanto que essas configurações já podiam ser vistas em aparelhos mais antigos. Nem mesmo a taxa de atualização de 90Hz, já bem mais comum atualmente, foi uma escolha da fabricante. As bordas também não são tão finas e ficam bastante aparentes, principalmente a borda inferior do aparelho. 

Em relação à qualidade, não é uma tela ruim, só é básica para 2023. O usuário vai conseguir consumir seus conteúdos tranquilamente e os níveis de brilho não surpreendem, podendo até ser baixo quando utilizado no sol.

Desempenho

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

A única diferença entre as duas versões do Moto e13 é no quesito desempenho. O processador presente nos dois modelos é o Unisoc T606. No momento da compra, o usuário pode optar por 32GB de armazenamento interno e 2 GB de RAM ou 64GB de espaço interno com 4GB de RAM. O primeiro é considerado muito simples para os parâmetros atuais, já o de 64GB, possui especificações dentro da faixa da categoria de smartphones mais básicos de entrada.

O processador do Moto e13 é bom para a categoria, o problema é o pouco poder de fogo dos outros componentes da ficha técnica. Em 2023, para um bom funcionamento do sistema Android sem engasgos e travamentos, o mínimo recomendado são 6GB de RAM e 128GB de memória interna. Contudo, não é um empecilho para a usabilidade. Mas é preciso ter em mente que o Moto e13 não vai rodar bem jogos e aplicativos pesados, restringindo seu uso para aplicações básicas do dia a dia como assistir vídeos, navegar nas redes sociais, pesquisar na internet e outros, como Whatsapp, por exemplo.

O modelo vem de fábrica com o Android 13 Go, versão simplificada da última atualização do sistema operacional. A má notícia é que a Motorola não vai lançar atualizações para o sistema do aparelho, além dos pacotes de segurança.

Câmera

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

A câmera presente no Moto e13 conta com apenas um sensor principal de 13 MP e a câmera frontal de 5 MP. São sensores bastante básicos e o usuário pode ficar com algumas limitações quando for fazer seus registros. E como é de se esperar, não possui muitos recursos. O destaque fica por conta do suporte ao HDR10 e modo noturno, mesmo que pouco eficiente. Ainda será possível fazer algumas fotos em ambientes com boas condições de luminosidade, mas nada extraordinário.

Bateria

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

A bateria do Moto e13 possui 5.000 mAh e o aparelho vem acompanhado de um carregador simples de 10W. Pelo menos a bateria está dentro dos padrões de novos smartphones e possui autonomia de até 2 dias sem que precise de uma nova carga, dependendo da intensidade de uso.

Preço e outras opções

O Moto e13 de 32GB custa em média R$899 e aqui no Promobit já ficou disponível por R$827. Já a versão de 64GB sai por aproximadamente R$999 e no Promobit apareceu entre as promoções por R$979.

Considerando a versão mais cara, há algumas opções mais interessantes no mercado na mesma faixa. O Moto G32 da mesma fabricante, possui 128GB de espaço interno, processador mais potente, tela mais rápida e câmeras superiores custando praticamente o mesmo valor. Outro bom modelo é o Galaxy A13 da Samsung, que vem com um conjunto fotográfico mais versátil.

Confira a análise dos aparelhos:

Compre agora o Galaxy A13 na Amazon

Moto e13 é bom?

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Para decidir se o Moto e13 é bom, é preciso levar em consideração suas expectativas e necessidades com o aparelho. As câmeras não são muito robustas e seu desempenho não foge muito dos smartphones de entrada. Algumas funções como NFC e a falta de sensor de digitais, podem pesar para alguns consumidores na hora de tomar a decisão de compra.

O preço do Moto e13 ainda está um pouco elevado devido ao seu lançamento recente, mas quando houver uma redução, o aparelho pode ser uma opção para quem busca um smartphone simples para uso no cotidiano ou para celular secundário de trabalho. A versão de 32GB não é uma boa recomendação, por não possuir muito poder de fogo. Como a diferença de preço para o de 64GB não é muito grande, compensa investir mais no que tem as melhores configurações e evitar dores de cabeça.

Ficha técnica do Moto e13

Tela6,5″ HD+ (720 x 1600) | IPS | 60 Hz
ProcessadorUnisoc T606 (1,6 GHz Octa-Core)
RAM2GB/4GB 
Armazenamento32GB/64GB
Câmeras traseiras13 MP (wide)
Câmera frontal5 MP
Bateria5.000 mAh, carregador 10w

Fique de olho nas melhores promoções de smartphones aqui no Promobit. Garanta ainda mais descontos para suas compras utilizando os cupons Amazon e cupons Subamrino.