Promobit
Promobit
Guia de compras

Macbook barato? Macbook Air M1 possui o melhor custo-benefício

Os notebooks da Apple não possuem preço acessível, mas caso já tenha chegado ao patamar de preço, saiba qual pode ser mais vantajoso.

Macbook barato? Macbook Air M1 possui o melhor custo-benefício

5 de out de 2021

0 comentários

Compartilhe:

Existe um Macbook barato? A resposta é que não para modelos novos, porém existem opções de macbooks que são mais vantajosos que outras quando falamos em custo-benefício. Como acontece com o Macbook Air M1, um notebook premium com preço próximo ao de alternativas topo de linha de outras fabricantes como o Dell XPS 13 ou o Galaxy S Book da Samsung, mas com algumas especificações superiores.

Entenda os motivos que fazem o Macbook Air M1 um bom custo-benefício para quem precisa de uma máquina excelente e capaz de acompanhá-lo por muitos anos.

Quer receber avisos sempre que aparecer Macbook Air M1?

Primeiramente, o que seria um Macbook com bom custo-benefício? 

Infelizmente não existe nenhum computador da Apple com preço que possa ser considerado acessível, assim como fica impossível recomendar o MacBook Pro com as melhores configurações como uma opção que valha o preço. Ao menos que o valor pedido que parte dos 17 mil reais esteja dentro do seu orçamento. 

Entretanto, o MacBook Air com processador M1 desenvolvido pela Apple pode até não ser um macbook barato, mas apresenta muitas das virtudes do Macbook Pro com preço que pode chegar a ser menos da metade do valor do modelo Pro. Inclusive o Macbook Air M1 já esteve disponível aqui no Promobit por R$6.900. Valor elevado, mas competitivo em relação a outros notebooks premium com Windows e processadores Intel ou AMD.

Leia mais:
  • 15 Melhores notebooks de 2021: opções para todos os bolsos
  • 15 Melhores notebooks de 2021: opções para todos os bolsos
  • 6 Notebooks para rodar Autocad que não custam uma fortuna

Motivos que fazem do Macbook Air M1 um bom custo-benefício. 

Indiscutivelmente o Macbook M1 possui um design bastante sofisticado, mas não só, pois além de elegante, compacto e fino, o notebook da Apple é robusto graças a sua construção em alumínio. Outro bom benefício do aparelho é seu touchpad que apresenta sensibilidade ao clique em toda a sua superfície e diferentes tipos de cliques por sensibilidade.

Aspectos que já eram muito bons e que permanecem no Macbook Ai M1 são a tela retina com alto nível de brilho que chega a 500 Nits,  alcance amplo na escala de cores, superando em 25% a escala RGB de cores. Assim com o teclado retroiluminado com conforto no toque em cada tecla.

A bateria também foi aperfeiçoada e, segundo a Apple, proporciona até 18 horas fora da tomada. A autonomia energética melhorou bastante graças aos processados M1 desenvolvidos pela própria Apple e que usam a energia com mais eficiência, mas os benefícios do M1 vão além.

Chip Apple M1

Os processadores das Apple usam uma arquitetura diferente que os chips da Intel e AMD e, ao invés da X86, possui a arquitetura ARM. Simplificando a história, por ser uma arquitetura diferente, programas possuem suporte aos chips M1, rodando de forma muito mais rápida e fluida, com o nível máximo de suas funções e recursos, tudo isso consumindo menos energia.

Embora raro de acontecer, é possível que alguns programas não adaptados à nova arquitetura rodam um pouco mais lentos, ou sem todas as funções, mas esses casos estão cada vez mais difíceis de serem encontrados. Em resumo, a Apple afirma que seu novo processador é até 3,5 vezes mais rápido, além de possibilitar uma refrigeração totalmente passiva, sem ventoinha e mais silenciosa.

Macbook Air M1 não é só alegria

Sim, embora não seja um macbook barato, os elogios ao Macbook Air M1 já foram destacados, mas não existe produto perfeito e não seria o notebook da Apple o primeiro a quebrar a regra. Começando pelo sistema de refrigeração passiva que, se por um lado deixa o Macbook bastante silencioso, por outro faz com que o computador esquente consideravelmente e em momentos mais extremos.

Outra questão que muitos consumidores só vão levar em conta após estarem com seu Macbook em mãos é a quantidade pequena de conexões, já o Macbook Air possui apenas duas portas USB-C (Thunderbolt), logo comprar um adaptador será realidade para maioria dos usuários. E não custa lembrar que é impossível fazer upgrades nos notebooks da Apple, caso as opções que tenha optado sejam insuficientes para a sua rotina futura.

Ficha técnica Macbook Air M1

TelaRetina IPS 13,3”, QuadHD
ProcessadorApple M11
GPUIntegrada – 8 núcleos
RAM8 / 16 GB
Armazenamento256GB / 515GB / 1 TB / 2 TB
BateriaPolímero de lítio 49,9 Wh, Adaptador de energia USB-C de 30W
Peso1,29 Kg
Portas2 USB-C (Thunderbolt)
ConectividadeWi-Fi 6, Bluetooth 5.0

Aproveita que já passou por aqui e confere as novidades em notebooks. Compre seu notebook com desconto utilizando um cupom de desconto da KaBuM!

Veja também