Take a fresh look at your lifestyle.

LCD x LED x OLED: quais as diferenças e vantagens?

Ao comprar uma televisão nova, escolher o tipo de tela pode gerar dúvidas. LCD, LED e OLED: saiba mais.

2

Na hora de comprar uma televisão nova, escolher o tipo de tela pode gerar dúvidas. Modelos com LCD, LED e OLED ocupam as prateleiras das lojas, mas cabe ao consumidor saber qual é a melhor opção para o que ele deseja. Mas como funcionam essas tecnologias?

TV LCD

A tecnologia do LCD consiste em uma tela de cristal líquido iluminada por trás (backlight) por uma lâmpada CCFL (fluorescente). Esta luz branca traseira ilumina as células de cores primárias (verde, vermelho e azul), que formam as imagens na tela.

Esse tipo de iluminação é capaz de proporcionar brilho a níveis bem altos, mas sofre em outros quesitos como local dimming, que escurece partes da tela mais do que outras dependendo da necessidade, e ângulo de visão, que possibilita ao espectador assistir à TV de outros ângulos fora o frontal sem haver queda perceptível na qualidade de imagem.

TV LED

O LED funciona de forma semelhante ao LCD, também com células iluminadas por uma fonte de luz. Entretanto, a luz utilizada é diferente, com diodos emitindo a luz para a tela de cristal líquido. Isso quer dizer que, em vez da tela toda receber luz, pontos são iluminados de forma separada, melhorando a definição, cores e contraste do display.

O LED é a tecnologia presente em todas as TVs atuais, seja em sua concepção simples ou em aprimoramentos como o QLED e OLED. No geral, o contraste é satisfatório para a maioria das pessoas, e ainda pode ser melhorado com HDR; o brilho é alto e o ângulo de visão amplo, ainda mais quando aliado a painéis que destaquem tal atributo, como o IPS.

TV OLED

Por fim, o OLED é uma evolução da tecnologia apresentada nas telas LCD e aperfeiçoada nas TVs de LED. A tela é composta por diodos orgânicos que funcionam de forma semelhante aos LEDs. A diferença está no material com os qual estes diodos são feitos.

Por serem compostas por materiais orgânicos, as telas OLED podem ser mais maleáveis e adaptadas para vários formatos, sendo usadas em TVs, smartphones e smartwatches, em formatos planos, curvos, dobráveis e até enroláveis.

Apesar de possuírem nomes semelhantes, OLED e QLED são tecnologias distintas que usam o conceito básico da iluminação por LEDs. Temos um artigo que explica as diferenças entre OLED e QLED.

tvs oled lg

Preço x Imagem

Em termos de preço, os televisores de LCD e LED tem larga vantagem sobre as telas OLED, tecnologia ainda com valores elevados em relação à concorrência. No caso do LED, a redução de preço foi acentuada nos últimos anos, o que já fez muitos consumidores optarem por estes modelos em vez do LCD.

Vale salientar que as telas de OLED estão baixando os preços gradualmente, e mesmo que continuem mais caras do que os modelos com tecnologias concorrentes, estão cada dia com custo-benefício mais atrativo.

Quando se fala em imagem, é aí que a TV OLED se destaca. Devido à sua tecnologia avançada de iluminação, no OLED, as cores saem mais vivas e, principalmente, com tons de preto mais definidos. As OLED entregam a melhor qualidade de imagem que o dinheiro pode comprar e cobram a mais por isso.

Em algumas TVs LED comuns e, especialmente, nas telas de LCD, o problema do “preto que não é preto” é uma reclamação constante dos usuários mais exigentes. As telas, por si só, não alcançam o nível de contraste e ângulo de visão que as OLED oferecem, sendo opções de baixo custo e mais acessíveis por quem não faz questão de ter o melhor em casa.

Consumo energético

No que se refere a consumo energético, as telas de OLED também saem vitoriosas. Elas requerem menos energia para iluminar os diodos, uma vez que cada pixel que compõe a tela pode ser completamente desligado quando necessário. O LCD, por sua vez, exige uma fonte de luz constante. Já o LED ilumina pontos de luz maiores ao longo da tela.

De qualquer forma, fica a critério do consumidor saber qual a melhor escolha. Se o interesse é comprar uma TV barata, sem a necessidade de ter a melhor imagem possível, uma TV LCD pode cumprir bem o papel. Por outro lado, para quem quer assistir filmes ou jogar em alta resolução, telas de LED e OLED podem ser a melhor pedida — deixando a dúvida para o preço, com o OLED ocupando o posto de televisão mais cara.

Além disso, vale ressaltar que as telas de OLED estão no mercado há relativamente pouco tempo, e sua durabilidade é de médio prazo, diferente das antigas plasmas, que tinham excelente qualidade e duravam muito tempo. Telas LED e LCD estão há mais tempo no mercado, tudo o que poderiam oferecer já foi extraído de alguma forma e seus valores já estão consolidados como padrão de mercado.

No final das contas, a escolha fica por sua conta, o consumidor.

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!