Promobit
Promobit
Artigos

Gearbest divulga novas regras de envios ao Brasil

A Gearbest mudou algumas das regras de envios para o Brasil, considerando a situação recente com atrasos de encomendas. Veja o que mudou.

Gearbest divulga novas regras de envios ao Brasil

12 de mar de 2018

0 comentários

Compartilhe:

Quem faz compras em sites do exterior que não utilizam couriers (transportadoras particulares) para fazer o desembaraço de encomendas na alfândega sabe bem o quão arrastado é o processo da Receita Federal e dos Correios de liberar essas compras e entregá-las em nossa residência.

A situação tem piorado muito nos últimos meses. Muitos consumidores têm produtos comprados no mês de novembro que sequer saíram do centro internacional; outros, recebem o indesejado aviso de “produto extraviado”. Isso tem levado cada vez mais pessoas a pedirem reenvio ou reembolso de suas compras para a loja onde compraram, o que pode causar prejuízos a lojas que vendem muitos produtos para o Brasil, como é o caso da Gearbest.

Entramos em contato com a loja para tirar dúvidas sobre o posicionamento dela em relação aos atrasos e pedidos de reenvio e reembolso de produtos que foram extraviados ou que estão com a entrega atrasada. Assim, fomos informados sobre as novas regras para encomendas enviadas para o Brasil.

Também aproveitamos o contato para desmentir informações que foram divulgadas nos últimos dias sobre as encomendas feitas da China através da Gearbest, a fim de passar a informação correta para nossa comunidade.

Novas regras da Gearbest

A Gearbest mudou algumas de suas regras para envio de encomendas especificamente para o Brasil, a fim de se adaptar ao cenário atual, onde atrasos tornaram-se comuns e greves dos Correios mais comuns ainda.

A primeira delas é o tempo limite para entregas, que subiu temporariamente para 120 dias. Isso significa que, caso faça uma compra na loja, você terá de esperar até quatro meses para entrar em contato com a loja. E depois de passados os 120 dias? Você pode então contactar o suporte e solicitar reenvio ou reembolso da sua encomenda, o pedido será atendido normalmente.

Outra coisa que mudou é a quantidade de cupons de smartphones para o Brasil: alguns códigos promocionais são feitos exclusivamente para o mercado brasileiro, em promoções de produtos específicos, mas sua quantidade agora será bem menor. A loja não revelou quanto tempo isso durará ou a quantidade de cupons que será cortada, mas o fato é que veremos bem menos promoções de celulares chineses por aqui. Cupons de outros tipos de produtos continuarão sendo disponibilizados normalmente.

A Gearbest também prometeu novidades no serviço de pós-venda, dando a entender que poderemos ver algum tipo de suporte diferenciado para brasileiros no futuro. Essa mudança, porém, teremos que esperar para ver resultados.

Nosso contato também respondeu a algumas questões acerca de informações sobre encomendas enviadas para o país, divulgadas por veículos brasileiros de forma equivocada.

A Gearbest não vende mais para o Brasil?

Essa é uma informação que, aparentemente, começou a ser divulgada em grupos de WhatsApp, sem citar quaisquer fontes, e foi compartilhada por blogs e portais como uma notícia verídica.

A Gearbest afirma que continua vendendo produtos para o Brasil, incluindo smartphones e acessórios, produtos mais procurados por brasileiros na loja. Quanto a isso nada mudou, celulares continuarão sendo enviados novamente, apenas a quantidade de cupons para esse tipo de produto será menor.

O preço dos produtos da Gearbest vai subir?

Vimos notícias dando como certo o aumento de preços dos produtos da loja, outras decretando que os preços subiriam apenas para o Brasil. Também procuramos saber se essas informações eram verdadeiras.

Tudo o que a loja revelou é que cupons de desconto para smartphones serão disponibilizados em menor quantidade e frequência. O preço dos produtos continuará o mesmo e ainda veremos promoções destes produtos vez ou outra. O Brasil continua sendo um dos principais mercados da Gearbest e, obviamente, a empresa não aumentará o preço dos produtos para os clientes daqui.

Se você acompanha ofertas de produtos da Gearbest no Promobit terá maior tranquilidade para comprar. Nossa equipe de moderadores está atenta às mudanças e continuará utilizando ferramentas de pesquisa de histórico de preço para garantir que as ofertas aprovadas estão realmente com preço em conta.

Limite de peso

A loja não revelou se há agora um limite de peso que impede que brasileiros comprem certos tipos de produtos. Alguns veículos têm apontado o peso de 2 kg como limite máximo para envios para o Brasil. Simulamos algumas compras e, realmente, praticamente todos os produtos acima deste peso exibem a mensagem “cannot ship to Brazil” ou similar.

oferta mi drone

Dentre os produtos cujas compras simulamos estão drones (como o Mi Drone), notebooks gamer, impressoras e scanners 3D, hoverboards e aspiradores de pó. Quase todos estes produtos não podem ser enviados para o Brasil, mas houve exceções.

O Notebook GL62M 7REX da MSi, por exemplo, pesa 2.2 kg e normalmente não é enviado para o Brasil, mas dependendo da versão que selecionamos podemos realizar a compra sem restrições. O mesmo aconteceu com o Mi Drone.


A loja ainda aconselha os compradores a optar sempre pelo seguro de entrega no ato da compra, para facilitar as soluções de pós-venda. Recomendamos que, além do seguro, compradores sempre escolham entregas que ofereçam algum tipo de rastreio.

A Gearbest não deu previsão para quando os cupons para smartphones voltarão a ser disponibilizados normalmente, ou quando o período para pedido de reembolso/reenvio será reajustado. É provável que só vejamos mudanças quando a situação das encomendas no Brasil for regularizada — o que não deve acontecer tão cedo.

Os Correios iniciaram hoje (12) greve em todo território nacional por tempo indeterminado. Os trabalhadores reivindicam convênio médico, contratações e lutam contra a privatização da Estatal.

Leia também