Take a fresh look at your lifestyle.

Correios entrarão em greve na próxima segunda (12)

O Sindicato dos Correios anunciou mais uma greve nacional, que começa na próxima segunda-feira. Adesão estaria em 95%.

Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) entrarão em greve em todo o Brasil a partir da próxima segunda-feira (12). Os motivos são as mudanças recentes nos planos de saúde, que excluem os pais como dependentes e exigem pagamento de mensalidades.

Quem confirmou a greve, segundo o portal Tribuna Hoje, foi Altannes Holanda, presidente do sindicato da categoria. O Tribunal Superior do Trabalho (TST) julgará a causa na tarde do dia 12 de março. Segundo Holanda, a greve será iniciada no começo do dia e os trabalhadores aguardarão o resultado para decidir o que fazer a seguir.

“A greve é nacional e caso haja a mudança, a gente vai aguardar as orientações, e se isso for aprovado vai ficar muito complicado para o trabalhador que tem um salário médio de R$ 1.700 e a empresa quer mensalidades a R$ 1.000,00, como vamos pagar isso?”

Além da questão que aborda convênios médicos, a greve também coloca em pauta a falta de efetivo pela qual passam os Correios, exigindo assim realização de Concursos Públicos e contratação de mais funcionários; manutenção de agências e CDDs para bom atendimento da população; defesa do cargo de OTT, demissões e terceirização de serviços; e, claro, a qualidade do serviço prestado pelos Correios cisando contrariar a privatização da Estatal.

O mau serviço prestado pelos Correios não é novidade, mas a situação tem piorado muito. Atrasos de encomendas — sejam nacionais ou internacionais — têm se tornado cada vez mais comuns e até a entrega de correspondências, que é monopólio da Estatal, tem sido afetada.

Em 2015, os Correios fecharam o ano com deficit de R$ 2,5 bilhões. Já em 2016, o balanço negativo ficou em R$ 1,6 bilhão. Os números de 2017 devem apontar R$ 1 bilhão de deficit.

Correios Greve

A greve terá duração indeterminada, portanto tenha em mente a data de vencimento das suas contas e utilize a internet para fazer o pagamento antecipado das mesmas, evite o pagamento de juros e multas!

É bom lembrar que os Correios não detém monopólio de entrega de encomendas no Brasil. Fato é que apenas algumas empresas ainda utilizam os serviços da Estatal, tendo muitas optado por entrega através de transportadoras próprias, o que barateia o frete para o consumidor — dentre elas citamos Americanas, Saraiva, Centauro e Magazine Luiza.


Recentemente foram estabelecidas novas regras de envio dos Correios, exigindo afixação de nota fiscal ou declaração de valor do lado de fora da embalagem. A empresa também inaugurou um novo sistema de importações para facilitar o pagamento de taxas e o desembaraço de mercadorias. Nós testamos o serviço, mas ele não é tão prático nem funciona como deveria.

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:
Alertas Webpush

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!