Campanha Super Deals - Aliexpress
Promobit Explica

Qual o celular mais barato do mundo?

Você já se perguntou qual é o celular mais barato do mundo? Confira quando ele foi lançado, quanto custa e outras curiosidades

Avatar do membro Bruno Braga

Bruno Braga

9 de jan de 2023

0 comentários

Compartilhe:

Ao tomar a decisão de adquirir um novo celular existem vários pontos que devem ser levados em consideração, suas configurações básicas, a qualidade das câmeras, e obviamente, o preço. Porém, entre diferentes marcas, modelos e linhas, qual o celular mais barato do mundo e quais são as suas configurações? Será que ele aparecerá em algum texto de “melhores” aqui no blog? Ele tem mais bateria que o iPhone? Conheça um pouco mais sobre o celular mais barato internacionalmente e qual o mais barato no Brasil. 

O celular mais barato do mundo 

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Em meados de 2016, o Freedom 251 foi lançado pela empresa indiana Ringing Bells, se tornando conhecido desde então como o celular mais barato do mundo, custando 251 rúpias indianas, algo próximo dos R$ 12,30. A fabricante já tinha certa notoriedade no meio por possuir aparelhos de baixo custo, mas após o lançamento do celular mais barato do mundo, ela se viu em meio a grandes polêmicas. 

A primeira delas veio ainda antes de seu lançamento oficial, quando o aparelho foi testado por jornalistas de diferentes países, que relataram quase que de forma unânime que o celular não era de fabricação indiana e sim chinesa. Com isso, a Ringing Bells relançou o Freedom 251, com peças supostamente vindas do Taiwan. Dados de sua pré-venda informam que mais de 70 milhões de pessoas adquiriram um por menos de 4 dólares. 

Após um tempo, ficou claro que para conseguir fabricar e distribuir um celular tão barato, a empresa contou com recursos governamentais, que acabou parando de comercializar o aparelho por não conseguir manter o modelo de negócio. Devido ao baixo custo, a venda de cada unidade resultava numa perda de aproximadamente 2 dólares para a empresa. E para piorar, as polêmicas não pararam por aí. 

Em 2017, o fundador da Ringing Bells, Mohit Goel, foi acusado de fraude pela Ayam Enterprises, que fez uma encomenda de grande lote do Freedom 251. A companhia recebeu apenas metade da quantidade solicitada e não foi reembolsada no valor correto. Goel foi preso em decorrência de não ter pago este pedido milionário, e desde então o celular mais barato do mundo está com a opção de compra desativada em seu site oficial. 

Quais eram as configurações do Freedom 251?

Considerando seu preço, e por ter sido lançado em 2016, é de se imaginar que o Freedom 251 tenha um hardware bem básico. Confira algumas de suas configurações:

  • Tela: IPS, qHD, 4’’, resolução 960×540
  • Memória RAM: 1 GB
  • Processador: Quad-core de 1.3 GHz
  • Armazenamento interno: 8 GB, com possibilidade de expansão microSD de até 32 GB
  • Câmera traseira: 8 MP
  • Câmera Frontal: 3.2 MP
  • Bateria: 1800 mAh

Visualmente, o Freedom 251 se assemelha ao iPhone 5, mas seu sistema operacional trata-se do Android 5.1, tendo acesso a internet apenas através de 3G. 

E qual o celular mais barato do Brasil 

O fatídico celular mais barato do mundo nunca foi lançado no Brasil, mas temos por aqui algumas opções de aparelhos similares, com configurações básicas e de baixo custo. 

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Em 2013, a Alcatel lançou o Pixi 4007D, um celular dual chip, equipado com o Android 2.3.6, com apenas uma câmera traseira de 2 MP, 256 MB de memória RAM e 512 de memória interna. Tendo um hardware que mal chegava ao nível intermediário até mesmo para a sua época, o Pixi 4007D era facilmente encontrado na casa dos R$ 250. 

A Multilaser, marca amplamente conhecida por ter produtos com preços acessíveis, também teve alguns dos celulares mais baratos vendidos no Brasil, um deles sendo contemporâneo ao Freedom 251. O Multilaser MS50, também lançado em 2016, contém um hardware similar ao celular mais barato do mundo, com 8 GB de armazenamento, 1 GB de memória RAM, processador quad-core de 1.3 GHz e com Android 5. 

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Sua principal diferença está em seu tamanho, tendo uma tela de 5 polegadas, e por seu design não ser “fortemente inspirado” em outro, conforme o celular indiano. O Multilaser MS50 custa em média R$ 200, mas é possível encontrá-lo por volta de R$ 160/170.


No Promobit você encontra os melhores descontos em celulares Android. Aproveite para gastar ainda menos com os cupons de desconto Aliexpress e Shoptime.