Promobit Explica

5G no Brasil: já é possível usar a nova geração de internet móvel?

Algumas empresas já anunciaram suas opções de internet 5G, porém trata-se de uma versão prévia do que está por vir.

Avatar do membro Vinicio Rolim Lira

Vinicio Rolim Lira

3 de set de 2020

0 comentários

Compartilhe:

O leilão das radiofrequências que serão usadas para a internet 5G que estava marcado para 2020 foi adiado para 2021 e, quando a internet 5G parecia uma realidade ainda mais distante do Brasil, a Claro anunciou que passaria a oferecer a internet 5G em algumas localidades já este ano. Mas afinal, como está o atual cenário do 5G no país? Neste artigo abordamos a expansão do 5G no Brasil e quais as localidades que já estão na quinta geração da internet móvel. 

O que é a internet 5G?

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

A internet 5G é mais que apenas velocidade, ela vai permitir que inúmeros objetos sejam conectados constantemente e possibilitar mais do que apenas downloads e uploads muito rápidos, mas também  que múltiplos dispositivos estejam conectados simultaneamente e trocando informações entre eles simultaneamente. Com tal cenário, ambientes e até cidades inteligentes e conectadas tornam-se cada vez mais reais.

Os principais pontos da internet 5G são velocidade, capacidade e latência. A velocidade da internet 5G deve chegar a 20 Gbps enquanto o atual 4G é de 1 Gbps o que na prática significa que o download de um arquivo de vídeo que demora 2 minutos no 4G será feito em 3 segundos com o 5G. Já a latência refere-se ao tempo de resposta entre os dispositivos conectados, fundamental para ambientes em que é necessários que aparelhos troquem dados constantementes. Assim como a capacidade de suportar um número muito maior de dispositivos em uma mesma área. 

Situação do 5G no Brasil em 2020

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Para que esse cenário que atualmente parece mais um filme futurista saía do papel é necessário que as radiofrequências frequências por onde o sinal do 5G vai transitar sejam leiloadas pela Anatel para que, a partir daí, exista uma estrutura em que seja possível as operadoras de telefonia móvel oferecerem planos com internet 5G com tamanha capacidade. 

Serão leiloadas faixas de uso regional e nacional e de diferentes frequências. O leilão estava marcado para acontecer no final de 2020, porém, foi adiado para 2021 devido à pandemia. O que não impediu as principais operadoras que atuam no país de apresentar suas versões iniciais da internet 5G.

Prévias do 5G

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Entre as operadoras de telefonia móvel que atuam no mercado brasileiro, a primeira a anunciar a sua conexão 5G foi a Claro, durante o anúncio do Motorola Edge em julho de 2020. Na sequência, as demais operadoras anunciaram primeiras ações e começaram a disponibilizar o sinal de internet 5G em diferentes localidades e áreas de cobertura específicas. 

Entretanto, enquanto não houver o leilão das frequências o que teremos até o momento é o 5G de tecnologia DSS (Dynamic Spectrum Sharing ou Compartilhamento Dinâmico de Espectro), que usa de frequências já existentes e usadas também em outras conexões, como 2G, 3G e 4G, para distribuir conexões 5G que são, de fato, superiores às velocidades atuais, mas que não atingem todo o potencial ao qual a internet 5G pode chegar utilizando as frequências que ainda serão leiloadas. O 5G disponibilizado atualmente pelas operadoras pode ser considerado um “aperitivo” do que estar por vir. 

Claro

A Claro foi a primeira a oferecer internet 5G DSS durante o lançamento do Motorola Edge e Edge+ no Brasil. Porém apenas o primeiro é compatível com o 5G da Claro. A operadora é a que mais disponibiliza informações sobre sua cobertura 5G até o momento e para ter acesso as conexões mais rápidas da empresa o usuário precisa aderir ao plano Pós de 50 GB, com preço de R$ 295,89 mensais que dá direito a adquirir o Motorola Edge, aparelho compatível, com desconto.

De acordo com a Claro, o 5G DSS é capaz de conexões até 12 vezes mais velozes que o 4G convencional e atualmente o sinal 5G está disponível em regiões específicas das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Na capital paulista, o sinal da Claro é encontrado em algumas localidades da zona Sul, nos bairros de Moema, Vila Olímpia, Paraíso, Jardins e na região da avenida Paulista, Vila Madalena, entre outros.  Já no Rio, o 5G da Claro está em vários locais dentro de uma extensão que estende-se de parte da barra da Tijuca até parte do leme. 

Tim

Após testes em 2019 nas cidades de Florianópolis, Campina Grande na Paraíba e na mineira Santa Rita do Sapucaí usando a frequência de testes de 3,5 GHz quando obteve velocidades na casa de 1 gigabit por segundo, a TIM anunciou os primeiros locais com disponibilidade para o 5G DSS que começam a funcionar agora em setembro. São eles Bento Gonçalves no Rio Grande do Sul, Itajubá em Minas Gerais e Três Lagoas no Mato Grosso do Sul. Porém não existem ainda planos específicos com o 5G da empresa.

Vivo

A vivo anunciou o inicio do seu sinal 5G, também DDS  em julho de 2020, de forma gradual, mas sendo no total o mais abrangente em número de cidades, porém restrito a pequenas regiões. São elas:  

  • São Paulo: regiões da Avenida Paulista, Vila Olímpia e Berrini.
  • Brasília: Eixo Monumental, Esplanada dos Ministérios e shoppings.
  • Belo Horizonte: regiões de Savassi e Afonso Pena.
  • Salvador: Pituba e Itaigara.
  • Rio de Janeiro: Copacabana, Ipanema e Leblon.
  • Goiânia: região central da cidade.
  • Curitiba: Centro Cívico, Alto da Glória, Batel e Água Verde.
  • Porto Alegre: Moinhos de Vento, Avenida Carlos Gomes e Shopping Iguatemi.

Aqui no Promobit você confere as melhores promoções de smartphone. Modelos da melhores marcas podem ficar ainda mais baratos aproveitando o cupom Americanas ou cupom Submarino.