Campanha Amazon APP Day
Promobit
Guia de compras

5 erros ao escolher escrivaninha que você não deve cometer

Saiba como escolher escrivaninha para deixar seu ambiente mais confortável e funcional

Avatar do membro Jonathan Robert

Jonathan Robert

21 de jan de 2023

0 comentários

Compartilhe:

A escrivaninha é um dos móveis essenciais para quem trabalha em casa, passa muitas horas estudando ou precisa de um espaço para desenvolver suas atividades cotidianas. Escolher um móvel funcional ajuda a manter a harmonia do ambiente, evitando estresse e perda de tempo que acabam prejudicando o desempenho. Por isso, hoje vamos dar algumas dicas do que não fazer quando for escolher seu móvel. Confira 5 erros muito comuns ao escolher escrivaninha.

Como escolher escrivaninha

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

O espaço de trabalho pode influenciar diretamente no andamento das atividades. E escolher uma escrivaninha pode ser uma tarefa complicada, afinal, existem muitos modelos, feitos com diferentes materiais e ainda muitos tamanhos disponíveis. Alguns fatores como material, dimensões e local que o móvel ficará instalado devem ser levados em consideração para evitar que precise trocá-lo mais cedo do que imaginava. Para que não aconteça arrependimentos logo após sua compra, confira nossas dicas para não errar na escolha.

5 erros comuns ao escolher escrivaninha

Escolher baseado no design

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

O design da sua escrivaninha é muito importante, pois o móvel também vai fazer parte da sua decoração e escolher um que destoa muito do ambiente pode acabar gerando um certo incômodo, principalmente se ficar no meio da sala, por exemplo. Mas esse não deve ser o único critério para fazer sua escolha. Não adianta ter uma escrivaninha bonita se não ficar confortável.

Tente conciliar as duas coisas. Imagine que você é uma pessoa alta e sua escrivaninha seja baixa ou um móvel muito alto para uma pessoa baixa. Durante o dia vai acabar provocando dores na coluna ou outras partes do corpo devido a falta de ergonomia. Sua coluna deve ficar reta e a cadeira não deve ficar mais alta e nem muito mais baixa que a base da mesa, para evitar a projeção do pescoço para frente. As mãos devem estar apoiados na mesa (ou braço da cadeira) para não sobrecarregar o ombro e os joelhos e quadril devem ficar em um ângulo de 90 graus.

Não considerar o espaço de armazenamento

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Outro erro muito comum ao escolher escrivaninha é não levar em consideração o espaço para os itens ficarem armazenados perto do móvel. Imagine ter que levantar toda hora para pegar alguma coisa ou precisar montar e desmontar todo dia o seu espaço para manter a organização. Nada funcional, não é mesmo?

Escolha um móvel que tenha nichos ou gavetas para deixar os itens que utiliza com muita frequência como material de escritório, livros e outros. Isso também ajuda a manter o bom andamento das atividades, já que terá tudo ao seu alcance com bastante facilidade.

Não calcular o espaço de uso

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Evite mesas que só tenham espaço para o notebook ou para um livro. Móveis muito estreitos limitam as atividades que podem ser feitas e não permite que você consiga utilizar outros materiais ao mesmo tempo. Se você tem pouco espaço em casa, avalie um jeito de deixar a escrivaninha mais funcional. Por exemplo, se sua mesa for muito pequena, tente colocar um gaveteiro perto para deixar os materiais; se for muito estreita, dê preferência para modelos que tenham outro compartimento de correr por baixo para expandir seu tamanho se for necessário usar um teclado ou mouse. Escolher outros formatos, como uma mesa em L para um cantinho também pode ser interessante e ajuda a otimizar o espaço de trabalho.

Fazer sua escolha pensando em um lugar só

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Esse é um erro pois é muito comum querer trocar os móveis de lugar e uma escrivaninha muito limitada pode deixar você sem muitas opções. Quem mora de aluguel e muda muito pode ter ainda mais problemas para encaixar seu móvel quando for necessário uma mudança. 

Por exemplo, se você compra um móvel com tamanho pensado exclusivamente para ficar em frente à janela e for uma pessoa distraída, a paisagem e movimento podem tirar sua atenção  com facilidade e ao decidir mudar de lugar, não tem como, pois é o único lugar que cabe. Essa falta de versatilidade para mudanças pode acabar dando muita dor de cabeça (a não ser que seu espaço seja planejado).

Não se atentar ao material escolhido

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

A grande maioria das escrivaninhas é feita de MDF. Mas isso pode ser um problema se você vive de mudança, pois é um material mais frágil que fica bambo ou desnivelado muito fácil. Para evitar ficar trocando de móvel, investir em uma mesa de madeira maciça, com tampo de vidro, de metal ou outro material pode ser uma saída. Existe uma enorme variedade de modelos disponíveis no mercado, portanto, escolha aquele que tem mais chances de durar mais tempo.

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Confira as melhores promoções da internet em móveis e decoração aqui no Promobit. Fique de olho nos cupons Casa e Vídeo e cupons Magazine Luiza para reduzir ainda mais o preço das suas compras.