Campanha Aliexpress Divertimento ao ar livre
Promobit
Promobit Explica

Ventilador ou climatizador: qual o melhor para sua casa e para o seu bolso?

Dentre as diferentes opções para se refrescar no calor, a dúvida "ventilador ou climatizador" costuma pairar. Vejamos seus pontos fortes e fracos

Avatar do membro Bruno Braga

Bruno Braga

25 de fev de 2023

0 comentários

Compartilhe:

Ao falarmos de aparelhos eletrodomésticos e eletroportáteis para se refrescar durante o calor, costumeiramente o ar condicionado desponta como a opção que melhor lida com momentos mais abafados. Porém, dentre as diversas opções, o ar condicionado é, de longe, a mais cara, além de demandar um espaço dedicado e manutenção periódica. Portanto, a grande questão se torna: ventilador ou climatizador? Qual deles exerce melhor a sua função só que sem pesar tanto no bolso? 

Confira abaixo a resposta para essas e outras perguntas sobre ventiladores e climatizadores, entendendo melhor em qual situação cada um se encaixa melhor, e qual poderá te ajudar a lidar da melhor forma com o calor. 

Compre agora Ventilador de coluna Air Timer Style Malory na Amazon

Qual a diferença entre ventilador e climatizador? 

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

A principal diferença entre ventilador e climatizador é o efeito que eles causam no ar. As pás do ventilador, quando estão rodando, deslocam o ar criando uma corrente de vento, espalhando o ar do local e causando uma sensação de frescor quando este vento vai de encontro a pele. Já o climatizador, ventila o ar enquanto umidifica o ambiente, exercendo as duas funções ao mesmo tempo. 

Ele recebe o ar quente presente no local, passando-o por um filtro com vapor d’água, que faz com que o ar seja resfriado antes de ser liberado novamente. Ou seja, o ar quente que entrou no climatizador sai resfriado e umidificado, tornando o ambiente mais fresco. 

Explicando dessa forma, o climatizador pode parecer muito superior ao ventilador, porém, ambos os aparelhos possuem suas vantagens e desvantagens. Vamos entender os pontos fracos e fortes de cada um deles. 

Compre agora o climatizador Midea AKAF1 na Amazon

Vantagens e desvantagens de cada um

Uma vantagem que ambos compartilham em relação ao ar condicionado é o fato de não precisarem de uma instalação para serem utilizados. Mas na questão ventilador ou climatizador, o ventilador acaba sendo ainda mais simples, por precisar apenas conectá-lo na tomada para funcionar. Não que o climatizador requeira algo muito complexo, é necessário apenas colocar água em seu reservatório antes de ligá-lo. 

Apesar de ambos não gastarem tanta energia quanto um ar condicionado, o ventilador acaba sendo o mais econômico se compararmos com o climatizador, em relação a gasto de energia, e ao peso que o uso constante dele implica na conta de luz. É um ponto relevante para quem vive em lugares que atingem temperaturas bem altas, e o uso de um aparelho para se refrescar se faz necessário quase que 24 horas por dia. 

E falando em temperaturas altas, o climatizador será mais efetivo em resfriar o ambiente do que um ventilador. Como o ventilador capta o ar e o espalha logo em seguida, ele acaba não tendo mudança real na temperatura. Ou seja, em lugares em que o ar esteja quente, o ventilador apenas espalhará esse ar. 

Pensando em diferentes tipos de ambientes, cada um dos aparelhos possui um foco e será mais efetivo se utilizado nessas condições. Por exemplo, o ventilador funciona melhor em um ambiente fechado, já que ele será mais efetivo em espalhar o ar presente no local dando essa sensação de frescor focado em quem estiver no local. 

Por outro lado, o climatizador é indicado para lugares abertos, tanto por ser efetivo em maiores distâncias (boa parte dos modelos costumam funcionar de 25 até 60 m²), tanto para evitar problemas em lugares fechados, como ter muito contato com paredes, podendo causar problemas relacionados a sua umidificação. Por esse mesmo motivo que o climatizador pode não funcionar bem em locais com muita umidade, não só por não conseguir ser efetivo, mas pelas chances de causar algum empecilho, como mofo. 

Para quem possui problemas respiratórios, o climatizador pode se tornar um grande “amigo”, já que seu fator umidificador se mostra uma vantagem muito grande em relação ao ventilador, que muitas vezes, acaba levantando e espalhando a poeira presente. E por último, mas não menos importante, o fator barulho também acaba sendo um ponto de vantagem do climatizador, que apesar de emitir um som, não é tão alto quanto um ventilador. 

Compre agora o climatizador de ar Britânia BCL05FI na Amazon.

A diferença de preço entre eles é muito grande? 

Muito da popularidade do ventilador está atrelado ao seu preço, é de longe a opção mais acessível dentre esses aparelhos. E por tudo aqui citado, já é de se esperar que o climatizador seja mais caro, já que ele costumeiramente é visto como um meio termo entre o ventilador e o ar condicionado. 

Modelos mais simples de ventiladores, costumam custar entre R$ 90 e R$ 120, podendo ter variações em seu tipo, como ventilador de mesa ou de coluna, assim como variações de velocidades e quantidade de pás. Modelos mais completos e recentes, possuem uma função repelente, custando a partir de R$ 250. 

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior
Exemplo de ventilador com função repelente

E esta faixa de duzentos reais costuma ser o preço mínimo que os climatizadores costumam custar, levando em consideração os mais modelos mais simples também. Marcas mais famosas, e modelos com uma maior autonomia, que permitem funcionamento de 12 horas ininterruptas, chegam a custar mais de R$ 360.  

Ou seja, em termos de custo, um ventilador mais completo e recente, equivale a um climatizador mais simples e básico. 

Compre agora o ventilador de Mesa Mondial na Amazon

Ventilador ou climatizador: veredito

Com base em tudo que foi explicado, ambos possuem suas qualidades, e serão de grande serventia se utilizados dentro do que foram designados. Apesar do climatizador ser um aparelho bem completo, e de uso menos limitado que o ventilador, seu preço pode acabar afastando possíveis compradores que não possuem tanta certeza sobre qual comprar. 

Portanto, o veredito na questão ventilador ou climatizador é: para uma solução a curto prazo, para se ter em casa em momentos de calor, que só será utilizado de vez em quando, o ventilador é uma opção melhor. Seu baixo custo e facilidade de uso se destacam nessas situações. Pensando a longo prazo, para quem necessita de um uso mais frequente, levando em consideração sua utilidade para além de se refrescar no calor e seu preço mais alto, o climatizador acaba sendo uma alternativa mais assertiva. 

Em suma, não vale a pena investir em um climatizador para usá-lo poucas vezes e uma região com muita umidade, da mesma forma que ter um ventilador soprando ar quente em uma pessoa com problemas respiratórios e que mora em uma região seca, também não é o ideal. 

Caso você resida em uma casa grande, com mais de um andar, e se o seu bolso permitir, investir em ambos também não é uma má ideia. Manter o climatizador em um cômodo grande e aberto, e o ventilador para um uso mais “individual” em um cômodo menor como um quarto, pode ser uma boa forma de combinar as forças de ambos os aparelhos.


No Promobit você encontra os melhores descontos em utensílios domésticos. Não perca a chance de aproveitá-las junto dos cupons Casas Bahia!