Campanha Super Deals - Aliexpress
Promobit Explica

Vale a pena comprar um videogame portátil?

Nintendo 3DS, Switch e Playstation Vita: vale investir em um sistema dedicado de games portáteis ou jogar no celular tá bom?

Avatar do membro cantonunes

cantonunes

27 de jul de 2017

0 comentários

Compartilhe:

Com a chegada dos smartphones, os videogames portáteis sofreram um baque pesado no mercado. Os primeiros consoles a sofrerem este impacto foram o Nintendo DS e o já finado Playstation Portable (PSP), da Sony. Com games cada vez melhores para plataformas mobile, assim como equipamentos mais poderosos em processamento em gráficos, muitos jogadores optaram por unir o útil ao agradável e não ter que carregar um item a mais em suas mochilas.

Mesmo assim, marcas como Nintendo e Sony continuam ativas no segmento de videogames portáteis: a Nintendo conta com o 3DS e sua base fiel de jogadores, assim como lançou recentemente o mais do que bem-sucedido Switch, híbrido de videogame residencial e portátil. Já a Sony tem há alguns anos o Playstation Vita, que segue recebendo suporte até hoje.

Mas será que vale a pena levar algum destes consoles pra fazer a jogatina, em vez de um smartphone? Vamos analisar os prós e contras de cada um pra tentar responder esta pergunta.

Nintendo 3DS

nintendo 3ds

O 3DS é um campeão para a Nintendo. Já em sua oitava geração, o console acumula quase 70 milhões de unidades vendidas e tem diversos pontos positivos que justificam isso. Primeiro, ele tem MUITOS jogos. Suportado por diversas desenvolvedoras third, o console é a melhor plataforma para quem gosta de jogos de aventura e RPGs, com diversos títulos aclamados, como Bravely Default e Fire Emblem: Awakening. Além disso, tem os exclusivos da Nintendo, como Pokémon, Zelda e Mario.

Se você acha os games para celular muito simples e deseja opções com mais profundidade na jogabilidade, o catálogo do Nintendo 3DS tem tudo para agradar. O porém: como a Nintendo não tem representação no Brasil, comprar um 3DS assim como seus jogos pode ficar caro na mão de importadores: o console sai por cerca de R$ 1,2 nestas lojas, e games podem custar mais R$ 200.

Nintendo Switch

Rocket League Switch

Outro que sofre com o problema da ausência oficial da Nintendo no Brasil – e custa caro, sendo vendido em média por R$ 2,5 mil. O videogame mais quente do momento, o Switch foi lançado em março e já soma (segundo analistas) quase cinco milhões de unidades vendidas. Com uma proposta híbrida ousada, o console soma o poder de um console de mesa com a possibilidade de levá-lo para qualquer lugar. Entretanto, como neste texto estamos falando de portáteis, vamos enxergar o Switch como tal. Ele é com certeza o console mais bem acabado, com bons controles, boa pegada e uma tela LED capaz de entregar imagens impressionantes, o que é bem-vindo no caso de games belíssimos como Zelda: Breath of The Wild.

Entretanto, o Switch também surpreende na jogatina casual, contando com um catálogo de games independentes e pequenas joias como Snipperclippers. Os controles modulares – ou joycons – também são destaque: para se divertir com um amigo, basta destacar os controles da tela e sair jogando (Mario Kart 8 Deluxe é perfeito pra isso). O console ainda é novo, com um catálogo ainda limitado e o preço inflacionado. Mas é questão de tempo para que o Switch se torne ainda mais popular com sua postura diferenciada em relação aos games mobile de celular.

Playstation Vita

playstation vita

Lançado em 2012, o PS Vita é o sucessor do PSP. Desde então a Sony sofre pra emplacar o console, mesmo contando com exclusivos e parcerias com estúdios independentes para rechear o catálogo da plataforma. Graficamente, o Vita é mais capaz que muito smartphone por aí, e ele conta com alguns truques interessantes, como um touchpad em sua tela traseira que é usado como parte dos controles em alguns games. Mesmo assim, ele falha em entregar uma experiência diferenciada, que valha o investimento e o tempo para carregar uma peça extra de hardware na mochila. A Sony chegou a reinventar o design do console, deixando-o menor e mais barato, mas isso não adiantou muito.

De qualquer forma, para quem estiver disposto a gastar cerca de R$ 1 mil no console (dá pra encontrar um usado em bom estado na faixa dos R$ 600), é possível jogar ótimos títulos como Super Stardust HD, Guacamelee, Velocity 2X, Little Big Planet, Sine Mora, Tearaway, entre outros. Um adendo: para quem tem um PS4, é possível jogar via Remote Play usando a Wi-Fi da sua casa. Caso a sua TV esteja “indisponível” no momento (sinal para aproveitar as promoções de TV e comprar outra), dá pra jogar qualquer título do PS4 usando a tela e os controles do Vita.