Take a fresh look at your lifestyle.

O que muda no novo 4G de 700 MHz em São Paulo?

As operadoras Claro, TIM e Vivo liberaram a nova frequência na região da Grande São Paulo, mas o que isso muda para os clientes?

A frequência de banda larga de 700 MHz foi liberada nesta terça-feira (24) pela Anatel em cidades da região da Grande São Paulo, como Santo André, São Bernardo, São Caetano do Sul e também a capital São Paulo. A liberação da frequência vem de uma ação de expansão de rede 4G impulsionada pelas operadoras Claro, TIM e Vivo.

Atualmente, as frequências que funcionam em São Paulo (e no Brasil em geral) são as de 2.600 MHz (banda 7) e 1.800 MHz (banda 3). A vantagem dessas coberturas é seu suporte a um maior número de usuários, mas elas falham no que se refere à penetração do sinal, principalmente em ambientes internos.

É aí que a 700 MHz (banda 28) chega para melhorar os serviços de 4G, devido a sua eficiência e melhor penetração do sinal.

4G O que o 4G de 700 MHz muda no meu dia a dia?

A primeira vantagem é que as operadoras não irão cobrar a mais pelo funcionamento da nova frequência. Será preciso apenas ter um aparelho compatível com a banda 28 (B28) para utilizar o novo serviço e, felizmente, a maioria dos aparelhos celulares vendidos no Brasil já vem com essa compatibilidade.

O sinal em lugares internos e fechados também deve melhorar consideravelmente ao se utilizar a frequência de 700 MHz, pois frequências baixas tem melhor penetração de sinal, podendo passar por paredes e telhados com maior facilidade.

Com um menor custo de manutenção, é possível também levar o sinal de 4G para lugares mais afastados dos grandes centros, como áreas rurais, permitindo que um maior número de pessoas tenha acesso à tecnologia.

4G Redes

Como saber se o meu celular é compatível com a frequência de 700 MHz?

Para saber se o seu smartphone é compatível com a frequência, procure nos sites das fabricantes pelas especificações técnicas do seu modelo e confira os números das bandas com as quais ele possui compatibilidade.

As frequências são identificadas por um número padrão. Por exemplo, a 2.600 MHz é chamada de banda 7 (ou B7), a 1.800 MHz é chamada de anda 3 (ou B3) e a 700 MHz é a banda 28 (B28).

No site da Motorola, olhando as especificações do modelo Moto Z2 Play, por exemplo, podemos verificar que ele possui compatibilidade com todas as frequências citadas acima.

Lembrando que não é preciso pagar nenhuma taxa para começar a utilizar o serviço, basta que o seu celular seja compatível com a B28.

Quais operadores estão oferecendo o serviço?

Por enquanto são apenas as operadoras Claro, TIM e Vivo. A aquisição será uma vantagem principalmente para a TIM, que até o momento não possuía nenhuma outra frequência baixa pela qual podia transmitir seu sinal, enquanto Claro e Vivo têm direito de usar a frequência 850 MHz (válida para 2G e 3G).

A Oi não comprou os direitos de utilizar a faixa no leilão devido às dívidas da empresa.


Confira nossas promoções de celular para garantir que seu novo aparelho tenha compatibilidade com a banda 28. Se está esperando por uma melhor oportunidade para encontrar a oferta certa, acompanhe nossa página especial da Black Friday na sexta mais esperado do ano. Nós também separamos cupons de desconto incríveis para você economizar toda vez que comprar pela internet.

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!