Promobit
Promobit
Artigos

O que fazer quando o celular cai na água?

Descubra se você pode mesmo colocar o celular para secar no arroz e se o uso do secador não prejudica o aparelho. Veja também porque é importante deixá-lo na assistência técnica.

O que fazer quando o celular cai na água?

4 de fev de 2019

0 comentários

Compartilhe:

Sortudas são as pessoas que nunca deixaram o celular cair na água. Eles pulam do nosso bolso, das nossas mãos, e vão parar na privada, na piscina e até no mar. Mas, depois que isso acontece, como recuperá-lo? Existem algumas soluções caseiras que você pode fazer antes de levar o aparelho à assistência técnica para garantir que ele seja recuperado.

Tirar a bateria

Quando nosso celular cai na água, é normal ficarmos desesperados e, por causa disso, não sermos capazes de raciocinar muito bem. Depois de manter a calma, o primeiro passo é desligar o aparelho e retirar a bateria dele (se possível), assim como todos os outros componentes (chip, cartão de memória, etc) e deixá-los separados. É essencial não religar o celular logo depois que ele cai na água, porque isso pode causar um curto circuito.

Deixar secar ao sol

Depois de ter as peças separadas, coloque-as para secar ao sol, assim como o aparelho. Não use forno convencional ou elétrico e nem micro-ondas para que ele seque mais rápido, isso prejudica o celular. Também não há um consenso sobre quanto tempo ele deve ficar exposto ao calor, mas garanta que ele esteja o mais seco possível para remontá-lo.

Outra opção é mergulhá-lo no arroz para que os grãos absorvam a água do aparelho, mas essa ação não garante que as entradas do celular (como a do fone de ouvido, do carregador e do cartão de memória) fiquem secas, diferentemente de quando o celular é exposto ao sol.

Se, por acaso, o seu celular tiver caído na água e for inverno, a recomendação é utilizar o secador. Porém, tome cuidado para não usá-lo numa temperatura muito alta, porque isso pode causar o superaquecimento dos componentes internos do dispositivo e ser prejudicial, da mesma forma que o forno e o micro-ondas são.

Depois de ter feito tudo isso, é altamente recomendado que você leve o celular à assistência técnica, para garantir que nada foi danificado, verificar se alguma peça precisa ser trocada e para que seja realizado o “banho químico” (saiba mais sobre o que é isso adiante).

E se for água do mar?

Se o seu celular cair no mar, tenha muita fé. A água do oceano é mais corrosiva, então é mais difícil de recuperá-lo. Porém, não é impossível: desligue-o, desmonte-o e corra para uma assistência técnica para solucionar o problema.

Qual o papel da assistência técnica?

Muitas vezes, quando realizamos os passos citados acima em casa e ligamos o aparelho novamente, percebemos que ele já está funcionando e desistimos de levá-lo a assistência técnica, mas isso não é o indicado.

Deixar o celular com profissionais competentes é importante porque eles realizam o chamado “banho químico” no aparelho. Nesse tipo de lavagem, utiliza-se álcool isopropílico e alguns lubrificantes que não atacam o circuito nem o funcionamento das peças e do telefone e garante que não ocorram problemas futuros com o aparelho, que podem não ser vistos de imediato.


Agora que você já sabe o que fazer se por acaso o seu celular cair na água, o que acha de dar uma olhada nas nossas promoções de smartphones? Fique de olho nos cupons de desconto do Promobit para garantir os menores preços!

Veja também