Take a fresh look at your lifestyle.

Forno elétrico ou à gás: qual é mais econômico?

Simulamos o gasto mensal dos dois aparelhos em uma família de quatro pessoas para dizer qual é mais econômico: forno elétrico ou à gás.

Quando pensamos em estruturar a cozinha em uma casa ou apartamento novo, é importante pensar em deixá-la com a nossa cara, mas também economizar. Por isso, às vezes pode surgir a dúvida: é mais interessante comprar um forno elétrico ou à gás? Qual deles é mais econômico? E é importante saber que aqui estamos falando dos fornos elétricos embutidos, não aqueles que ficam em bancada. 

Quer receber avisos sempre que aparecer Forno em promoção?

Pensando nisso, resolvemos calcular e comparar o consumo mensal de um forno elétrico e um forno à gás em uma simulação de uma família de quatro pessoas que use o forno 5 vezes, em um mês de cinco semanas, por uma hora inteira a cada semana. Ou seja, a família vai usar o forno durante 5 horas por mês no máximo. 

Calculando o consumo do forno elétrico

Para calcular o gasto de energia de um forno elétrico, vamos considerar a cobrança por cada quilowatt-hora dentro da cidade de São Paulo, que atualmente está em R$0,24868 na categoria B1 (baixa tensão residencial). Usaremos como modelo o Tramontina Slim Touch, um forno elétrico de embutir que ficou entre os melhores fornos elétricos na nossa lista de modelos para comprar. Ele tem 2800W de potência.

Sendo assim, eis a conta: 2,8 kw/h x 5 horas = 14 Kwh/mês. Colocando o preço: 14Kw/h x R$0,24868 = R$3,48 pelo uso do forno.

Leia também: 

Calculando o consumo do botijão de gás 

Para calcular o consumo de um botijão de gás, é necessário saber o peso dele, o preço na sua cidade e ainda considerar os dados abaixo: 

  • Em temperatura baixa (menor que 180°C), são gastos 0,200 gramas por hora de gás;
  • Em temperatura média (180ºC), são gastos 0,225 gramas por hora de gás; 
  • Em temperatura alta (maior ou igual a 200°C) são gastos 0,250 gramas por hora de gás; 

Para nosso cálculo, vamos assumir que um botijão de 13 quilos custe R$75. Ele vai ser usado durante 5 horas durante o mês em temperatura alta (200ºC ou mais). A fórmula é a seguinte: 

valor do consumo por hora = (temperatura utilizada x preço do gás na sua cidade)/quilos do botijão. Então: 

Valor do consumo por hora = (0,250 x 75)/13. Valor do consumo por hora =  R$1,44. R$1,44 x 5 horas = 7,21. 

Já se você for usar o forno por cinco horas por mês em temperatura média, pode considerar o seguinte cálculo: (0.225 x 75)/13 = R$1,29. R$1,29 x 5 = 6,49. 

Afinal, forno elétrico ou à gás: qual é mais econômico? 

Como pode ser visto pelas nossas contas, à primeira vista um forno elétrico é mais econômico do que um à gás (alimentado por botijão). Mas, isso pode variar de acordo com a sua localidade, pois em algumas cidades um botijão de gás pode ser mais barato do que o que usamos como base em nosso cálculo (R$75 é o preço de um botijão de 13 quilos em Santo André/SP). 

Além disso, se você comprar um forno elétrico que gasta mais do que 2.8 quilowatt por hora, os números da conta também vão mudar. Por isso, é importante seguir a base de cálculo do artigo para calcular o consumo dentro da sua casa. 

Os resultados também podem variar se o gás da sua casa for encanado ao invés de por botijão, porque a conta mostra a quantidade de metros cúbicos gasto. Neste caso, segundo informações da Ultragaz, é necessário saber que 1m³ de gás equivale a 2,5 quilos de GLP. 


Agora que você já sabe como calcular e escolher entre forno elétrico ou à gás, não se esqueça de dar uma olhada nas nossas promoções de forno elétrico para comprar o seu! Use um cupom Americanas ou cupom Submarino para pagar mais barato ainda!

O que você achou desse post?
+1
1
+1
3
+1
1
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!