Bar aberrto_TopBanner
Promobit Explica

Fone USB-C vale a pena? Conheça mais sobre o acessório

Sente falta de utilizar o fone de ouvido com fio? Descubra mais sobre o fone USB-C

Avatar do membro Jonathan Robert

Jonathan Robert

4 de mai de 2023

0 comentários

Compartilhe:

De um tempo para cá, os fones começaram a sumir das caixas dos smartphones atuais e agora as entradas P2 para o acessório quase não são vistas mais, principalmente nos modelos intermediário e tops de linha. Com isso, os fones Bluetooth estão ganhando mais espaço, porém, muita gente ainda prefere os tradicionais fones de ouvido com fio, seja pela praticidade de não se preocupar com bateria ou por gosto pessoal. Uma das alternativas para continuar usando o acessório com fios é apostar no fone USB-C. Mas será que muda alguma coisa? Descubra mais sobre o fone com entrada USB-C.

Por que não tem mais entrada para fone de ouvido?

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Antes de saber um pouco mais sobre o fone USB-C, primeiro temos que entender quais os motivos por trás da exclusão da entrada P2 para fone de ouvido dos smartphones. O primeiro celular a excluir tal componente foi o iPhone 7, lançado em 2016, seguido do Moto Z no mesmo ano. A justificativa foi muito baseada em uma abertura para inovações no mercado. 

A utilização da entrada USB-C nos smartphones, ou Lightning no caso dos iPhones, promete uma melhoria na qualidade sonora para os usuários, suporte ao áudio digital e também na maior facilidade para desenvolver dispositivos com proteção contra água. 

Outro assunto muito recorrente na discussão sobre a justificativa da retirada do componente é o ganho de espaço na construção do dispositivo. Sem a entrada P2, os smartphones poderiam ficar mais finos ou outros componentes podem ser aumentados, como por exemplo a bateria. Mas o que acontece é que com a retirada da entrada tradicional, os acessórios apenas começaram a sumir das caixas. Esse foi um dos motivos de tantos fones de ouvido Bluetooth começarem a ganhar força no mercado

Atualmente, grande parte das fabricantes estão adotando essa padronização em seus modelos e as tradicionais entradas P2 quase não são vistas nos smartphones. 

Vale a pena comprar um fone USB-C?

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Se você é uma das pessoas que não se adapta bem aos fones bluetooth ou então gosta do seu fone tradicional com fios, pode estar se perguntando se vale a pena comprar um fone USB-C só para consumir seus conteúdos favoritos. E a resposta vai depender muito do gosto pessoal.

A boa notícia é que o fone USB-C não difere muito dos mais antigos a não ser pelo tipo de entrada. O USB tipo C é conhecido por ser mais rápido e manter uma comunicação mais eficiente com o smartphone. No caso dos fones, utilizar essa entrada não vai mudar muito a experiência. Algumas das justificativas para esse tipo de fone é a conexão mais rápida e estável com o aparelho para a reprodução de sons. Esse tipo de acessório também reproduz o som de maneira digital, diferente das entradas P2 que utilizam o som analógico. Na prática isso não significa necessariamente uma melhoria na qualidade sonora. Tudo vai depender da qualidade do acessório e dos componentes internos do seu smartphone. 

Já entre as desvantagens estão a utilização de uma única entrada para carregador e fone. Então se seu celular estiver descarregando e você quiser continuar escutando música, isso não será possível. Esse fone também precisa ser comprado separadamente já que são pouquíssimos modelos que mandam o fone compatível junto atualmente, o que pode ser outro problema.

Utilizando adaptadores

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Mas se você gosta do seu fone, seja headset, TWS ou outro tipo, não quer comprar um fone USB-C ou não deseja aderir aos modelos com tecnologia bluetooth, a alternativa é utilizar um adaptador. Mas aqui tem alguns pontos de atenção quando for escolher o seu. O primeiro deles é que a qualidade sonora do seu fone pode diminuir dependendo do modelo de adaptador.

Mas por que isso acontece? Como já dissemos, a entrada P2 utiliza o som analógico e o próprio smartphone faz essa conversão do áudio digital. Existem os adaptadores ativos e passivos. O primeiro é mais completo, mais caro e conta com um amplificador e um DAC (conversor digital) em seu corpo que podem melhorar a qualidade sonora do fone, mas o principal é que ele vai fazer essa conversão do formato do áudio. 

Já os adaptadores passivos não possuem o conversor acoplado para fazer essa transformação e já precisam receber o áudio de maneira analógica. Esse tipo de adaptador vai simplesmente acrescentar uma entrada P2 ao seu smartphone por meio da entrada USB-C. Pode ser que não funcione corretamente em todos os celulares. Por isso, pesquise antes o modelo do seu celular para decidir qual a melhor alternativa.

A principal desvantagem do uso de adaptadores USB-C para P2 é que você sempre terá que carregar junto se quiser utilizar seu fone com fio ou pode simplesmente não ter uma boa experiência com seu fone utilizando adaptador.


Confira as melhores promoções em smartphones e acessórios aqui no Promobit. Utilizando os cupons Ponto e cupons Aliexpress suas compras ficam ainda mais baratas.