Promobit
Promobit
Guias de Compra

Mais que um Chromecast com controle remoto: conheça o Fire Stick da Amazon

O dongle da Amazon possui plataforma própria e não precisa do smartphone para funcionar.

Mais que um Chromecast com controle remoto: conheça o Fire Stick da Amazon

28 de jan de 2020

0 comentários

Compartilhe:

Atualmente qualquer TV que possua uma entrada HDMI e uma porta USB pode se tornar uma smart TV graças a aparelhos como o Fire Stick TV. Fabricando pela Amazon, o dispositivo é uma verdadeira central multimídia compacta. Neste artigo, você vai conhecer mais sobre o que é o Fire Stick da Amazon e como ele funciona. 

Leia mais:
  • O que é e como funciona o Chromecast?
  • Conheça a Roku, plataforma de streaming que acaba de chegar ao Brasil
  • 10 Melhores TVs para comprar em 2020

O que é Fire Stick TV

O Fire TV Stick é um dongle, aparelhos que são centrais de mídia para TVs que, conectados a internet, possibilitam a reprodução de streaming e podem rodar aplicativos nativamente nas televisões. Fabricado pela Amazon, o produto pode ser considerado o principal concorrente do Chromecast do Brasil, mas o Stick TV da Amazon possui diferenças consideráveis, a começar pelas especificações técnicas. 

Diferente do dongle do Google, o Fire Stick possui memória e processadores próprios e funciona como um mini computador conectado à TV. Dentro do Firestick encontramos um processador Mediatek de 4 núcleos, 1 GB de RAM e 8 GB de armazenamento, que irá abrigar também o sistema operacional Fire O.S. O aparelho se conecta com a TV via entrada HDMI, possui conexão Bluetooth 4.1 que permite inclusive parear fones de ouvido sem fio e controles para jogos. 

Quer receber avisos sempre que aparecer Amazon Prime em promoção?

A reprodução de imagens no Fire Stick TV é na resolução Full HD e o dispositivo pode ser controlado pelo smartphone, mas possui controle remoto que já está presente na caixa. Dentro do aparelho, o sistema operacional da Amazon, Fire O.S, exibe a plataforma em que o usuário irá navegar pelos conteúdos, baixar os aplicativos, jogos e outros serviços disponíveis. A plataforma é desenvolvida baseado no sistema Android e visualmente lembra bastante o Android TV.

Quer receber avisos sempre que aparecer Fire TV Stick em promoção?

 

Para usar o Fire Stick TV basta ter em casa uma TV com entrada HDMI, conexão com a internet via wi-fi e uma conta Amazon, que é gratuita e pode ser feita diretamente no site da Amazon ou durante a configuração inicial do Fire Stick. Ao comprar o aparelho, tudo o que é preciso para utilizá-lo já está na caixa do produto. Inclusive cabos, conectores e extensores, caso o aparelho não caiba no espaço destinado às entradas HDMI da sua TV. Além do controle remoto, que já vem incluso com as duas pilhas AAA necessárias para o seu funcionamento.

O Fire Stick possui em uma de suas extremidades um conector HDMI e na lateral do dispositivo uma entrada micro USB. Conecte o aparelho à TV via HDMI, depois o cabo micro USB no aparelho e a outra ponta do cabo à energia elétrica, que pode ser a entrada USB da própria TV ou na fonte que vem com o aparelho para ser plugada na tomada. Após esta etapa, ligue a TV e, com o controle remoto do Fire Stick, conecte-se primeiro à rede wi-fi e depois à sua conta Amazon.  

Usabilidade

A navegação entre os conteúdos é feita pelo controle remoto que acompanha o produto e a interface é composta por cards que são acessados usando os direcionais do controle. Por ser um produto Amazon, a distribuição dos cards favorece e muito a visualização dos conteúdos do Amazon Prime Video, serviço de streaming da Amazon que necessita de assinatura. Mas no Fire OS é possível baixar os aplicativos de outros serviços de streaming com Netflix, Apple Tv, Spotify, Deezer, Facebook e Youtube, que voltou a plataforma após um tempo ausente. 

Jogos pagos e gratuitos também estão disponíveis, embora o usuário não deva esperar um show de desempenho. Outros aplicativos úteis, como de algumas câmeras de segurança, também podem ser baixados e instalados para melhor visualização das imagens captadas pela câmera diretamente na tela da TV. 

Vantagens

Muitos são os fatores que fazem do Fire Stick uma opção viável para converter TVs em smart, entre elas o processamento próprio, não apenas um espelhamento na TV do que está em reprodução do smartphone, convertendo o dongle da Amazon em um aparelho mais autônomo. Desta forma, aplicativos que serão usados na TV não precisam ocupar espaço no armazenamento do celular. 

Conteúdo do Prime Video ganha destaque na plataforma do Fire TV Stick

Games podem ser jogados na TV sem o uso do celular e conectando controles sem fio ao dispositivo da Amazon para melhor a jogabilidade. O fato de ter controle remoto próprio também melhora a experiência de uso. Inclusive para pessoas mais velhas que possuem alguma dificuldade em usar o celular como “controle” da TV.  

Desvantagens

Apesar do controle facilitar o uso e a plataforma ser semelhante ao sistema de cards do Android TV, existem categorias e subcategorias de conteúdos e funcionalidades que vão desde entretenimento e notícias a educação e fotografia, mas falta uma forma melhor de navegar pelos conteúdos, já que a digitação não é das mais fáceis.

A versão do Fire Stick TV disponível no Brasil é a mais básica e não compatível com comandos de voz, nem com a assistente virtual da Amazon, a Alexa, que entre outras coisas poderia ajudar a realizar pesquisas dentro da plataforma. Outro ponto relevante é a capacidade de processamento, pois, embora jogar pelo aparelho possa ser considerado um diferencial, é preciso ter em mente que as especificações técnicas não são pensadas para jogos, rodando apenas títulos mais leves. 

Por fim, o Fire O.S é baseado no Android, mas não possui todos os apps disponíveis na Play Store. Para o usuário médio, o leque de opções é bom, com boa parte dos principais aplicativos disponíveis, mas alguns apps relevantes como Telecine Play, HBO GO e Globo Play, até o momento do fechamento deste texto, não estavam disponíveis na plataforma. 

Para quem o Fire Stick TV é indicado?

O Fire Stick é mais uma das boas opções de convergência de TVs tradicionais em smart TV, porém, como boa parte de seus concorrentes de segmento, torna-se mais indicado para TVs antigas e não smarts. Proprietários de smart TV atuais, com sistemas operacionais atualizados e fluidos não encontrarão nenhum ponto de grande evolução no Fire Stick. 

O sistema operacional Fire O.S roda bem em um hardware básico, embora possa apresentar alguma lentidão na troca entre aplicativos. Jogar no dispositivo é um bom passatempo, mas longe de ser indicado para os entusiastas em games. Quem prefere Amazon Prime Video à Netflix, certamente encontrará no Fire S.O uma plataforma mais favorável, embora o Netflix também esteja disponível para o aparelho da Amazon.

De forma geral, o Fire Stick pode ser considerado um produto mais bem acabado e completo que o Google Chromecast, que é apenas um retransmissor de conteúdo e o controle remoto não deixa de ser um benefício. Mas a simplicidade do Chromecast pode ser justamente o que o usuário procura, já que ele é mais simples de instalar, de usar e uma opção mais barata, com preço médio atual de R$ 188,00. A escolha entre o produto mais completo e mais caro ou entre o mais simples e mais acessível depende do objetivo de cada usuário. Em média o Fire Stick custa R$ 250,00 e já esteve disponível no Promobit por R$ 219,00.


As melhores promoções de TV estão no Promobit. São modelos de TV 4k, Smart TV de última geração e os principais lançamentos com os preços mais baixos. Aproveite algum cupom de desconto e pague ainda mais barato. 

Veja também