Take a fresh look at your lifestyle.

Como funcionam os Produtos OEM e quais suas vantagens?

Produtos OEM, vendidos entre fabricantes, podem ser uma opção mais barata para consumidores finais, mas é necessário atenção e cuidado na hora de realizar a compra

0

Comprar itens eletrônicos e softwares por preço menores é o sonho de todo consumidor e às vezes isso é possível por meio de promoções e descontos, mas outra possibilidade para aqueles mais entusiasmados é comprar os chamados produtos OEM.

Produtos dessas categorias podem vir com a grande vantagem de um preço até 50% mais barato do que seus equivalentes no mercado, no entanto eles também vêm com alguns “poréns” que requerem atenção do comprador. Neste artigo, vamos explicar mais sobre eles.

Leia mais:

O que é produto OEM?

O OEM significa “Fabricante Original do Equipamento” (ou do original “Original Equipment Manufacturer”, em inglês), ou seja, é a abreviação usada para identificar uma empresa cujos produtos são usados como componentes nos produtos de outra empresa, que depois vende o item acabado aos usuários. Esses produtos podem ser tanto hardware quanto software e são, em geral, vendidos em grandes quantidades para outras empresas.

Pense, por exemplo, em uma fabricante de notebooks, como Dell ou HP. Essa empresa não vai fabricar todos os componentes desde o início, ela vai contar com outras empresas que vão fornecer esse material em grande escala. Pela compra ser em atacado, os valores por unidades são razoavelmente menores. Depois, a Dell ou HP ou outra fabricante vai usar os componentes para construir os notebooks e só então oferecer o produto final ao público.

O que diferencia o OEM de um produto padrão?

processador

De forma geral, os produtos OEM são iguais em funcionamento aos produtos padrões de loja, mas nem sempre eles vêm de forma “completa”. Para começar, esse tipo de produto não possui garantia pelo CDC, não vem acompanhado com “extras”, como manual de instrução e brindes e nem mesmo as caixas visualmente chamativas com as quais estamos acostumados na hora de comprar produtos voltados para o consumidor final. Na maior parte das vezes, eles são vendidos em caixas genéricas, o que é um risco também para a origem real do produto (vamos falar mais sobre isso a seguir).

Em vários casos, produtos OEM também podem vir sem alguns componentes essenciais para a montagem final. Por exemplo, uma placa de vídeo ou processador OEM pode vir sem os cabos necessários para ligar a peça ao computador.

Softwares também podem ser vendidos em formato OEM, mas geralmente não oferecem possibilidade de assistência técnica e garantia, como acontece na maioria das compras de softwares “padrão”.

Comprar produtos OEM vale a pena?

O preço dos produtos OEM realmente são mais baratos e podem valer muito apena, mas apenas se o consumidor estiver ciente dos riscos e ausências envolvendo esses produtos, como a ausência de garantia legal ou de peças periféricas, como cabos.

Outro ponto em que é importante ficar atento é na originalidade do produto pois, por virem em caixas e embalagens genéricas, o consumidor pode correr o risco de cair em golpes que na verdade vendem produtos de segunda categoria ou até mesmo contrabandeados. Por isso é muito importante pesquisar muito sobre o local em que você está realizando sua compra.


Outra forma de conseguir ótimos produtos originais por bons preços é acompanhar o Promobit! Dê uma olhada nas nossas promoções de informática e utilize algum cupom Americanas ou cupom Submarino para pagar mais barato!  

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!