Take a fresh look at your lifestyle.

Como escolher vinhos bons e baratos no supermercado?

Para escolher vinhos bons e baratos no supermercado, você deve prestar atenção na região onde ele é produzido, qual a uva utilizada e qual o ano de produção dele, entre outros critérios.

8

Depois que passamos a conhecer mais sobre vinhos, aprendemos a apreciar o prazer de perder algum tempo olhando os rótulos das garrafas nas adegas ou supermercados para escolher algum para levar para casa. Melhor ainda, é quando encontramos algum que a gente goste por um preço baixo. Mas, a verdade é que, infelizmente, nem sempre nós fazemos a melhor escolha. Pensando nisso, selecionamos algumas dicas sobre como escolher vinhos bons e baratos no supermercado para ajudar você a ter boas garrafas em casa.

Se você acha que sabe muito pouco sobre vinhos e não se sente preparado para escolher um, temos alguns outros artigos que vão te ajudar a entender mais sobre o assunto. Depois, temos as dicas de hoje.

Leia também: 

Veja a região onde o vinho é feito

Basicamente, você vai descobrir qual vinho é bom e qual não é olhando atentamente o rótulo de cada um. A primeira etapa é observar de qual região este vinho veio, ou seja, onde ele é produzido. Isso vai dizer um pouco sobre o preço da bebida, já que é mais barato importar vinhos da América do Sul do que da Europa, por exemplo. Isso significa que vinhos chilenos e argentinos, geralmente, são mais baratos do que os franceses e espanhóis.

Observe termos específicos e os selos de qualidade

No rótulo, além do país de origem, você também verá, dependendo do vinho, termos como Riserva, Reserva e Gran Reserva. Isso significa que depois de prontas, essas bebidas passaram algum tempo amadurecendo em barris de carvalho ou na própria garrafa, literalmente, reservadas. Normalmente, esses vinhos são mais caros e saborosos do que os não armazenados, já que as reservas em barris de carvalho são importantes para que o vinho adquira um aspecto amadeirado, tanto no sabor quanto no aroma, além de garantir maior durabilidade ao líquido e amenizar a acidez.

Quanto aos selos de qualidade, eles são como uma espécie de certificação dada por instituições governamentais que garantem a autoridade do vinho. Veja uma lista com alguns deles, para você observar nos vinhos de supermercado:

  • AOC – Appellation d’Origine Contrôlée (França);
  • DO – Denominación de Origen (Espanha) e Denominação de Origem (Brasil);
  • DOC – Denominação de Origem Controlada (Portugal) e Denominazione di Origine Controllata (Itália);
  • DOCG – Denominazione di Origine Controllata e Garantita (Itália);
  • QBA – Qualitätswein Bestimmter Anbaugebiete (Alemanha).

Confira a safra do vinho

A afirmação de que quanto mais velho o vinho, melhor ele é, nem sempre é verdadeira. Se ele for muito, muito velho, provavelmente já ficou ruim. Vinhos tintos devem ser consumidos em até cinco anos a partir de sua produção, enquanto vinhos rosés precisam ser tomados dentro de dois ou três anos. Quando estiver no mercado, essa informação vai te ajudar a não escolher um vinho muito velho (e, consequentemente, de menor qualidade) e nem um tão novo assim, que estará fresco demais e não tão curtido (o que interfere na qualidade).

Combine a uva e país de origem dele

Outra etapa para escolher vinhos bons e baratos no supermercado é relacionar a uva utilizada para produzir a bebida com o país em que ela foi cultivada, pois há locais em que a fruta se desenvolve melhor e, consequentemente, origina vinhos mais saborosos. A Malbec, por exemplo, é referência na Argentina, enquanto a Tempranillo se dá muito bem na Espanha.

É importante ressaltar que, por esse motivo, o preço de um vinho de uva Malbec produzido na Argentina pode ser mais caro do que um vinho de uva Malbec produzido em outros países, por exemplo. Aqui, você terá que decidir se deseja melhor qualidade ou preço mais baixo.

Não tenha medo de experimentar

É claro, você não conseguirá saber qual é um vinho bom para você sem experimentar algum. Por isso, no começo, é legal ir alternando as uvas e tipos de vinho que você for comprar, até achar um que você realmente goste e uma marca que te agrade. Também é interessante pedir dicas para amigos e pessoas da família que entendam um pouco sobre o assunto.


Agora que você já sabe como escolher vinhos bons e baratos no supermercado, o que acha de dar uma olhada nos nossos cupons Carrefour e cupons Dia? Aproveite também nossas promoções de vinho para garantir os menores preços!

Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!