Take a fresh look at your lifestyle.

6 celulares mais caros que a nova moto elétrica da Xiaomi

As scooters de baixo custo só estão disponíveis na China, mas em conversão direta são mais baratas que muito smartphone.

A Xiaomi apresentou recentemente no mercado chinês duas motos elétricas com preço acessível. São elas A1 e A1 Pro com preço sugerido de respectivamente US$424 e US$566, proposta de baixo custo mesmo levando em consideração a cotação atual do dólar. Embora os modelos não tenham previsão de chegar ao Brasil, elencamos alguns celulares mais caros que a moto elétrica da Xiaomi para comparação do quanto as motos são acessíveis.

Claro que motos elétricas e smartphones são produtos completamente diferentes e com usabilidades distintas, mas caso esteja na dúvida se compra uma mini moto elétrica ou um smartphone separamos alguns modelos mais caros que as motos da Xiaomi  para você decidir o que vale mais a pena.

Leia mais:

As motos elétricas de baixo custo da Xiaomi

As duas mini motos elétricas estão disponíveis na China através de uma plataforma de financiamento coletivo e algumas especificações ainda não foram divulgadas, porém já sabemos que os dois modelos atingem 25 km/h de velocidade, as baterias podem ser removidas para o carregamento e a autonomia com bateria totalmente carregada é de 60 km para A1 e 70 km para a moto A1 Pro. 

Os dois modelos contam com tela sensível ao toque no painel, computador de bordo, GPS e câmera integrada para registrar o trajeto. O preço sugerido de US$424 para a moto A1 fica em torno de R$2.242 na cotação atual em convergência direta. Já a A1 Pro com preço de lançamento de US$ 566 custaria nas mesmas condições R$2.979. Caso os modelos cheguem no Brasil, o custo deve subir, mas ainda assim deve ficar mais barato que muito smartphone. 

Smartphones mais caros que as motos elétricas da Xiaomi

Todos os aparelhos da lista então em uma faixa de preço acima dos R$2.400 e estão entre a categoria intermediário premium e topo de linha. Embora exitam mais outros modelos que também são mais caros que as motos da Xiaomi, listamos apenas smartphones que chegaram ao Brasil a partir de 2019.

Zenfone 6

As motos elétricas da Xiaomi até podem ter um painel LCD com informações sobre o trajeto e câmera para gravar seus deslocamentos, mas elas não possuem a câmera giratória do Zenfone 6. O grande destaque do aparelho da Asus é a possibilidade de usar as duras lentes, uma de 48 MP e outra ultrawide de 13 MP podem ser usadas como câmeras principais ou para selfies. 

Caso preferia ou precise mais do smartphone do que das motos elétricas, mesmo o modelo mais simples do Zenfone 6, com 64GB de espaço interno é mais caro que a moto A1, custando em média R$2.400. Já a versão mais robusta do smartphone da Asus com 512 GB custa em média R$4.700, valor suficiente para comprar duas motos A1.  

Já aqui no Promobit, o Zenfone 6 de 512GB já esteve disponível por R$4.000.

Quer receber avisos sempre que aparecer Zenfone 6 em promoção?

Mi Note 10

É fato que o Mi Note 10 da mesma Xiaomi que fabrica as scooters A1 e A1 Pro não é capaz de encurtar distâncias, mas certamente as motos elétricas não possuem uma câmera com 108 mp. Além da poderosa câmera wide o aparelho possui outras 4 câmeras, sendo duas lentes zoom, uma ultrawide e uma câmera macro. 

O Mi Note 10 que figura atualmente entre as melhores câmeras de celular disponíveis no Brasil ainda possui tela amoled com resolução Full HD. Embora seja um bom preço para um smartphone com tais características, o MI Note 10 em sua versão inicial de 128 GB de armazenamento possui preço médio atual de R$2.700. Valor superior a A1 e um pouco mais barato que a A1 Pro. E aí, prefere o smartphone ou a moto elétrica da Xiaomi? 

Caso opte pelo Mi Note 10, ele já esteve disponível no Promobit por R$1.786 na modalidade de compra internacional. 

Quer receber avisos sempre que aparecer Mi Note 10 em promoção?

Galaxy S10+

Uma moto elétrica pode ser muito boa para a mobilidade diária, já um aparelho como o Galaxy S10+ é excelente para várias situações. Embora já tenha seu sucessor Galaxy S20 disponível no mercado, o Galaxy S10+ ainda é um ótimo aparelho para diferentes perfis de usuário que querem antes de tudo um smartphone confiável em termos de desempenho e com câmeras versáteis e fáceis de usar. 

Leia mais: Xiaomi Mi 9 vs Galaxy S10+: qual a melhor opção de compra?

A tela das A1 e A1 pro podem até ser sensíveis ao toque, mas provavelmente não são melhores que o display Amoled Dinâmico do Galaxy S10+. Sem contar a câmera frontal dupla para registrar selfies até sobre uma moto elétrica. Mas, por segurança faça isso com a moto parada. O Preço médio do Galaxy S10+ de 128 GB é de R$2.800.

Aqui no Promobit o S10+ já apareceu por R$2.480.

Quer receber avisos sempre que aparecer Galaxy S10+ em promoção?

Galaxy Note 10+

O Preço médio do Galaxy Note 10+ em sua versão com 256GB de armazenamento é de R$3.500 ou o equivalente a duas motos elétricas A1 e quase duas A1 Pro. Certamente o Galaxy Note 10+ não irá levá-lo a lugar algum, mas possui funcionalidades que podem ajudar e muito na rotina de profissionais que procuram produtividade. Além de um poderoso processador e ótimas câmeras.

Leia mais: Ótimas fotos com apenas um toque: tudo sobre a câmera do Galaxy Note 10 Plus

Um exemplo é a função Dex que permite usar o aparelho na tela do computador e assim que finalizar a tarefa apenas desconectar o smartphone e seguir a rotina é uma dela. A caneta S-pen ajuda nas anotações rápidas e se não é capaz de desviar do trânsito nas ruas, faz com que você corte caminho pela navegação dentro do Galaxy Note 10+ 

No Promobit o Galaxy Note 10+ já pintou por R$3.162.

Quer receber avisos sempre que aparecer Galaxy Note 10+ em promoção?

iPhone 11Pro Max. 

A velocidade máxima das motos elétricas em questão é de 25 Km, ideal para deslocamentos urbanos curtos, e a potência do motor é de aproximadamente 750w. Porém, é pouco provável que A1 e A1 Pro sejam tão rápidas quanto o novo iPhone 11 Pro Max que roda liso qualquer aplicativo com seu processador Bionic A13 em parceria com o sistema operacional IOS.  

Leia mais:Análise das câmeras do iPhone 11: o smartphone feito para vídeos

Além de filmar na resolução 4K nas quatro câmeras do aparelho, com o iPhone 11 Pro Max é possível alternar entre as 4 câmeras do aparelho sem interromper a gravação em 4K. Um ótimo aparelho para vídeos, mas também bastante caro. O Preço médio atual o iPhone 11 Pro de 256 Max é de R$6.700, equivalente a duas A1 Pro em conversão direta e ainda sobra um troco para uns acessórios. 

Aqui no Promobit o iPhone 11 Pro Max já apareceu por 6.440

Quer receber avisos sempre que aparecer iPhone 11 Pro Max em promoção?

Galaxy S20 Ultra

O novo Galaxy S20 Ultra pode até não levá-lo do ponto A ao ponto B como uma moto elétrica, mas dependendo da distância ele pode fazer com que você enxergue o ponto B sem sair do lugar. Isso porque o aparelho da Samsung conta com uma lente zoom com aproximação de até 100x. Caso tal capacidade de zoom não seja suficiente, ele ainda conta com uma câmera wide de 108 mp e é capaz de fazer vídeos em 8K. 

O Preço por tudo isso atualmente não é dos mais convidativos. E média R$7.600, ou se preferir, três motos elétricas A1. Mas se serve de consolo, aqui no blog temos um texto com uma estimativa do melhor momento para comprar o Galaxy S20 Ultra. 

Leia mais:Qual o melhor momento para comprar o Galaxy S20?

Quer receber avisos sempre que aparecer Galaxy S20 Ultra em promoção?

Dos celulares de entrada aos modelos mais modernos, as melhores promoções de smartphone estão no Promobit. Aproveite o cupom Submarino e economize ainda mais na compra do seu novo celular. 

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!