Take a fresh look at your lifestyle.

Você sabe a diferença entre memória RAM E ROM?

RAM e ROM são termos fáceis de confundir. Mas, afinal, quais são as características e usos de cada uma dessas memórias? Saiba mais.

1

Você já deve ter ouvido falar tanto de memória RAM quanto de memória ROM. Entretanto, nem todo mundo tem uma ideia clara de qual é a diferença entre elas e de como elas operam em seu computador ou dispositivo móvel.

Basicamente, a diferença é uma só: um chip de memória ROM não possui memória volátil e não precisa de uma fonte constante de energia para guardar as informações gravadas nela. Isso quer dizer que, mesmo quando o aparelho é desligado, este chip é capaz de armazenar os dados.

Por outro lado, um chip de memória RAM é de capacidade volátil e precisa estar sempre ligado, ou seja, alimentado por uma fonte de energia para reter as informações enviadas para ele. Assim que o aparelho é desligado, a memória RAM perde todos os dados ali contidos, ou seja, ela é “zerada”.

Um chip de memória RAM é mais poderoso que um de ROM, sendo usado principalmente nas operações de um computador ou smartphone enquanto ele está ligado. É a memória RAM quem garante o funcionamento de aplicações (programas, aplicativos, jogos e outros), depois que um aparelho é ligado e seu sistema operacional iniciado. Um chip de memória RAM pode suportar múltiplos gigabytes de capacidade, passando de 16 GB por chip. A transferência de dados para a memória RAM também é mais rápida, pois isso ela é tão necessária para rodar aplicações mais pesadas como jogos ou softwares gráficos, por exemplo.

memoria ram pc

Um chip de memória ROM, por sua vez, não armazena muito mais do que alguns megabytes — cerca de 4 MB ou pouco mais do que isso por chip. Além disso, o processo de gravação de dados neste tipo de memória é mais lento. Porém, a presença de um chip de memória ROM em um aparelho é essencial, pois ele é o que geralmente segura as aplicações base de um dispositivo. Como a memória ROM não é volátil, ela é usada em PCs para guardar a BIOS do aparelho, código de programação que é responsável pela inicialização do computador, ou o sistema operacional no caso de um smartphone, por exemplo.

Para quem conhece os consoles retrô, outro uso conhecido dos chips ROM está em videogames como o Nintendinho original (NES), Mega Drive, Gameboy e outro. Os cartuchos destes videogames usavam chips ROM para guardar a programação dos games, que era lida pelo console assim que o cartucho era inserido.

Apesar da confusão, provavelmente o tipo de memória que é mais importante para o consumidor é a RAM, já que ela ajuda a definir a velocidade de processamento em um PC ou em um smartphone. Ao carregar esta página para ler este texto, você estará usando a memória RAM de seu computador ou smartphone. Mas se você decidir salvar esse texto, então está utilizando a memória ROM do seu aparelho. Portanto, vale a pena ficar atento à capacidade de memória RAM antes de escolher um novo PC ou smartphone.

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!