Campanha Aliexpress Divertimento ao ar livre
Promobit
Guia de compras

Redmi 12 é bom? Conheça o aparelho básico da Xiaomi

Modelo custo-benefício possui boa construção e design diferenciado, mas não surpreende em outras características

Avatar do membro Jonathan Robert

Jonathan Robert

19 de jul de 2023

0 comentários

Compartilhe:

A Xiaomi lançou recentemente uma de suas apostas para 2023 focada em quem procura um smartphone com bom custo-benefício. O Redmi 12 traz algumas especificações interessantes para um celular de entrada, com design bonito e construção de qualidade. E para aqueles que estão de olho no aparelho e desejam saber se o Redmi 12 é bom, confira nossa análise da ficha técnica e as principais características do modelo barato da fabricante chinesa.

Depois de conferir a análise, não se esqueça de adicionar o produto à sua lista de desejos aqui do Promobit para receber alertas de preço baixo e garantir a economia na compra do seu novo smartphone.

Compre agora o Redmi 12 na Amazon

Design e construção

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Um dos acertos da Redmi neste aparelho é seu design e construção. O Redmi 12 está disponível nas cores preto e azul-bebê e pode ser considerado um celular grande e com espessura fina, com 8,17 mm. O modelo é bonito e possui a traseira feita de vidro, característica difícil de encontrar em smartphones de entrada e que confere um visual mais premium. Contudo, ele não possui nenhum tipo de proteção contra quedas, portanto, é necessário um cuidado a mais para evitar que seu telefone quebre com facilidade.

A parte traseira possui apenas as câmeras arredondadas localizadas no canto esquerdo, que inclusive lembra um pouco o design dos iPhones, e o logo da Redmi na parte de baixo da carcaça. Já a parte frontal é ocupada somente pela tela e um pequeno furo para abrigar a câmera frontal, outro detalhe que geralmente não aparece em smartphones mais baratos. As bordas da tela são finas, com exceção da borda inferior que é ligeiramente mais destacada.

O formato do Redmi 12 é mais quadrado com as extremidades levemente arredondadas e acabamento em plástico. No lado direito temos os botões de volume e botão power com leitor de digitais integrado. O lado esquerdo é dedicado apenas para a gaveta para 2 SIM card. Na parte superior do aparelho encontramos a entrada para fone de ouvido e infravermelho para utilizar como controle de ar-condicionado e outros aparelhos, por exemplo. Na parte inferior está a entrada USB-C e o alto-falante.

Um ponto de destaque em que o Redmi 12 é bom são os acessórios na caixa do aparelho. Mesmo que não acompanhe o fone de ouvido, o smartphone já vem com película aplicada e uma capinha de proteção simples.

Tela e áudio

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

Quem gosta de telefones com tela grande, pode considerar que o Redmi 12 é bom com seu painel de 6,79 polegadas. O display possui tecnologia IPS LCD, resolução Full HD+, taxa de atualização de 90 Hz e pico de brilho de 550 nits.

No geral é uma tela boa e deve agradar a maioria dos usuários. A tecnologia IPS não é um ponto negativo, já que a grande maioria de smartphones de entrada utilizam esse tipo de display. A taxa de atualização confere uma navegação mais fluida, a resolução é boa para consumo de seus conteúdos preferidos e o brilho também está dentro do esperado, mas pode ser um pouco difícil de enxergar em ambientes ensolarados.

Em relação ao áudio, o Redmi 12 não é surpreendente, mas faz um bom trabalho para um smartphone de entrada focado em custo-benefício. O único ponto negativo aqui é a ausência de som estéreo, o que pode limitar a experiência durante alguns jogos, como os de ação, por exemplo.

Desempenho

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

O desempenho do Redmi 12 é bom, mas não surpreende. O processador é o Helio G88 da MediaTek, RAM de 4GB ou 8GB e armazenamento interno de 128 GB ou 256 GB com possibilidade de expansão com microSD. Caso a sua escolha seja o de 4GB, pode ser que a sua experiência fique um pouco limitada com muitos aplicativos abertos e, principalmente, na execução de jogos muito pesados. O modelo pode apresentar alguns engasgos e travamentos durante o uso. Caso opte pelos 8GB de RAM, a usabilidade será melhor, porém para a melhor performance, ele fica mais caro e talvez seja mais viável optar por outros smartphones.

Para as tarefas mais usuais do cotidiano como navegação na internet, uso de redes sociais, aplicativos de mensagens e alguns jogos mais simples, o Redmi 12 consegue entregar uma experiência mediana dentro do esperado para um aparelho básico.

O Redmi 12 vem com o Android 13 de fábrica e a interface MIU 14 da Xiaomi. O smartphone conta com NFC para pagamentos por aproximação, proteção IP53 contra poeira e respingos de água, mas não vem com suporte às redes 5G.

Câmeras

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

O conjunto fotográfico triplo é composto pela câmera principal de 50 MP, lente ultrawide para ângulos mais abertos de 8 MP e sensor macro de apenas 2 MP. A frontal é de 8 MP.

Aqui temos alguns pontos negativos em relação às câmeras. Para começo de conversa, o sensor macro de 2 MP possui uma resolução muito baixa e dificilmente será utilizado pelos usuários. Já a câmera principal, mesmo com seus 50 MP, não possui um processamento final das fotos muito refinado. As fotos não são das melhores, mesmo em ambientes bem iluminados. O mesmo acontece com a lente ultrawide de 8 MP e a frontal.

O usuário vai conseguir registrar os momentos, mas a qualidade não é muito boa. Portanto, já fica o aviso caso você seja daqueles que gosta de explorar as câmeras e suas funcionalidades. Para os vídeos, o Redmi 12 grava com resolução máxima Full HD a 30 fps na traseira e frontal.

Bateria

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

O Redmi 12 é bom quando se trata da bateria. O modelo conta com 5.000 mAh, número dentro do padrão para smartphones Android mais recentes, e suporte para carregador de 18W. O modelo pode aguentar mais de um dia longe da tomada com uso moderado. 

Segundo a fabricante, o Redmi 12 consegue 16 horas de reprodução de vídeo, 26 horas de leitura e até 37 horas de chamadas. Mas é sempre bom lembrar que esses números são só baseados em alguns testes e a experiência real vai de acordo com o perfil de uso de cada usuário.

Preço e outras opções

O Redmi 12 pode ser encontrado na faixa dos R$1.100 no mercado nacional e por volta de R$900 via compra internacional, mas ainda está difícil de encontrá-lo por conta do seu lançamento recente, problema que não deve se estender por muito tempo. 

Algumas outras opções dentro da mesma faixa de preço são o Redmi Note 12 que ganha em processador, tela e vem com suporte ao 5G. O Moto G52 também pode ser uma boa opção com câmeras e processador equivalentes, mas tela com mais qualidade.

Compre agora o Smartphone Moto G52 na Amazon

Afinal, Redmi 12 é bom?

Imagem exemplificando o trecho de texto anterior

No geral, o Redmi 12 é bom para uso básico no cotidiano, com configurações equilibradas, mas que merece alguns pontos de atenção. O modelo de 4GB de RAM é bem limitado e pode frustrar alguns usuários, principalmente o público gamer. Não espere muita coisa das câmeras também, pois elas são bem básicas. 

O preço também está elevado devido ao lançamento recente, então adiar a compra pode ser uma boa opção para ser considerada uma compra vantajosa se você quer um celular simples para o dia a dia. E caso você se interesse pelo modelo, não se esqueça de adicionar à lista de desejos do Promobit para receber avisos de ofertas nacionais e internacionais para comprar com segurança.

Ficha técnica – Redmi 12

TelaIPS, 6,79”, Full HD+, 90 Hz
ProcessadorHelio G88
RAM4 GB/8 GB
Armazenamento128 GB/256 GB
Câmeras traseirasWide: 50 MPUltrawide: 08 MPMacro: 02 MP
Câmera frontal08 MP
Bateria5.000 mAh – carregador 18W
Dimensões e peso168.6 x 76.28 x 8.17 mm | 198.5 g

Não deixe de conferir as melhores promoções em smartphones aqui no Promobit e utilize os cupons de desconto para economizar ainda mais.