Take a fresh look at your lifestyle.

Por que as placas de vídeo estão caras?

As placas de vídeo tiveram um aumento expressivo nos preços recentemente. Você sabe por quê?

8

Quem acompanha o mercado de peças para PC ou estava planejando montar seu próprio desktop certamente notou o aumento significativo no preço das placas de vídeo nos últimos meses.

Ao contrário do que muitos pensam, não se trata de uma conspiração das lojas para obrigar consumidores a pagar mais caro, muito menos culpa dos impostos no Brasil. O preço aumentou no mundo todo!

É claro que há um culpado por trás desse aumento nos preços, e ele se chama mineração. Essa prática tornou-se comum de 2016 para 2017, graças à valorização astronômica das moedas virtuais. Para entender o que isso tem a ver com os preços das placas, primeiro você deve saber como é feita a mineração de criptomoedas, como Bitcoin, Ethereum, Litecoin, entre outras.

O que é mineração de criptomoedas?

O processo pode ser um pouco diferente dependendo da moeda — são muitas no mercado — portanto falaremos de um modo geral e simplificado, sem abordar uma moeda específica. Minerar é um processo em que se extrai a criptomoeda de uma rede Blockchain. Essa rede é o “livro” público de uma moeda e é nela onde ficam registradas as transações e as quantias que cada carteira possui daquela moeda.

Para autenticar essas transações, questões matemáticas complexas devem ser resolvidas através de um software específico que comprime dados em uma série de letras e números de comprimento fixo. Mineradores devem gerar um número binário único que gere um valor a esses dados (parece algo complexo, mas tudo isso é feito pelo computador).

fazenda mineração
Fazenda de mineração de criptomoedas

Para chegar a esse número é necessário processamento para rodar o algoritmo e resolver as questões. O minerador que chega ao valor correto é o responsável por minerar o seu bloco e é recompensado por isso com uma certa quantidade de criptomoedas.

No caso do Bitcoin, a mais famosa das moedas virtuais, há uma quantidade limitada a ser gerada, portanto cada vez mais poder de processamento é necessário para mineração, o que tem feito mais pessoas comprarem mais placas de vídeo para minerar mais de uma criptomoeda. Isso nos leva ao próximo tópico.

Por que as placas de vídeo estão caras?

Essa é uma questão simples de ser respondida, apesar de muita gente não acreditar. Trata-se de oferta e demanda.

Com a valorização recorde das criptomoedas em 2017, mais pessoas começaram a se interessar por mineração, o que as levou a comprar grandes quantidades de placas de vídeo. Conforme se faz necessário maior poder de processamento, uma quantidade maior de placas de vídeo é necessária para minerar as criptomoedas, o que fez a demanda pelos produtos continuar subindo.

Estamos falando de uma peça de hardware que passa por um processo de fabricação e controle de qualidade, portanto só uma certa quantidade de placas de vídeo pode ser produzida por suas fabricantes. Os produtos são então divididos em lote e distribuídos para todas as lojas do mundo que a revendem ao consumidor final: antes gamers, hoje mineradores.

mineração
Foto: Daniel Oberhaus/Motherboard

O comportamento comum é uma pessoa comprar uma, duas ou, no máximo, quatro placas de vídeo. Agora imagine se, de repente, as lojas passam a receber múltiplas encomendas de 40 unidades do produto. As fabricantes não estão preparadas para aumentar a produção a tal ponto e as lojas não possuem estoque para suprir essa demanda, o que nos leva a uma solução: aumentar os preços.

Com o aumento dos preços, em tese, menos pessoas comprariam placas de vídeo e a situação poderia ser normalizada. Porém, apenas o gamer comum, como nós, que espera uma promoção em lojas de informática para comprar uma placa decente e jogar no tempo livre, é que saiu prejudicado.

Mineradores continuam comprando dezenas de placas de uma vez, não se importando com a grande diferença nos preços, uma vez que o retorno é grande para quem tem recursos para entrar de cabeça nesse negócio.

Mas os preços das placas aumentaram tanto assim?

Sim! Fizemos um comparativo entre os preços antigos e os atuais de placas de vídeo populares para que você possa ter uma noção do quanto os preços subiram.

A GeForce GTX 1060 6GB, uma das placas mais recomendadas para jogos por seu poder de fogo e vida útil, podia ser encontrada há um ano atrás na casa dos R$ 900. Hoje você encontrará modelos Mini por R$ 1.400 sem esforço, e modelos AMP por até R$ 1.900.

Já a GeForce GTX 1070 8GB podia ser comprada há um ano atrás por até R$ 1.400. Hoje, há modelos da série que chegam a custar R$ 2.700. A situação piora se considerarmos que nesse meio tempo foi lançada a GTX 1070 Ti, o que, em teoria, deveria fazer o preço do modelo base cair. Não foi o que aconteceu.

ofertas vga
Em quase um ano a GTX 1060 6GB da Galax teve aumento de 155% no preço EM PROMOÇÃO.

Não foram só as placas da Nvidia que tiveram alta nos preços, mas placas da AMD como Radeon RX 570, 580, Vega 56 e Vega 64 também sofreram com isso. Aliás, é muito difícil encontrar essas placas no estoque de lojas brasileiras como KaBuM!, Pichau e Terabyteshop. Se você encontrar, tenha certeza de que esteja sentado, pois os preços farão você cair da cadeira.

Não só as placas de vídeo ficaram mais caras, mas outros componentes, que servem para aumentar a performance da máquina, também acompanharam a crescente. O preço das memórias RAM também decolou e o preço que pagávamos há um ano por 16 GB hoje usamos para pagar 8 GB. Os processadores certamente teriam acompanhado o aumento no mesmo ritmo, não fossem os escândalos recentes envolvendo as falhas Meltdown e Spectre, que afetaram e muito a Intel.

Quando o preço das placas voltará a baixar?

Não é possível dizer com certeza. Todas as criptomoedas tiveram queda expressiva do final de 2017 para o começo de 2018, mas isso certamente não esfriou o ânimo daqueles que investiram em mineração, portanto a situação segue como estava.

Estamos num patamar onde não é possível dizer como será no futuro ao menos que a situação mude muito repentinamente. Caso a “bolha das criptomoedas” estoure, algo que vem sendo especulado há anos, os preços voltarão ao normal. Caso a situação fique como está, teremos que considerar os preços atuais como padrão.

bitcoin cotação

A Nvidia chegou a dizer a distribuidores para dar preferência a gamers em vez de mineradores. Mas convenhamos, lojas querem vender, e se consumidores estão comprando em grandes quantidades mesmo com preços mais altos, elas continuarão preferindo o cenário atual.

Apesar da recomendação, a Nvidia tirou o dela da reta e disse que não produz placas de vídeo. De fato, a empresa apenas provê a tecnologia para parceiras que fabricam. Para aumentar a oferta de placas de vídeo, empresas como EVGA, MSi, Gigabyte, Zotac, Galax, PNY e Asus teriam que expandir suas linhas de produção, algo que não é simples de se fazer num curto período de tempo.

Ainda vale a pena comprar uma placa de vídeo?

Sim, vale! É bacana ver que apesar do aumento nos preços, a comunidade ainda não abandonou os games em PCs. A plataforma sempre foi mais cara do que as demais, sendo que seu custo-benefício se provava apenas no longo prazo, com o preço relativamente mais baixo dos jogos e a falta de necessidade de assinaturas mensais.

Ainda é possível encontrar placas de vídeo por um preço aceitável em promoções. A GTX 1050 Ti, uma das placas mais indicadas para gamers casuais que querem jogar games competitivos como Overwatch, Counter Strike, Dota 2, League of Legends e Rocket League pode ser encontrada em promoções na casa dos R$ 700. Embora menos potente do que a GTX 1060 3GB, que aparece por cerca de R$ 300 de diferença, a placa 1050 Ti tende a ter vida útil mais longa, ou seja, aguentar mais tempo rodando jogos que dominam o cenário atual.

Quer receber avisos sempre que aparecer Placa de vídeo?

Outra opção é comprar um desktop pronto. Geralmente esses “kits” possuem bom custo-benefício e são vendidos a preços justos. A Pichau, por exemplo, conta com Computadores Gamer em oferta que são boas opções para quem ainda deseja jogar em desktop.

notebook samsung odyssey

Quer receber avisos sempre que aparecer Notebook Samsung Odyssey?

Outra saída é comprar um Notebook Gamer. Embora menos potentes do que um PC, eles podem rodar qualquer jogo atual com qualidade aceitável e ainda oferecem mobilidade para quem precisa utiliza-los para outras tarefas. Modelos como o Acer VX5, o Samsung Odyssey, o Dell Inspiron 15 Gaming e o Lenovo Legion Y são boas opções.

Outra alternativa para quem deseja apenas uma máquina para jogar seus jogos no tempo livre é comprar um console. O Xbox One X e o PlayStation 4 Pro são hoje opções muito mais vantajosas que suportam 4K sem requerer qualquer esforço do usuário, que só precisa conectar o console à TV e inserir o disco/baixar o jogo.


O cenário atual de placas de vídeo e componentes para PC não mostra sinais de mudança, então não devemos esperar uma melhora nos preços, pelo contrário. Se o valor das criptomoedas está baixo e os componentes continuam caros, há a possibilidade dos preços subirem ainda mais com uma nova valorização das moedas virtuais.

Se ainda estiver cogitando montar uma máquina, pesquise bastante os preços antes de comprar e compare as diferenças entre modelos e marcas. Também pese o seu tipo de uso e veja se um notebook ou console não é mais adequado para você.

Se está em dúvida sobre um componente ou outro, o Promobit é o lugar certo para você! Somos uma comunidade com mais de 400.000 membros, pessoas que entendem de tudo. Caso veja uma promoção por aqui, pergunte! Sempre haverá alguém para lhe ajudar.

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!