Campanha Antecipa Black Friday Ponto
Promobit
Promobit
Artigos

Os consoles retrô estão de volta: conheça alguns deles

Você gosta de games antigos? Moda já em alta no exterior, os consoles retrô estão chegando ao Brasil. Conheça quatro opções de consoles retrô que podem agradar.

Os consoles retrô estão de volta: conheça alguns deles

9 de mai de 2017

0 comentários

Compartilhe:

Jogar games antigos, de sistemas anteriores às gerações mais modernas como o Playstation 4 e Xbox One de hoje, sempre foi uma prática recorrente entre os gamers mais dedicados. No PC, diversos softwares de emulação faziam o serviço, rodando títulos de Atari, Nintendo 8-bits, Super Nintendo, Mega Drive e outros. Entretanto, nos últimos tempos, a moda de reviver consoles antigos voltou, especialmente depois que a Nintendo lançou o NES Classic. Conheça abaixo algumas opções bacanas de consoles retrô oficiais.

1 – Atari Flashback 7

Você lembra da Tec Toy, fabricante de brinquedos e videogames que ficou famosa no Brasil nos anos 90? Ela retornou recentemente com dois consoles retrô para conquistar os gamers de raiz. Um deles é o Atari Flashback 7, cujo design remete diretamente ao clássico Atari 2800 dos anos 80 e conta com 101 jogos na memória, entre eles clássicos como Centipede, Frogger e Space Invaders. Apesar de não apresentar nenhum recurso de modernização, como uma saída HDMI para curtir os games em uma TV com tela HD — não que fosse fazer muita diferença –, ele cumpre o papel nostálgico com louvor. O preço, porém, não é dos mais amigáveis, já que o Flashback 7 sai por R$ 500.

2 – NES Classic

Lançado pela Nintendo no final do ano passado, o NES Classic virou um sucesso com mais de 2 milhões de consoles vendidos. Ele imita o visual do clássico Nintendinho 8-bits em uma versão de dimensões reduzidas com dois controles clássicos do consoles. Ele não é capaz de rodar cartuchos do console clássico, mas vem com 30 games na memória, incluindo clássicos como Super Mario Bros. 3, The Legend of Zelda, Punch Out e outros.

Além disso, ele reproduz os games via saída digital, podendo ser ligado na entrada HDMI da TV ao contrário de outros consoles retrô. As TVs ainda trazem as entradas analógicas, mas vamos concordar que HDMI é muito mais prático, né?

Lançado somente no mercado internacional, e um tanto difícil de encontrar nas lojas brasileiras de importados já que a tiragem da Nintendo foi limitada, o NES Classic pode sair bem caro (e poderá ficar cada vez mais salgado, já que a Nintendo anunciou o fim da fabricação dele): o preço original nos EUA é US$ 60, mas no Brasil tem vendedor pedindo até R$ 1.000 por ele. Corre lá!

NES Classic Edition

3 – Mega Drive

Um dos consoles mais queridos dos anos 90 está de volta ao mercado brasileiro, em outra iniciativa da Tec Toy. Relançado no Brasil em razão dos 30 anos da parceria entra a marca brasileira e a Sega, o famoso videogame foi apresentado com seu design clássico, contando com o joystick original de três botões, 22 jogos na memória e entrada para cartão SD, dando a possibilidade de adicionar novos títulos e atualizações de sistema.

Para completar, ele também é capaz de rodar cartuchos originais do console. Por outro lado, ele não tem nenhuma modernização na sua parte de vídeo, já que conta somente com a tradicional saída A/V do console original. Mesmo assim, é uma boa pedida para quem quer reviver clássicos como Streets of Rage, Phantasy Star e a série Sonic The Hedgehog. Até Turma da Mônica na Terra dos Monstros será relançado em cartucho, mas ainda sem data e preço. O porém é novamente o preço: ele sai por R$ 450, sendo que um Mega Drive usado em bom estado pode ser comprado por cerca de R$ 150.

Mega Drive

Bônus: Supaboy

Diferentemente dos outros consoles mostrados nesta lista, este videogame não vem com nenhum jogo na memória. Lançado pela norte-americana Hyperkin, o Supaboy é uma recriação do Super Nintendo que usa os cartuchos do console original e os roda em sua forma original. Entretanto, seu diferencial está no visual: ele é um portátil cujo design imita o controle clássico do SNES. Para jogar, basta colocar um cartucho na parte de cima do aparelho e ligar. Caso você não queira lidar com pilhas, ele conta com uma entrada para cabo de energia. Aliás, ele também pode ser ligado na TV e possui dois slots para controles de Super NES caso você não o considere muito ergonômico ou queira jogar com um amigo. O porém? Ele não foi lançado oficialmente no Brasil, mas pode ser encontrado via importadores por cerca de R$ 600 — e não esqueça que você terá que comprar cartuchos de SNES pra jogar.

Nesse modelo existe também o Retron 5, um console de mesa com capacidade para fitas de Famicon, Nintendinho, Super Nintendo, Game Boy, Game Boy Color, Game Boy Advanced e Mega Drive. Na Amazon lá de fora um novo está saindo por US$ 130, cerca de R$ 450.

Supaboy

Veja também