Take a fresh look at your lifestyle.

O Galaxy S9 é resistente?

O Galaxy S9, novo topo de linha da Samsung, passou por testes de arranhões, dobra, fogo, queda e água. Será que ele é resistente?

O Galaxy S9 será um dos smartphones mais comentados do ano e, com suas partes frontal e traseira dominadas por vidro, uma das primeiras dúvidas a surgir é: o aparelho é resistente?

É para responder a essa dúvida que temos provas de resistência que submetem o celular a testes de riscos, torção, fogo, e, é claro, quedas.

O canal JerryRigEverything submeteu o Galaxy S9 a riscos na tela, nas bordas revestidas de alumínio, vidro traseiro, câmera e leitor de digitais. O aparelho mostrou ser bem resistente a riscos, sendo que boa parte do dano é praticamente invisível dependendo da área da tela. O leitor de digitais surpreendeu e funcionou perfeitamente mesmo estando repleto de arranhões.

A tela do Galaxy S9 também passou no teste de fogo. Os pixels da tela Super AMOLED começaram a ficar brancos na área exposta ao fogo, mas se recuperaram após a chama se extinguir (algo que normalmente não acontece em telas OLED). A proteção oleofóbica, porém, foi danificada.

O S9 também passou no teste de dobra, suportando toda a força do youtuber na prova que pressionou tanto o vidro traseiro quanto o frontal. O novo flagship tem vidro 20% mais espesso do que o Galaxy S8, portanto o bom resultado era esperado tanto nos testes que simulam situações danosas menos convencionais, quanto nos mais comuns — como o de queda.

Teste de queda

Um dos canais que realizou testes de queda com o Galaxy S9+ (que tem a mesma espessura e o mesmo Gorilla Glass 5 do modelo menor) foi o EverythingApplePro. Ele comparou a resistência do smartphone com a do iPhone X, último topo de linha da concorrente Apple.

O primeiro teste derrubou os dois celulares de uma altura aproximada de 91 centímetros. Trata-se da altura média das quedas mais comuns, quando estamos tirando o celular da bolsa, mochila ou do bolso da calça, por exemplo. Ambos sobreviveram ao teste com pequenos arranhões apenas nas bordas de alumínio.

No segundo teste, o youtuber derrubou os aparelhos de uma altura similar a que geralmente derrubamos quando estamos com o smartphone no ouvido. Trata-se de uma altura acima da média comum das quedas.

O Galaxy S9 não deu muita sorte e o vidro traseiro trincou na primeira queda, de lado (apesar disso, ele não apresentou estilhaços que poderiam cortar a mão); a traseira também de vidro do iPhone X sobreviveu ao primeiro teste com queda de lado, mas na segunda ela apresentou diversos estilhaços que poderiam cortar a mão do usuário.

As telas de ambos os smartphones também não resistiram a essa altura e trincaram completamente. A do iPhone X permaneceu funcionando, o que não aconteceu com a do aparelho da Samsung.

Teste na água

O Galaxy S9 conta com a mesma proteção IP68 presente no Galaxy S8, o que, em teoria, lhe garante proteção se for submerso em até 1,5 metro de água por até 30 minutos. Nos testes, ele foi além.

Os primeiros testes colocaram o aparelho da Samsung lado a lado do iPhone X, que tem proteção IP67. O aparelho da Apple suportou apenas 27 minutos submerso em 1,5 metro de água, enquanto o Galaxy S9 passou sem problemas.

Quer receber avisos sempre que aparecer Galaxy S9?

Em testes em um lago, o S9 foi muito além do que normalmente um smartphone aguenta e só sofreu danos com a entrada de água quando submerso em 6 metros de água. Caso você derrube seu smartphone em um lago com essa profundidade, considere-o um caso perdido.

Para que servem esses testes?

Os testes de durabilidade servem para mostrar o quão resistente um smartphone é, submetendo-o a provas que vão além do considerado comum: quedas de uma altura média de 1,50m, quando estamos usando o smartphone com ambas as mãos, e quedas acidentais em piscinas.

O Galaxy S9 conta com tela de 5.8 polegadas reforçada com Gorilla Glass 5 e é 20% mais espessa do que o modelo da geração anterior. Ele tem os mesmos 5.8mm de espessura do S9 Plus e seus resultados nos testes podem ser considerados muito bons, pela durabilidade demonstrada em situações fora do comum.

De qualquer forma, lembramos que o Galaxy S9 não é um celular barato. Ele deve ser lançado no Brasil em abril, com preço superior a R$ 4.000, portanto, invista em uma película feita especificamente para o aparelho e em uma boa capa de borracha.

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:
Alertas Webpush

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!