Take a fresh look at your lifestyle.

Notebook com placa de vídeo dedicada ou integrada?

Notebooks com gráficos integrados ou placa de vídeo dedicada? Saiba qual é indicado para você.

0

As maiores fabricantes de notebooks do mundo conseguem atender a diferentes públicos com modelos distintos que contam com especificações e recursos indicados para diferentes tarefas. Você é gamer? Existe um notebook para você. É estudante? Existe um notebook para você. Usuário casual? Também existe um modelo para você.

Dentre tantas opções existentes, uma questão que pode deixar o usuário em cima do muro é a comprar um notebook com vídeo integrado ou investir um pouco mais em um modelo com placa de vídeo dedicada.

Se você tem essa dúvida e não sabe qual escolher, hoje lhe ajudaremos a tomar a melhor decisão e levar para casa o notebook mais indicado, sem que você gaste mais do que o necessário ou invista em um modelo que entrega menos do que você precisa.

Primeiro, explicaremos de forma simples como funciona cada notebook, assim como as vantagens e desvantagens de cada um.

Notebook com placa de vídeo integrada

Um notebook com vídeo integrado é, basicamente, um modelo que não possui placa de vídeo ou memória dedicada para processamento gráfico.

Tudo o que o usuário vê na tela é processado pela unidade gráfica do próprio processador, que possui funções que o possibilitam reproduzir vídeos e até rodar jogos sem a necessidade de uma placa de vídeo, utilizando parte da memória RAM disponível no notebook.

A capacidade do processador executar determinadas tarefas depende não só da memória RAM disponível, mas também da quantidade de cores (quad core ou six core) e também da família a qual ele pertence.

Processadores Intel da família U (Ultra-low power), por exemplo, são focados na eficiência energética e são os que encontramos com maior facilidade em notebooks com vídeo integrado. Já processadores da família H (High performance graphics) são encontrados em modelos com placa dedicada e oferecem desempenho superior, sem se preocupar com o consumo energético.

Vantagens

As três principais vantagens dos notebooks com vídeo integrado são portabilidade, bateria e preço. Estes modelos podem ser muito mais finos e leves por não possuírem uma placa de vídeo entre seus componentes; a autonomia da bateria tende a ser maior, já que o consumo energético é menor do que modelos com vídeo dedicado; e o preço também tende a ser mais baixo, uma vez que a placa gráfica dedicada inevitavelmente eleva o preço de qualquer notebook.

Desvantagens

A principal desvantagem dos notebooks com vídeo integrado está no poder de processamento gráfico. Embora os processadores atuais sejam capazes de rodar jogos em Full HD e vídeos em 4K, estes componentes não são capazes de rodar jogos atuais com boa qualidade e não executarão tarefas como renderização de forma viável.

Notebook com placa de vídeo dedicada

Um notebook com vídeo dedicado é, basicamente, um modelo que possui uma placa que realiza o processamento gráfico utilizando memória dedicada para tais tarefas, deixando a memória RAM do sistema livre para outras funções.

Estes notebooks podem ser de entrada, indicados para usuários que desejam rodar jogos simples, ou mais avançados, ideais para aqueles que terão como foco principal: edição de vídeos, jogos mais exigentes ou renderização.

Notebooks com placa de vídeo dedicada podem contar com processadores Intel da família U ou H e placas de vídeo com 2, 4, 6 e até 8GB de VRAM, dependendo da faixa econômica a qual pertencem e de suas especificações.

Vantagens

A principal vantagem dos notebooks com placa gráfica dedicada é a capacidade de executar tarefas realmente exigentes (dependendo do produto). Alguns modelos são capazes de rodar jogos atuais com gráficos no máximo, outros, renderizar vídeos no Premiere Pro ou projetos 3D sem quaisquer problemas.

Desvantagens

Dentre as desvantagens dos notebooks com placa de vídeo dedicada está no preço, que tende a ser mais alto do que o de modelos com vídeo integrado; a autonomia da bateria, que é bem menor do que modelos mais simples; e a temperatura, que pode ser bem mais alta dependendo da tarefa executada.

Escolhendo o melhor notebook

Com as informações que disponibilizamos acima você terá uma noção básica sobre o funcionamento dos notebooks com vídeo dedicado e integrado, além do poder de processamento dos modelos e das tarefas que eles podem realizar.

Caso você ainda tenha dúvidas sobre um modelo ou outro, saiba que o critério de escolha deve ser apoiado inteiramente no uso que você dará ao notebook.

Se você ou outra pessoa utilizará o laptop para estudar, navegar pela internet, conferir as redes sociais, trabalhar com pacote Office e editores de texto, assistir vídeos no YouTube, filmes ou séries na Netflix, um notebook com vídeo integrado suprirá suas necessidades por completo.

Os modelos mais recentes de notebook com placa de vídeo integrada, com processador Intel, contam com Intel HD Graphics 620, uma GPU extremamente capaz de executar todas as tarefas supracitadas em resolução Full HD. Com ela, é até possível rodar muitos jogos básicos, títulos indies, e até games não tão recentes com os gráficos configurados em qualidade baixa.

LG Gram
Notebook LG Gram – com vídeo integrado

Se você utilizará o laptop para editar vídeos ou fotos, fazer trabalhos de modelagem 3D e rodar jogos atuais mais exigentes, um notebook com placa de vídeo dedicada é o mais indicado para as suas necessidades.

Note que, um desktop seria um custo-benefício melhor e te daria a possibilidade de fazer upgrades na máquina que agreguem valor ao seu tipo de uso — como um monitor melhor para edição de fotos ou uma GPU mais potente para rodar jogos em qualidade superior. No entanto, um desktop não oferece a portabilidade que um notebook possui, esse é o principal ponto para adquirir um laptop no lugar de um PC completo.

Tratando-se de notebooks com vídeo dedicado, é necessário levar em consideração os componentes e faixa econômica do notebook para não ficar na mão.

Notebook Dell Inspiron 7000
Notebook Dell 7000 – com vídeo dedicado

Um notebook com placa de vídeo GeForce MX150 será um modelo básico, enquanto um modelo com GeForce 1050 ou 1050 Ti será um modelo de entrada. Ambos darão conta de todas as tarefas que citamos acima, mas que não conseguirão manter boa performance rodando todos os jogos com gráficos na qualidade máxima. Já um notebook com placa de vídeo GTX 1060 ou GTX 1080 conseguirá manter qualquer game com gráficos no máximo ou ultra a, pelo menos, 60fps, além de proporcionar melhor desempenho nas demais tarefas e vida útil mais longa do que um notebook de entrada.

Notebooks com processador de seis cores apresentarão desempenho superior em tarefas que se aproveitam de mais cores, como renderização de vídeos, porém isso varia dependendo da família do componente. Um processador quad-core da família H ainda será melhor opção do que um six-core da família U.

Esses são detalhes que você terá de considerar quando definir o orçamento que possui para gastar com o notebook, ou quando estiver pensando nos modelos que irão suprir suas necessidades.

Leia também: Como escolher um notebook?

Procurando promoção de notebooks? No Promobit você encontra ofertas de diferentes modelos e marcas, pode tirar dúvidas com a comunidade e ainda pegar cupons de desconto válidos das maiores lojas da internet!

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!