Take a fresh look at your lifestyle.

Dicas para montar o seu primeiro sistema para ouvir vinil

Ter um bom sistema de som para curtir um disco de vinil não é algo barato. Aqui vão algumas dicas para começar sem precisar gastar horrores.

O mercado de discos de vinil está cada vez mais aquecido. Em 2017, a estimativa da indústria fonográfica é de faturar cerca de US$ 40 milhões com a venda de LPs. No Brasil inclusive, uma nova fábrica de discos de vinil está em construção em São Paulo, já que a demanda da carioca Polysom, única manufatura deste produto em atividade no país, já não está mais dando conta.

Apesar da popularidade, entrar nesta mania não é exatamente algo barato. As vitrolas mais baratas do mercado não custam menos que R$ 300 (e fornecem uma experiência bem desagradável de som, pra ser honesto), e até mesmo sistemas de som usados em bom estado são vendidos a preço de ouro, devido à sua qualidade superior.

Mas se você está disposto a fazer o investimento, aqui vão algumas dicas de como montar um sistema de som – toca-discos e caixas de som – inicial para ouvir seus discos de vinil. Pode não ser o setup ideal para ouvir a qualidade dos LPs em toda a sua glória audiófila, mas já vão cumprir o seu papel de entregar um som decente para os fãs mais casuais. Daí, se você quiser fazer um upgrade, fica pra outro momento.

Toca-discos

Ion Selectlp

Ion Selectlp

Entre os toca-discos disponíveis no mercado brasileiro, o Ion Selectlp é uma das melhores escolhas entre os mais baratos, custando cerca de R$ 450. Ele entrega um design e acabamento de boa qualidade, apesar de suas características técnicas ficarem um pouco a desejar. Ele possui uma pesada cápsula de cerâmica (não substituível), que aplica pressão sobre o disco e pode causar distorções de som e não conta com contrapeso para fazer o balanço. Entretanto, ele possui uma boa saída de áudio e amplificador interno, que entrega som satisfatório quando ligado a um bom aparelho de som ou par de caixas de som. Além disso, ele possui uma tampa protetora, o que é sempre importante, e uma entrada USB para quem quiser digitalizar o som de seus LPs. Se o orçamento estiver baixo, pode ir nessa aqui.

Aria Raveo

Aria Raveo

Aqui já subimos de preço, indo pra casa dos R$ 1 mil. Entretanto, o Aria Raveo entrega uma experiência superior de design e som. Ele é um 3-em-1 com rádio, CD player e toca-discos, contando com duas mini-caixas de som com uma potência de 30W RMS. Quanto ao toca-discos, ele é um belt-drive (tração por correia) que tem como diferencial o seu braço: ele também vem com uma cápsula de cerâmica, mas ela pode ser substituída por uma de melhor qualidade, o que já é ajuda. Além disso, ele possui um contrapeso para regulagem da pressão sobre o LP, o que ajuda a resolver problemas de pulos em discos mais castigados.

Audio Technica AT-LP60

Audio Technica AT-LP60

Dos toca-discos baratos, o LP60 é o campeão dos campeões. Custando cerca de US$ 100 no exterior, mas exorbitantes R$ 1,2 mil nos importadores brasileiros, este belt-drive da Audio-Technica entrega uma qualidade de som muito boa por um preço acessível. Ele vem com uma cápsula magnética em seu braço, o que deixa a pressão leve sobre os discos e garante uma reprodução satisfatória dos discos – a falta de um contrapeso nem é sentida neste caso. É só ligar uma boa caixa de som nele (já que ele vem com um amplificador interno) e sair ouvindo.

Caixas de som

Multilaser SP147

Multilaser SP147

Ok, admito que essa não é uma caixa de som das melhores, mas pra quem tá com pouca grana e quer começar a ouvir seus LPs com uma qualidade decente, este kitzinho da Multilaser tá bem em conta, custando cerca de R$ 120. Ele tem um acabamento bonito que imita madeira e possui 30W de potência RMS, com um subwoofer que garante os graves. Ou seja, MUITO MELHOR que qualquer caixa de som que vem naquelas maletinhas com alto-falantes embutidos (por favor, corra destes produtos).

Edifier R1280T

Edifier R1280T

Aqui já entramos em outra categoria, com um preço um pouco mais salgado – cerca de R$ 700 reais. Entretanto, estas caixas bookshelf da Edifier entregam um som de qualidade: elas entregam 42W RMS de potência, mas devido à sua composição superior em MDF, elas passam a impressão de ser ainda mais potentes. Elas também vem com uma entrada RCA adicional, o que é bem legal. O bom desta caixa, aliás, é que ela pode ser mantida como seus alto-falantes oficiais por um bom tempo, enquanto você pode fazer o upgrade de seu toca-discos.

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:
Alertas Webpush

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!