Take a fresh look at your lifestyle.

Vale a pena comprar uma smartband?

Popular entre praticantes de atividade física, as smartbands são muito mais do que pulseiras para marcar a distância percorrida.

0

Praticamente um dos acessórios indispensáveis para os esportistas, mesmo aqueles apenas de final de semana mas que buscam alta performance, a smartband possibilita ao atleta monitorar batimentos cardíacos, calcular calorias perdidas, tempo e distância percorrida (no caso de quem corre) e até mesmo qualidade do sono.

Além de monitoramento, é possível conferir notificações de email e redes sociais, alertas de ligação e até mesmo trocar a música que está ouvindo enquanto realiza o exercício. Apesar de todos esses benefícios, quando pensamos nos custos e que nem todos os modelos possuem a capacidade executar tudo que foi citado, fica a dúvida: existe uma real necessidade de adquirirmos esse tipo de produto? Vale a pena comprar uma smartband?

Leia também:

Topo dos wearables fitness

A smartband não é único dispositivo que pode ser usado para monitoramento durante atividade física, mas sem dúvidas é o que apresenta melhor custo-benefício, principalmente para quem não é profissional – esse grupo pode se valer mais de smartwatches próprios para atletas, que apresentam melhor performance, porém com ônus financeiro muito maior.

Além das funções e aplicações, a construção do dispositivo foi pensada para quem pratica atividade física, com preferência para materiais leves e resistentes. Aliado a um design anatômico, esse cuidado resulta em um produto que não pesa e nem incomoda durante o exercício, o que reforça o seu lugar no topo dos wearables.

Assim como praticamente todas as categorias de eletrônicos, existem smartbands com diferentes qualidades, recursos e preços. Quando você for fazer a escolha, é preciso levar em consideração as suas necessidades, afinal, por mais que possa parecer incrível ter um gadget que monitora tudo com uma precisão britânica, dificilmente precisará de algo tão acurado. Na maioria das vezes, modelos mais básicos, mas que apresentam boa qualidade de construção, são suficientes para o trabalho.

Quer receber avisos sempre que aparecer Smartband em promoção?

Por uma vida fitness e só

A frase “sua maior virtude também é sua maior fraqueza” se aplica bem a smartband, já que, mesmo com outras funções – como receber notificações e alarme no pulso (que é um diferencial bem interessante) -, o dispositivo só é realmente útil para monitorar a evolução da performance durante atividade física e ajudar a melhorá-la.

Hoje em dia até existem algumas smartbands que simulam funções de smartwatch e até possuem um design parecido com um relógio. No entanto, o uso pouco difere da pulseira inteligente padrão, sem grandes utilidades para quem não pretende praticar atividades físicas. Claro, existem algumas exceções. Iremos falar delas abaixo.

Notificações e alarme inteligente

Apesar do sistema de notificações e até mesmo o alarme depender do pareamento com o smartphone, não precisar olhar o celular toda hora é um benefício considerável, principalmente para quem “sofre” com a “síndrome de olhar o celular o tempo todo” e ficar muito tempo no aparelho antes de dormir ou após acordar.

Com a smartband, você poderá literalmente ficar longe do smartphone. Como as notificações chegam pelo wearable, não há necessidade de manter o celular ao alcance das mãos, o que significará mais tempo produtivo no trabalho, por exemplo.

Em relação à qualidade do sono, os benefícios podem ser ainda maiores, já que é possível deixar o aparelho em uma mesa longe da cama, afinal, se receber uma mensagem importante, poderá vê-la na pulseira inteligente. Na hora de levantar, só de ter que sair da cama e caminhar vai desestimular aqueles 5 minutos para olhar o Twitter que se tornam 30 minutos muito rápido.

Boa autonomia

Comparado com outros wearable, a bateria da smartband possui uma vantagem considerável, já que, de acordo com os fabricantes, consegue funcionar muito bem por semanas sem a necessidade de recarregar. Comparando com o smartwatch que precisa ser recarregado diariamente, essa autonomia é enorme. Para conhecer outros pontos que divergem entre os dois dispositivos, confira o nosso artigo: Qual a diferença entre smartwatch e smartband?

Mas afinal, vale ou não vale a compra de uma smartband?

Se você pratica atividade física ou está em processo para ter uma vida mais saudável, vale a pena ter uma smartband sim. O investimento, que não é tão alto, será recompensado facilmente com o desempenho do aparelho, mesmo que não faça exercícios com tanta intensidade ou mesmo frequência.

Com um investimento inferior a R$ 100 é possível comprar uma smartband. No Promobit mesmo vira e mexe aparece uma Mi Band 3 por pouco mais de R$ 80 reais.


Agora que já sabe sabe se vale a pena compra uma smartband, adicione o termo à sua lista de desejos que sempre aparece uma boa promoção das lojas Americanas, Shoptime, Magazine Luiza e a internacional Gearbest.

Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!