Take a fresh look at your lifestyle.

Conheça cinco tipos de uva para vinho branco

Ainda pouco exploradas, os tipos de uva para vinho branco possuem baixa quantidade de taninos e proporcionam sabor mais adocicado e leve ao vinho.

3

Já fizemos um artigo sobre as diferenças entre sete tipos de uva para vinho tinto, então nada mais justo do que dar o mesmo espaço aos vinhos de uvas brancas, ainda não tanto explorados como deveriam, mas muito bons. Desta vez, apontamos a diferença básica entre o vinho tinto e o branco e selecionamos cinco tipos de uva usados para produzir essa bebida, para que você consiga conhecê-la mais profundamente e apreciá-la.

Leia mais: Conheça quais tipos de vinho existem e as diferenças entre eles

Vinho branco também se faz com uva roxa

O composto responsável pela coloração do vinho é o polifenol, presente nas cascas das uvas em maior número, nas sementes e, em pouquíssima quantidade, nas polpas das uvas. Por sua vez, um dos compostos do polifenol é o tanino. O tanino é o responsável pelo amargor do vinho e a quantidade da substância em cada uva depende do tipo dela.

Para produzir um vinho branco, pode-se usar uvas verdes (que naturalmente possuem baixa quantidade de taninos por conta da coloração clara) ou uvas roxas, mas sem a casca (que também, obviamente, vai conter poucos taninos). Logo, é pela baixa quantidade de taninos que os vinhos brancos geralmente são mais adocicados e leves que os tintos (eles produzem baixa sensação de amargor na boca).

Chardonnay

Assim como a Cabernet Sauvignon é a queridinha da produção de vinhos tintos, a Chardonnay é a uva mais nobre para a elaboração dos vinhos brancos. Originária da França, ela também é a responsável pelo champagne, chamado de espumante fora da região de Champagne, por questões legais.

Esta uva é um cruzamento das espécies Gouais e Pinot Blanc e sua principal característica é se adaptar muito bem ao solo, clima e ambiente em que está plantada. Isso significa que o vinho produzido no Brasil a partir da Chardonnay vai ter características diferentes do vinho produzido na França, apesar de levarem a mesma uva. Climas mais frios dão característica ligeiramente mais ácida ao vinho, enquanto climas quentes produzem aroma e sabor mais frutados.

Vinho Chardonnay harmoniza com: massas ao molho branco ou molho de queijo, pratos servidos com aves e bacalhau.

Quer receber avisos sempre que aparecer vinho Chardonnay em promoção?

Sauvignon Blanc

Também com origem na França, no Vale do Loire e em Bordéus, a Sauvignon Blanc se adapta melhor a climas frios (assim o frescor e leveza da uva e do vinho se mantém preservados) e é colhida cedo, logo no início do verão. Hoje, também é bastante cultivada na Nova Zelândia, no Chile, nos Estados Unidos e no Brasil. É uma das uvas responsáveis por originar a conhecidíssima Cabernet Sauvignon, mas ela sozinha dá conta do recado. Se fizermos uma comparação em relação às outras uvas, os vinhos produzidos com a Sauvignon Blanc são mais ácidos. Eles têm aroma frutado e precisam ser apreciados jovens.

Vinho Sauvignon Blanc harmoniza com: peixes, comida japonesa, queijos ácidos, carpaccio, frutos do mar e risotos.

Pinot Blanc

A Pinot Blanc é uma variação genética das uvas Pinot Noir (que é utilizada para a produção de vinhos tintos) e da Pinot Grigio. Sua origem é a Alemanha, mas ela também é cultivada na Alsácia, na Áustria, na Argentina e nos Estados Unidos, entre outros países. Por incrível que pareça, o vinho produzido com esta uva se dá bem com o amadurecimento em carvalho (normalmente reservado aos vinhos tintos). Seu aroma e sabor lembram mais toques florais, de especiarias e amêndoas.

Vinho Pinot Blanc harmoniza com: saladas, frango e camarão.

Quer receber avisos sempre que aparecer vinho Pinot Blanc em promoção?

Prosseco

Assim como no caso da champagne, o nome Prosseco também foi patenteado. Apenas a região de Vêneto, na Itália (onde a uva surgiu), tem direito de usá-lo. Outros lugares utilizam a uva Glera que, antes do patenteamento, também era chamada de Prosseco. Os produtores italianos também registraram métodos de produção e extração que só podem ser realizados por eles. O vinho produzido a partir da uva Prosseco e da uva Glera é do tipo espumante e possui aroma e sabor frutado e floral. Diferentemente da Sauvignon Blanc, a Prosseco é colhida já bastante madura.

Vinho Prosseco harmoniza com: pratos com frango, camarão, carne de porco e com tofu.

Quer receber avisos sempre que aparecer vinho Prosseco em promoção?

Torrontés

A uva Torrontés surgiu na Espanha e é amplamente cultivada na região norte, principalmente na Galicia. Atualmente, também é muito explorada na Argentina. O nome, na verdade, representa um grupo, composto pelas uvas Torrontés Riojano (a mais popular entre os hermanos), Torrontés Sanjuniano e Torrontés Mendocino. Se compararmos as três uvas, a segunda é mais aromática, enquanto as outras são mais delicadas. Apesar disso, todas têm aspecto floral e frutado, com notas de jasmim, rosas e flor de laranjeira.

Vinho Torrontés harmoniza com: petiscos, peixes, mariscos e receitas picantes. Também é ótimo para ser consumido como aperitivo.


Agora que você já conheceu cinco tipos de uva para vinho branco, o que acha de aproveitar nossas promoções de vinho? Dê uma olhada nos nossos cupons de desconto Wine para garantir os menores preços!

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!