Promobit
Promobit
Notícias

Caixa Tem pode virar banco digital avaliado em 100 Bi

Com a popularização do aplicativo após a pandemia do Covid-19, o Caixa Tem pode virar banco digital para atender clientes de baixa renda.

Caixa Tem pode virar banco digital avaliado em 100 Bi

8 de dez de 2020

0 comentários

Compartilhe:

A Caixa Econômica Federal revelou, segundo a Folha de S. Paulo, que tem planos para o aplicativo Caixa Tem. Com a popularização do aplicativo por conta do auxílio emergencial, disponibilizado após o início da pandemia do Covid-19, a ideia é tornar o app em um banco digital que atenda clientes de baixa renda. 

Com estrutura e equipes próprias, o projeto passa pela abertura de capital que, segundo projeções da Caixa, faria o banco ser avaliado em R$ 100 bilhões.

Leia Mais:

Os serviços do aplicativo ainda dependem da tecnologia, estrutura e cerca de 100 funcionários da estatal, porém, é esperado que a separação seja feita até o final desse ano.

105 milhões de contas ativas no Caixa Tem

caixa tem

Quando foi lançado em outubro de 2019, o objetivo do app era chegar aos 35 milhões de usuários. No entanto, as projeções não contavam com a pandemia causada pelo Covid-19 e o Caixa Tem fechou o terceiro trimestre de 2020 com 105 milhões de contas abertas.

Além disso, a plataforma cresceu de 18,9 milhões de contas no seu primeiro trimestre em circulação, mas com o auxílio emergencial disponibilizado em abril desse ano, o Caixa Tem fechou o segundo trimestre de 2020 com 91,6 milhões de contas. O aplicativo chegou a bater a marca dos R$ 50 bilhões em movimentação no terceiro trimestre, com R$ 20 bilhões acima do segundo treimestre.

O que falta para o Caixa Tem ser um Banco Digital?

A concretização do banco digital com serviços do Caixa Tem ainda depende da aprovação do Conselho de Administração da Caixa, que pode reivindicar a autorização do Banco Central, mas a expectativa é que a liberação seja anunciada somente no primeiro trimestre de 2021.

Sem um nome definido, o banco digital do Caixa Tem possibilitará a movimentação de até R$ 5 mil por mês, além de reunir pagamentos de programas sociais do governo federal, como os beneficiários do Bolsa Família, que serão os primeiros a participar do processo de migração previsto para acontecer em março de 2021.


Não perca as melhores ofertas de final de ano, aqui no Promobit você encontra cupons de desconto para economizar ainda mais nas suas compras!