avatar de paulol_pmoro
10

Afinal, qual a importância das atualizações?

29 de Outubro de 2020 ás 01:00
Bate-papo
1
15

Primeiramente, bom dia.

Então, eu sempre vejo as pessoas usando a quantidade de atualizações que um dispositivo vai receber como critério de escolha, e sinceramente, eu nunca entendi direito o por que.

Depois de bastante pesquisa, cheguei a conclusão que o smartphone ideal pra mim é um lg g8x (se baixar o preço, por que eu não sou louco kk).
Já é conhecimento comum que a LG é atrasada com atualizações de software, e somando esse fato com os comentários das pessoas sobre como é bom receber atualizações, eu acabei ficando com um pé atras quanto a minha escolha.


EM RESUMO: Respondam a pergunta do título por favor! XD

Atualizações trazem complementos, melhorias, patches de segurança e corrige bugs. Para um usuário avançado, isso não tem muita importância, pois é possível atualizar por fora, digamos assim. No mais, com o tempo apps podem perder o suporte a versão do sistema e/ou ter um brecha na segurança que não será corrigida.

responder
Reportar
@paulol_pmoro

mf
Pois é, imaginei que seria algo do tipo.
Já instalei "roms alternativas" em alguns aparelhos de conhecidos meus, porém a comunidade do g8x é meio pequena, ainda mais quando você compara com a de um s10 lite da vida. Isso sim pode ser um problema no futuro, já que a tendencia é que o desenvolvimento dos usuários só diminua...

responder
Reportar
@markonne_cirilo

Me permita discordar de alguém.
Mas na prática, no dia a dia para usuário comum, atualizar ou não não fará diferença nenhuma.
As correções de segurança são baseadas em situações específicas em que foi identificada uma possível brecha (ps.: tem um monte de brecha que sequer é identificada e implementada, reportada, descoberta).
Conheço várias pessoas que utilizam Androids 7, 8 sem qualquer pack de segurança, de marcas variadas.
Nunca roubaram dado algum, nunca aconteceu fraude alguma com cartão ou roubo de senhas, nada.
Uma vez vi o motivo de terem mandado uma atualização para um determinado smartphone e foi ridículo.
"Foi identificada uma brecha de segurança que quando o Bluetooth estiver ativado, um hacker que tiver o programa X,Y,Z, e estiver logado na mesma rede Wi-Fi, consegue através de 1.001 comandos fazer o smartphone do usuário perder a conectividade e possivelmente invadir pela por X, e ter acesso ao certificado Y...."
Aff... a chance de você sentar ao lado de um hacker e tiver com o Bluetooth ativado e ele ter os programas e conhecimentos certos para ter o trabalho de invadir alguma coisa, pra não conseguir exatamente nada no seu smartphone é mínima.

Desencana.
Se gostou do smartphone, vá em frente. Compre. Se mandarem atualização, ok. Se não, ok.
Algumas atualizações eu acho interessantes, como as que corrigem bugs. Tipo Tela verde dos Samsung, fechamento inesperado de aplicativos, áudio saturando e falante estourando ou muito baixo, desfoque de câmera, melhor autonomia da bateria, etc. Isso é interessante.

Mas a maioria são coisas que o usuário comum não vai nem saber pra que é ou terá alguma mudança radical extremamente perceptível.

responder
Reportar
@paulo_machado_675748

markonne_cirilo uma coisa aprendi com meu professor, hacker nao perde tempo para roubar centavos de simples pessoas num onibus ou metrô.
mas ele pode por um backdoor para auxiliar a invasão de algo maior.

e com toda tecnologia wireless hoje, para mim que uso bastante, esta atualização é importante

responder
Reportar
João Vitor Especialista em Tecnologia Especialista em Tecnologia
@jvsilvictor

paulo_machado_675748 markonne_cirilo

Trabalho com redes de médio/grande porte e é bem comum identificar dispositivos usados como botnet, seja minerando criptomoedas par sabe-se lá quem ou usados para fazer ataques DDoS.

Imagine, apenas 1 milhão de dispositivos infectados no mundo, executando uma tarefa em oculta em segundo plano com baixo uso de processamento pra não atrapalhar a experiência do usuário... minerando 0,000001 bitcoin por dia... Nessa brincadeira são R$800.000,00 por dia só com esse 1 milhão de aparelhos.
Ou, imagine que cada um desses gere um tráfego de 100Kbps, apontando para um único alvo. Resultaria num ataque DDoS na casa dos 100Gbps!


Obs.: Uma das poucas coisas que funciona MUITO bem no Brasil é a CERT.br
Alguns dados bacanas:
https://cert.br/stats/ (Estatísticas)
https://cert.br/stats/honeypots/ (Honeypots)

responder
Reportar
@paulo_machado_675748

jvsilvictor ja tinha ouvido sobre isso, tanto que teve um ataque DDoS gigante na Amazon começo deste ano.
nao tinha conhecimento deste site. valeu pela dica

responder
Reportar
João Vitor Especialista em Tecnologia Especialista em Tecnologia
@jvsilvictor

paulo_machado_675748

O CERT.br é o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil.
Ela periodicamente analisa o tráfego de rede, faz scanners e possui vários Honeypots pelo país. Esses Honeypots são servidores propositalmente vulneráveis, que são atacados e/ou alvos de outras atividades maliciosas para servir como estudo e análise.
Com base nos dados coletados são levantadas várias estatísticas e também notificações para os responsáveis pela origem do ataque. Por exemplo, se sua máquina fizer um ataque a um desses Honeypots, será identificado a origem do ataque, sendo então obtido o responsável legal por aquele endereço IP e seu provedor seria notificado para tomar a ação cabível.
É comum receber algumas algumas notificações por aqui...
Uma entidade internacional também, quando alvo de algo, geralmente encaminha um email para o responsável técnico da rede e para o CERT.br, juntamente com os pacotes coletados durante o ataque.

O canal da CERT.br e NIC.br. no Youtube, são riquíssimos em conteúdo e contam com materiais bem didáticos, caso queira dar uma conferida. Eles fazem eventos periodicamente também, acerca de diversos assuntos, sendo que este ano foi bem voltado para ataque DDoS. Por aqui (RJ, MG e ES) esse ano foi bem crítico! Provedores da região ficaram offline por semana por conta de ataques... e mitigação de DDoS é complicado!

responder
Reportar
Raphael Especialista em Tecnologia Especialista em Tecnologia
@raphael

Respondendo do lado de produto, a cada versão do Android vão se adicionando novas tecnologias, apis, etc. Algumas para melhorar a experência de usuário, outras para a segurança do APP, tudo isso vai gerando complexidade de manter suporte para as versões antigas enquanto se pensa também nas novas e com o tempo vai ficando cada vez pior, adicionando camadas e camadas de compatibilidade.

Quantidade de atualizações pode impactar na vida útil do dispositivo se você pretende usar o smartphone por alguns bons anos. Conforme o tempo passa versões mais antigas do Android vão sendo excluídas por não ser mais relevante o esforço pra dar suporte ao APP para tantas versões e tão diferentes entre sí / baixo percentual de usuários.

Um grande ponto aí talvez seja optar por não comprar um device cuja versão já é desatualizada por padrão. Isso é, não comprar um device com Android 7 enquanto já estamos na versão 10.

responder
Reportar
@paulol_pmoro

raphael
Misericórdia, eu top pensando em comprar um lg g8x, que por padrão tem android 9, e pelo que vi o 10 saiu a pouco tempo em alguns lugares do mundo kkk

responder
Reportar
Raphael Especialista em Tecnologia Especialista em Tecnologia
@raphael

pakuro haha mas aí android 9 não entra tanto no "ser desatualizada por padrão". É uma versão bem recente.

responder
Reportar
@paulol_pmoro

raphael
Realmente, mas mão de vaca como eu sou, vou querer manter o celular por no minimo uns 4 anos, sendo o ideal uns 6 kkkk


(Estou com um galaxy a3 a 5 anos e meio, e ele nunca foi muito potente kk)

responder
Reportar
João Vitor Especialista em Tecnologia Especialista em Tecnologia
@jvsilvictor

pakuro raphael

Na verdade já estamos no Android 11.
Foi lançado em Setembro desse ano e alguns dispositivos já estão recebendo, começando pelos da Google, claro.

responder
Reportar
@paulol_pmoro

jvsilvictor Sims im, faltaram algumas palavras na minha frase kkkk
"... pelo que vi o android 10 saiu a pouco tempo para o g8x em alguns lugares do mundo"

responder
Reportar
João Vitor Especialista em Tecnologia Especialista em Tecnologia
@jvsilvictor

pakuro

Aaah! Assim mudou a coisa KKK

responder
Reportar
@paulo_machado_675748

Segurança,Correções e Performance, só isso
dentro do mesmo aparelho e mesmo SO

responder
Reportar
Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Adicionar Resposta

Avalie o Promobit

Qual a probabilidade de você recomendar o Promobit para um amigo ou parente?