Problema com vale compras - Magazine Luiza

11 de Setembro de 2019 ás 14:06
Dúvidas
0
5

Ola! No fim do mes de agosto eu comprei um fogão cooktop no app magazine Luiza com o prazo de entrega para até esta segunda feira. Entre o dia da compra e a data final prevista para a entrega eu recebi um vale compras no app no mesmo valor do produto que eu comprei, recebi também uma mensagem no whatsapp informando que um vale compras de tal valor esta disponivel pra mim e que eu poderia usa-lo quando quisesse em produtos entregues pela magazine luiza.
Náo me informaram nada a respeito do meu produto, nem ao menos o mencionaram nessa mensagem sobre o vale compras. Eu nao costumo comprar muito pela internet, achei que estava recebendo alguma especie de bonus, talvez por ser a minha primeira compra na loja virtual ou coisa parecida. Usei esse vale compras.
Pois bem, no ultimo dia do prazo de entrega eu resolvi ligar para o atendimento da loja virtual para saber se estava tudo ok, afinal os demais produtos que eu comprei chegaram no dia seguinte. O atendente me informou que estava tudo bem e que a transportadora teria ate o fim do dia para entregar, caso nao acontecesse ele ja estava abrindo um protocolo de atraso para a entrega fosse feita o quanto antes.
Mas o produto nunca chegou. Nem recebi nenhuma infrmacao de que esse produto nao existia em estoque.
Quando liguei de novo me disseram que esse vale compras deveria ser usado para a compra de outro fogao que tivesse em estoque, pois o meu nao tinha mais.
Eu tive que comprar outro fogao pois me mudei recentemente e estou sem ha mais 3 semnas, e tambem náo tenho mais dinheiro para ficar comprando comida fora.

Existe algo que eu possa fazer em relacao a essa falta de informacao? Eles erraram ao nao me infrmar qu o meu produto nunca chegaria mas estavam me dando um vale compras para realizar uma nova compra?

level
22
Mickael Fernandes
@mickael_fernandes

Se você tem todos os protocolos de atendimento e essa fala da atendente talvez seja possível fazer algo sim, mas fatalmente será preciso recorrer a justiça, pois você já gastou o vale em produtos (se faz menos de 7 dias, devolva-os).

Vender sem estoque é crime. Além disso, deveriam avisá-lo como queria proceder (o dever seria enviar produto semelhante ou superior, a sua escolha, ou devolver o dinheiro — depósito em conta ou estorno no cartão).

responder
Reportar
level
22
Mickael Fernandes
@mickael_fernandes

Eduardo_Marim consegue ajudar?

responder
Reportar
level
8
Edu
@Eduardo_Marim

mickael_fernandes isa_furtado É exatamente o que o Mickael disse. Primeiro eu recomendaria você entrar em contato com a central de atendimento e recorrer a instrumentos como o Reclame Aqui para agilizar seu problema. É importante você deixar claro a eles, que o direito de escolher alternativamente entre reembolso, produto diferente ou até mesmo o cumprimento da oferta, é de livre escolha sua, e não da empresa, portanto, deveria ser dado a você o direito de decidir, e não simplesmente enviar um vale compras no valor do bem adquirido sem estoque.

Após tentar resolver pelas vias administrativas da própria empresa, e sem conseguir uma solução, você poderá recorrer a ao judiciário, onde atrelado a suas provas, terá facilmente uma vitória, e muito possivelmente acrescida de danos morais pelo tempo que passou sem um produto essencial a subsistência humana. Porém isso, custará tempo e talvez dinheiro.

Desta forma, fica configurado uma dupla ilegalidade, primeiro pela venda sem estoque, e depois, pelo desrespeito ao código de defesa do consumidor, e o direito de você poder escolher alternativamente sobre como vai querer seguir com a situação.

responder
Reportar
level
1
Isa Furtado
@isa_furtado

Mesmo que eu devolva os produtos comprados com o vale compras e seja reembolsado o dinheiro, ainda posso fazer mais alguma coisa, como recorrer à justiça? Afinal o erro foi unicamente da loja pela falta de informação, não quero ficar mais lesada do que já estou agora.
mickael_fernandes Eduardo_Marim

responder
Reportar
level
8
Edu
@Eduardo_Marim

isa_furtado Você pode requerer o dano moral, pela via judicial.

Se possível, reúna provas de que devido ao transtorno causado pela empresa, foi necessário pedir comida fora na maioria dos dias (comprovante de pagamentos, cupom fiscal), afetando assim o seu orçamento familiar, bem como, seus horários de trabalho e/ou outros compromissos.

Junte também, qualquer outro documento, que possa levar ao entendimento da causa, que seu problema foi sério, se tratava de uma mudança de habitação, e que a falta deste importante item, bem como, a frustração pela ilegalidade dos atos da empresa, lhe causaram grandes complicações.

Enfim, tenha o máximo de provas possível, protocolos de atendimento, e-mails irregulares ao CDC, se foi necessário pedir ajuda a algum familiar, anexe também as conversas pelo whatsapp. Você poderá ingressar na justiça sem o uso de um advogado, pelo Juizado Especial Cível, porém, recomendo que consiga pelo menos o suporte jurídico de um.

responder
Reportar
Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Adicionar Resposta