Campanha Super Deals - Aliexpress
Promobit
Promobit
Imagem do usuário Cristiano Kieling
9
Análises e Reviews

Notebook Asus X513EA-BQ1063T - Minhas Impressões

por Cristiano Kieling (@cristiano_kieling)

1 de dezembro de 2021 às 14:41

167

8

14

Primeiramente deixar claro dois pontos de grande discução sempre que esse notebook aparece em promoção por aqui:

- Tela - 15´6 pol. - FHD do tipo IPS (a Asus usa o termo IPS Level, mas é a mesma coisa), de entrada (45% NTSC / aprox. 60% sRGB / aprox. 300 nits de brilho);
- Velocidade da memória RAM - 3200mhz em dual channel.

TECLADO:

O teclado dele é extremamente confortável para digição, porém sem retroiluminação. Possui teclado numérico separado, o que facilida na hora de preencher dados númericos em planilhas ou inserir senhas. Única estranhesa no uso desse teclado é o fato do ponto de interrogação (?) e a barra (/) estão localizados junto as letras (W) e no (Q), respectivamente, o que demora um pouco para acostumar.

CORPO:

Todo em plástico, porém é bem construído, sem arestas aparentes ou mal acabadas e é bem rígido. Flexiona muito pouco e traz uma aparencia sólida de construção. O material é bem sensível a marca de dedos, como é de esperar de um produto com acabamento liso e plástico.

TELA:

Possui um brilho dentro do esperado para a categoria (talvez até um pouco acima, se comparar com outro que temos aqui, da Dell - 5402). Full HD com bordas finas, apresenta um bom contraste de cor (nas especificações da tela afirma ser 1000:1, mas não tenho como avaliar com precisão) e nenhuma distorção ao olhar para o monitor de qualquer ângulo.

SISTEMA:

Instalado, vem de fábrica com Windows 10 Home SL, podendo ser atualizado já no primeiro boot para o Windows 11, o que não fiz, pois utilizo Linux. Vem com um monte de lixo instalado - padrão Microsoft e alguns mais como McAfee.

O AIPT da Asus, anunciado como controle inteligênte de energia para melhor o desempenho e diminuir a temperatura do notebook, é (numa análise superficial), uma jogada de marketing. O que parece que ocorre é um modo automatizado que segura a frequencia do processador para não atingir niveis de temperatura tão altos a ponto do mesmo começar a fazer o famigerado "throttling".

Fiz apenas um teste, para fins de referência, no Geekbench 5 (não sou muito ligado em número desses testes, mas fiquei curioso).

- Windows 10 + Modo Desempenho da Asus - Fn+F - Single Core: 1403 / Multicore: 4747
- Linux Mint 20.02 - Kernel 5.13 - Single-core: 1505 / Multi-core: 5029

Para quem for usuário, ou está pensando em migrar para o Linux, a boa notícia é que tudo funciona já no primeiro boot do sistema (e em outras versões que testei como Ubuntu, Fedora e PopOS., também). Teclado, atalhos das teclas Fn, audio, wi-fi, bluetooth, etc. Nada deixou de ser reconhecido. Acabo utilizando o Linux Mint pois não sou programador, nem de área relacionada a TI e o sistema é perfeito. Leve, fluído, sem distrações e com toda a segurança e privacidade que se espera em sistemas Linux (assim como no MacOS).

BATERIA

Não é excelente, mas está longe de ser ruím. Uso médio tenho feito 4h aprox. no Linux (no Windows não cheguei a testar pois formatei pouco tempo depois de chegar - só fiz o benchmark rapido), mas esse tempo pode ser melhorado por meio de programas como Powertop e TLP, além do Auto_cpufreq que uso e já faz um bom trabalho.

CONCLUSÕES

Por R$ 2.991,00 na promoção, no atual cenário dos preços de eletrônicos no Brasil, não esperava encontrar um produto que me atendesse tão bem e que fosse tão prazeroso de utilizar. Recomendo esse notebook, pois, concorrentes dele como Samsung Book (de mesmo processador e SSD) e até mesmo os lenovo com intel, ficam devendo muito em termos de tela ou construção (no caso do samsung - os dois são péssimos).

Compartilhe: