Campanha Esporte - Aliexpress
Promobit
Promobit
Imagem do usuário Mickael Fernandes
22
Artigos e Matérias

Qual o melhor fone de ouvido: pergunte aqui!

por Mickael Fernandes (@mf)

14 de junho de 2021 às 17:09

342

12

64

Salve, pessoal!

Este é um texto básico sobre fones de ouvido com algumas informações para aqueles que não conhecem sobre os produtos.

Caso você queira uma indicação de fone de ouvido, de qualquer tipo, pergunte nos comentários respondendo às perguntas abaixo para que a comunidade possa lhe ajudar :D

FORMULÁRIO DE INDICAÇÃO

Pedimos a gentileza de sempre preencher as opções abaixo para podermos responder:

1. Qual a faixa de preço:
2. Qual o tipo de fone (in-ear, on-ear, over-ear, TWS, etc):
3. Qual será o uso do fone (jogos, PC, reuniões, etc):
4. Aceita importar (pode incidir tributação e o tempo de entrega ser demorado):

Caso queiram uma sugestão ainda mais assertiva, sugerimos que responda também as seguintes opções:

5. Que tipo de sonoridade prefere (bass, flat, etc):
6. Qual o tipo de música costuma ouvir:

TIPOS DE FONE DE OUVIDO

- In-Ear (IEMs): também chamados de intra auriculares, são headphones portáteis, normalmente utilizado em dispositivos móveis como celular, hoje muito populares com os TWS (True Wireless Stereo, aqueles fones totalmente sem fios);




- Earbud: são os fones auriculares, assim como os IEMs, também são portáteis e utilizados em dispositivos móveis, mas ao contrário dos outros, estes não entram no canal auditivo. Costumam ser os mais acessíveis e não isolam bem;



- Headphone: são os mais procurados para quem quer qualidade sonora, isolamento e conforto. Nesse seguimento há várias subdivisões: abertos (open-ear), fechados (closed-ear), supra auriculares e circunaurais;
- Headphone on-ear: também chamados de supra-aurais ou supra auriculares, são fones que ficam exatamente sobre a orelha, são bem confortáveis, costumam ter pouco isolamento acústico;




- Headphone over-the-ear: também chamados de circunaurais ou circo auriculares, são os fones que ficam em torno da orelha, são confortáveis e costumam ter mais isolamento acústico, porém podem criar um vácuo na orelha que incomodam algumas pessoas;




- Headphone open-back: fones aberto que oferecem bastante soundstage, mais voltado para os agudos e bastante detalhamento. Como são abertos, o som pode vazar, tornando audível a outras pessoas ao redor. São fones bem recomendados, atendem no geral, filmes, jogos e músicas;




- Headphone closed-back: isolam muito, possuem mais graves, menos soundstage, podem criar vácuo na orelha (algumas pessoas se incomodam);




- Headset: é um headphone com microfone embutido/acoplado;




- Earpads: são as almofadas dos headphones;




- Drivers: caixa acústica ou alto-falante do fone;




- Plug ou conector: pode ser P2 (3,5mm), P3 (3,5mm, linha para microfone), ou, banhados a ouro (menor resistência, em tese melhor qualidade, pois não haverá ruídos na transmissão);
- Diafragma: mais um nome para alto-falante;
- Armadura balanceada: tipo de driver presente nos IEMs que tem performance superior em frequências altas.

UM POUCO SOBRE SOM

- Agudos: são as frequências mais altas, produzidas pelos pratos de uma bateria ou o cenário geral num jogo;

- Médios: frequências intermediárias em que se encontram as vozes, por exemplo;

- Graves: ou bass em inglês, são as frequências mais baixas, sendo comumente as batidas eletrônicas, uma bateria, o baixo (instrumento), explosões;

- Imagem: o quanto você consegue distinguir as coisas com o seu ouvido, seja os instrumentos numa música ou os inimigos em um jogo;

- Soundstage/profundidade: também chamado como palco sonoro, é o espaço e ambientação, é o que dá imersão;

- Claridade: o quão limpo é um som para não se perder os detalhes;

- ANC (Active Noise Cancelling): tenho um tópico só sobre isso, basta clicar aqui. Basicamente é um cancelamento de ruído ativo feito por chips e softwares funcionando de modo a criar uma frequência inversa para cancelar o ruído;

- ENC (Environment Noise Cancelling): cancelamento de ruído passivo produzido pelo design do fone (as borrachinhas ou earpads que isolam);

- Resposta de frequência: normalmente conseguimos ouvir as frequências entre 20 Hz e 20.000 Hz;

- Sensibilidade: na prática é o volume, medida em dB SPL, para cada mili watt (potência) ele entregará uma quantidade de decibéis. Acima de 85 dB pode ser prejudicial à audição;

- Impedância: sem entrar muito no quesito eletrônico, é uma medida que une resistência e reatância (indutores e capacitores) e basicamente está relacionado a qualidade sonora. Impede que o som da energia elétrica (vibrações) interfiram na música. Quanto maior, no geral, melhor a qualidade, mas também é necessário mais energia para o bom funcionamento (chamado comumente de empurrar o fone, precisando de amplificadores);

- Flat: som neutro, fiel ao som original;

- Colorido: o contrário de flat;

- Detalhamento: capacidade de mostrar os detalhes da gravação;

- Estridente: excesso de médios e/ou agudos;

- Sibilante: excesso de agudos;

- Transparência: conseguir mostrar a música em todos os detalhes;

- Equilíbrio tonal: equilíbrio entre agudos, médios e graves.

FONES GAMERS E O MARKETING

Normalmente os usuários que compram fones gamers (e com as mais diferentes nomenclaturas) procuram graves, conforto, microfone e talvez uma certa qualidade de áudio para poder ouvir os inimigos, mas isso será muito bom em qualquer fone gamer se a pessoa não tiver uma referência melhor, ou seja, se nunca tiver ouvido um bom fone de verdade (hi-fi ou alta fidelidade).

É válido lembrar que fones 5.1, 7.1 reais é só marketing. Por vezes, menos é mais; os speakers são a parte mais cara de um fone e se possuir 5, 6 speakers, imaginem o preço que ficaria! Obviamente como são acessíveis, a qualidade de cada speaker é baixa para poderem vender.
Já os USB são piores ainda, pois é tudo totalmente emulado, nem os falantes do sistema possuem. Nesse caso é muito melhor adquirirem um bom fone de ouvido que estarão bem servidos para qualquer uso, basicamente.



Como precisa ser um fone gamer: os graves precisam ser rápidos e secos para não atrapalhar outras frequências (ouvir um boom enorme pode ser bacana, principalmente num filme, mas no jogo atrapalha!), ter detalhamento, transparência, equilíbrio tonal, menos graves e mais agudos (por essa não esperavam? rs).

Fonte: Adrenaline, Mind The Headphone, What HiFi, HT Forum (extinto), Head-Fi e Headfonia.

Compartilhe: