avatar de mf
ADMIN

35 curiosidades sobre perfumes

10 de Janeiro de 2020 ás 19:35
Artigos
6
0

E aí, pessoal, tudo bem com vocês? Depois te ter trazido alguns perfumes de nicho e mostrado alguns dos mais caros do mundo, hoje gostaria de trazer mais curiosidades sobre o vasto mundo dos perfumes:

1 - Há alguns motivos para se aplicar o perfume em áreas quentes (como pulso, dobras, pescoço): o aroma é melhor exalado porque são áreas de grande circulação sanguínea;

2 - Para fazer uma pessoa se sentir atraída e relaxada, pode-se usar perfumes com aroma de baunilha, pois evocam a infância, o que cria uma zona de conforto para outrem;

3 - A história do perfume remonta até 2000 anos A.C. e era chamado de “per fumus” que significa “através da fumaça”. Os primeiros perfumes eram incensos baseados em especiarias e ervas;

4 - O perfumista David Pybus criou o perfume “Ankh” que é composto das ervas originais usadas no tempo antigo com notas cítricas;

5 - O perfume moderno mais famoso foi criado para a rainha Elizabeth da Hungria em 1370, chamado de “Hungria Água”. Crabtree & Evelyn está produzindo este perfume atualmente;

6 - Para o trabalho, as notas verdes e cítricas passam uma imagem dinâmica e profissional de você; evite notas florais adocicadas, pois possuem conotação sensual nesse mundo;

7 - Aproveitando o item acima, perfumes gourmand que contenham notas de baunilha, chocolate, pimenta, noz-moscada, florais (ex.: Jasmim e Tuberosa) remetem a sensualidade e sedução;
8 - A perfumaria nacional se consolidou na década de 90;

9 - pessoas que usam bermudas ou saias podem aplicar perfume na dobra do joelho, pois é um local com grande circulação de sangue, o perfume exala bastante e é considerado uma ferramenta de sedução;

10 - O melhor lugar para se guardar o perfume é dentro de sua própria caixa (comentei neste tópico, há outras dicas de armazenamento);

11 - Nosso cérebro possui um mecanismo para bloquear aromas após sentirmos muitas fragrâncias variadas, por isso algumas pessoas cheiram café para neutralizar, mas é possível utilizar qualquer outro cheiro neutro ou simplesmente dar um tempo; é recomendado sentir no máximo quatro fragrâncias, de acordo com especialistas como César Veiga do grupo Boticário;

12 - Fatos históricos influenciam a criação de perfumes como o Joy, criado por Jean Patou para espalhar alegria em um tempo de crise econômica na Europa;

13 - As famílias olfativas funcionam como “códigos”, passando mensagens, sentimentos como humor, intenções como sedução e outras, por isso é importante escolhermos o perfume para cada ocasião;

14 - Povos antigos consideravam perfumes como símbolo de poder; os gregos usavam perfumes diferentes para cada parte do corpo (por favor, não façam isso, rs);

15 - A França é considerada o berço da perfumaria e Grasse a capital dos perfumes;

16 - O primeiro museu olfativo foi criado em 1990 por Jean Kerleo;

17 - O Rei Luís XV chegou até decretar que deveria haver uma fragrância diferente para cada dia da semana;

18 - Arqueólogos encontraram um óleo perfumado chamado Kiphi quando abriram o túmulo do faraó Tutankhamon em 1922, cheiro que perdurou por 3300 anos após a morte;

19 - Para conseguir 1 kg de óleo essencial são necessárias cinco toneladas de rosas; e para Jasmim são necessárias oito milhões de flores o que equivale a 100 kg (curiosidade extra: existem mais de 5000 tipos de rosas, e ela é considerada a rainha das flores e o Jasmim o rei);

20 - Segundo dizem, Maomé acreditava no poder dos perfumes e teria proferido as seguintes frases: “Três coisas são importantes para mim na Terra: mulheres, perfumes e orações.” e “O perfume é o alimento que nutre meus pensamentos.”;

21 - A baunilha pode ser considerada afrodisíaca porque vinha das bagas da Vanilla Planifolia, uma espécie de orquídea;

22 - Fixadores nos perfumes são uma lenda! O que determina o desempenho são as notas e o organismo do indivíduo;

23 - O famoso perfume Chanel 5 usa óleo essencial de Ylang-ylang e para obtê-lo com melhor qualidade é necessário colher as flores ao raiar do dia e devem ser secadas imediatamente. Basta uma gota desse óleo para harmonizar o sono e a famosa Marilyn Monroe respondeu a uma repórter que usava duas gotas do perfume da Chanel para dormir;

24 - Cleópatra ficou conhecida como a primeira mulher a usar perfumes como sedutores, pois se untava de essências da cabeça aos pés para conquistar Marco Antônio e Júlio César;

25 - Existe uma manteiga que é utilizada para perfumes e é caríssima, na verdade é fruto de uma destilação da flor de Íris e parece mesmo uma manteiga, mas não é comestível;

26 - A Bergamota, muito utilizada em perfumes, e é uma espécie de laranja, tem propriedades terapêuticas cicatrizante, anti-infeccionante e expectorante;

27 - Incenso é uma resina de uma planta, bastante utilizada na perfumaria, mas a palavra vem do latim “Incensum” e significa “coisa acesa” e é uma mistura aromática queimada com mirra, benjoim gálbano e opopânace;

28 - A aromaterapia foi “descoberta” em 1920 quando um químico chamado René Gattefossé se queimou em um acidente no laboratório e mergulhou a mão no primeiro líquido a sua frente, que era óleo de lavanda, produzindo alívio imediato e cicatrização rápida;

29 - Napoleão Bonaparte mandou construir um frasco de perfume de modo que ele pudesse inseri-lo na bota de seu uniforme militar para usar em campo de batalha;

30 - No século XVI, banho era considerado um luxo e lavavam o corpo inteiro com sabão uma vez ao ano, por isso perfumes eram importantes;

31 - O âmbar, muito comum na perfumaria, é proveniente da secreção intestinal dos Cachalotes (uma baleia) e é expelida naturalmente e se concentra na superfície da água em Madagascar, Groelândia e Ilhas Molucas;

32 - O alecrim usado na culinária também é utilizado na perfumaria e serve na aromaterapia para hipotensão, fadiga mental, distúrbios nervosos, dores musculares e reumáticas;

33 - O óleo essencial de patchouli é obtido por destilação a partir de 330 kg de folhas secas;

34 - No antigo Egito, perfumes eram ofertados aos deuses como oferta de amor, assim como aos cônjuges. Convenhamos que até hoje é um excelente presente, rs;

35 - O óleo de sândalo é bastante abundante em suas raízes e lenho (assim como outras árvores), provendo cerca de 60%; quando isso acontece, o aroma permanece inalterado por muito tempo, mesmo tornando as árvores apenas pó, por isso ele fixa bastante em nossa pele e é utilizado até para curar algumas doenças.

Fonte: O Perfumístico

Então é isso, galera, espero que tenham curtido essas curiosidades do mundo perfumístico.

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Adicionar Resposta

Avalie o Promobit

Qual a probabilidade de você recomendar o Promobit para um amigo ou parente?