Take a fresh look at your lifestyle.

Vai comprar uma Smart TV? Conheça as principais plataformas

Chegou a hora de trocar aquela TV de tubo? Ou aquela da época do Plasma que não se conecta à internet? Saiba mais sobre os sistemas operacionais para TVs.

15

Seja porque você ainda tem uma TV de tubo em casa ou porque aquela TV de tela de Plasma, aquela tecnologia que não está mais entre nós, motivos não faltam para ter uma Smart TV. Ou alguém aí ainda vive sem Netflix? Antes de sair por aí olhando apenas para o preço, que tal conhecer as principais plataformas de televisores inteligentes? Hoje, elas estão bem parecidas entre si, mas sempre há uma ou outra diferença.

WebOS

Plataforma da LG, o LG webOS foi a primeira dessa nova geração de sistemas operacionais para televisões inteligentes, isto é, que se conectam com a internet. É a sucessora do webOS, que foi inicialmente desenvolvida pela Palm, e depois pela Hewlett-Packard, quando esta adquiriu a Palm. Em 2013, a marca e o código do sistema foram comprados pela LG e, a partir de então, a plataforma foi totalmente remodelada para se adaptar às necessidades das TVs LG e de seus usuários já em 2014, quando foi anunciada. Atualmente, está na versão 3.5.

Uma novidade dessa última atualização é o Quick Access, um recurso que permite ao consumidor associar até nove atalhos com os seus apps favoritos no teclado numérico do controle. Outro recurso é o Magic Link: basta o usuário clicar no botão Magic Link que a TV busca automaticamente na internet o conteúdo relacionado ao que ele está assistindo. Já com o Magic Mobile Connection o consumidor conecta seu smartphone e compartilha fotos e vídeos. É possível conectar até quanto dispositivos simultâneos, inclusive iPhone.

Como quase todas as Smart TVs no mercado, apenas os modelos mais caros vem acompanhando do controle mais avançado, que no caso da LG se chama Smart Magic. Além de funcionar como um apontador graças ao sensor de movimento, vem com um microfone embutido para executar comandos de voz e, a partir de 2017, teclas dedicadas para Netflix e também Amazon Prime.LG WebOS

 

Tizen

O Tizen é um sistema de código aberto que vem sendo desenvolvido por fabricantes com a ajuda da Linux Foundation há bastante tempo. Utilizado nos relógios inteligentes e até em alguns smartphones da Samsung — que não são vendidos no Brasil — o Tizen chegou aos televisores inteligentes da sul-coreana em 2015, após os lançamentos na CES. Por enquanto, apenas a TV Samsung faz uso da plataforma.

Assim como webOS da LG, o Tizen também tem seu menu principal na horizontal, na parte inferior da tela da TV. No Tizen, no entanto, essa tela inicial chama-se Smart Hub e traz em sua interface uma única tela com todas as informações, onde é possível escolher os equipamentos que estão conectados à TV ou acessar o último episódio de uma série e voltar a assisti-lo exatamente do ponto onde parou na última vez.

Também como nos demais sistemas, no Tizen é possível personalizar esse espaço para que se tenha acesso rápido e fácil aos aplicativos que sejam da preferência de cada consumidor. São diversos tipos de aplicativos de vídeos, músicas, conteúdo infantil, games em alta definição, notícias, palestras, entre outros, disponíveis para download.

O Tizen também tem um controle remoto mais avançado que vem em algumas TVs LG topo de linha. É o One Control, que permite que o próprio controle remoto da TV seja utilizado para controlar os dispositivos que estão ligados ao aparelho. Isso significa que com ele é possível controlar a TV por assinatura, Home Theater, Blu-Ray, entre outros equipamentos. Todo esse processo é feito de forma automática a partir do momento que um novo equipamento é conectado. A Smart TV Samsung identifica o dispositivo e mostra em qual entrada ele foi ligado. A partir deste momento, ao selecionar um desses equipamentos, o controle remoto da televisão irá comandar este aparelho.

samsung tizen

Android TV

Sucessora do Google TV, a Android TV também foi anunciada em 2014, mas só chegou aos primeiro televisores em 2015. Atualmente, a plataforma é encontrada em Smart TVs da Sony, Sharp e Philips (TP Vision). Como era de se esperar, as TVs com Android vem com os recursos e apps do Google que tornaram o Android tão popular entre milhões de usuários de smartphones.

O sistema operacional possui, por exemplo, busca por voz e recomendações de acordo com os interesses do usuário. Outro recurso interessante é o de gaming: é possível jogar games da plataforma Android na tela grande. Comece um jogo em seu celular ou tablet e termine na sua TV. Um diferencial das TVs com Android é que ela já vem com Google Cast, um recurso que permite que você transmita o conteúdo dos seus apps favoritos para a telona, com apenas um toque, a partir do tablet ou smartphone, da mesma forma que já funciona o Chromecast.

Os apps de conteúdo do Google também já vem todos pré-instalados: YouTube, Google Play Música, Google Play Filmes. Outra importante inovação da Android TV da Sony está no controle remoto, que vem com touch pad e que permite que o usuário acesse qualquer conteúdo através do comando de voz.

O controle remoto One Flick vem como acessório padrão nas telas maiores e mais caras, mas pode ser comprado separadamente para ser usado em outros modelos mais baratos, como também acontece com LG e Samsung. Smartphones também podem ser usados como controles remotos de forma muito simples, basta utilizar o aplicativo Controle Remoto do Google, ou o TV Side View, no caso de um TV Sony. Ambos estão disponíveis para download na Play Store ou AppStore.

Smart TV Android

Aproveite as melhores promoções de TV da internet utilizando os cupons de desconto do Promobit. Crie sua lista de desejos, tire dúvidas com os membros da comunidade e prepare-se para a Black Friday, maior temporada de promoções do ano!

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!