Take a fresh look at your lifestyle.

Como escolher a melhor mala de viagem?

Neste artigo, mostramos quais os fatores essenciais que você deve levar em consideração na hora de comprar a melhor mala de viagem de acordo com o seu perfil

1

Fazer uma viagem é uma das alternativas para quem quer sair da rotina, ter um momento de lazer ou conhecer novas pessoas. Há quem diga que ela começa antes mesmo de chegar ao local de destino, quando estamos na etapa dos preparativos, escolhendo quais pontos turísticos visitar e o que levar. Nesta última parte, entra um quesito essencial: encontrar uma mala de viagem que comporte nossos pertences e atenda nossas necessidades.

Neste artigo, separamos algumas dicas para que você consiga escolher a melhor mala de acordo com o seu perfil.

Defina que tipo de passageiro você é

Tentar identificar que tipo de passageiro é você é o primeiro passo para fazer a melhor compra. Você já está acostumado a viajar e procura fazer um upgrade ou é sua primeira vez? De quanto em quanto tempo, costuma precisar de uma mala de vigem? Definir esses pontos te ajudará a entender se é melhor investir em um produto mais caro, mas que vá durar mais e poderá ser usado outras vezes, ou se é mais interessante comprar uma mala barata, quase de uso único, e adquirir outra na próxima viagem.

Fique atento ao material

Escolher uma mala de material resistente é a parte mais importante nesse processo, principalmente se a sua viagem for internacional. Depois de serem despachadas, elas não costumam ser bem tratadas quando colocadas na esteira e no avião e precisam aguentar o tranco para chegar inteiras e com todos os seus pertences ao destino.

No mercado, você pode encontrar malas de polipropileno, policarbonato e ABS, além das de tecido. Esses três primeiros materiais são pouco maleáveis, o que torna a mala mais dura e resistente, inclusive à umidade. Elas podem ser uma boa opção para quem pretende carregar materiais mais frágeis, como garrafas de vidro, porcelanas e enfeites. Por outro lado, possuem baixa resistência a luz solar e aos raios ultravioletas. Dentre esses três, o mais indicado é o polipropileno.

Agora, as malas de viagem de tecido são mais flexíveis, o que pode ajudar na hora de encaixá-las no bagageiro do carro. Outro ponto interessante é que nesse tipo de material riscos e amassados não serão tão aparentes quanto em uma mala rígida. Outra diferença a ser observada (e, nesse momento, a decisão é puramente pessoal, por ser uma questão de organização) é que as malas de tecido vêm com o zíper na parte superior da mala e as de plástico, no meio, porque possuem duas divisões.

Ainda, é importante verificar quantas alças a sua mala possui e em quais lugares estão localizadas, pois elas facilitam o transporte. Geralmente vemos alças na parte superior, perto do puxador, e também na lateral.

Mala em ABS com alças

Teste as rodinhas

Se for possível, é sempre melhor testar as rodinhas pessoalmente para avaliar se são funcionais. O ideal é escolher aquelas de uretano, material utilizado para fazer as rodas de skate, que não são tão frágeis como as de plástico e não desgastam tão rapidamente como as de borracha.

Outra dica é escolher malas com oito rodinhas (duas em cada aro) e que giram em 360º, para garantir mais conforto na hora de carregar, já que elas podem ser levadas junto ao corpo e não necessariamente serem puxadas pelo braço. Por fim, há as malas que, além das oito rodinhas em 360º, possuem outras que são fixas no centro da base, o que dá mais estabilidade, facilidade e segurança no transporte.

Mala em polipropileno sem rodinhas fixas no centro

Tamanho é documento

Você já deve saber que existem as malas grandes, médias e pequenas e que há a opção de comprá-las juntas ou separadas. Se você costuma viajar muito a trabalho, é indicado que compre um conjunto de malas de viagem, para que tenha diversas opções para usar ao levar em consideração quantos dias ficará fora de casa. Agora, se o seu orçamento for para apenas uma, recomendamos que opte pela mala de viagem média, por conta da versatilidade. Ela se torna útil tanto nas viagens mais longas quanto nas mais curtas e é mais fácil de ser colocada no porta-malas do que a mala de viagem grande.

Agora, se você pretende fazer muitas compras em seu destino, tenha em mãos uma mala grande e uma pequena, para levar uma dentro da outra (sim, isso dá certo). Assim, na ida você pode colocar seus pertences na pequena e voltar com pelo menos uma mala cheia de produtos novos.

Contudo, independentemente do tamanho que escolher, é importante que todas tenham o zíper expansivo, que aumenta a altura da mala depois de aberto e te dá um pouco mais de espaço para que não seja necessário sentar na mala para fechá-la e sofrer por antecipação achando que não vai dar para levar tudo embora.

Por último, você deve levar em consideração quantos quilos poderá transportar na sua mala de viagem. Afinal, para que uma mala enorme se o peso máximo for baixo? Não se esqueça de conferir com a companhia aérea que você fechou as passagens qual o limite de peso permitido (algumas permitem malas com até 32 quilos, mas outras 23). Já se você for viajar de ônibus, segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres, as malas devem pesar até trinta quilos e ter dimensão de um metro.

Conjunto de malas em tecido

Verifique a parte interior da mala

Além da resistência, o diferencial da sua mala está em seu interior, que pode facilitar a organização dos seus pertences. Como dito anteriormente, as bagagens de plástico costumam ter o zíper no meio da mala e, por isso, contam com duas divisões: uma das partes vêm com um elástico para segurar as roupas no lugar e na outra um forro com zíper para cobrir a bagagem colocada ali.

Já as de tecido não vêm com essas divisões, mas ainda possuem o elástico. Além disso, contam com um bolso de furos com zíper na parte interna da tampa da mala, que você pode utilizar para colocar roupas íntimas, por exemplo, para ficarem em fácil acesso.

Interior de mala em polipropileno

Compare preços e observe o custo-benefício

A sensação de ter comprado uma mala boa e ter pagado pouco por ela é ótima, certo? Para isso, você deve analisar qual relação de custo e benefício ela te proporcionará. Logo, o ideal é que, após definir o seu perfil de passageiro, como sugerido lá em cima, você pesquise por malas em diversas lojas e compare os preços. Se o seu voo tiver escalas, por exemplo, às vezes é melhor pagar mais caro por uma mala que dure mais do que comprar uma muito barata que não sobreviverá ao transporte.

Você também deve ficar de olho Promobit, pois vira e mexe aparecem promoções de malas de viagem com preços inacreditáveis.

Não se esqueça do cadeado

Algumas malas já vêm com cadeado embutido, geralmente com duas chaves, outras não. Se a que você está interessado já vier com um, verifique se ele ele é TSA. Esse modelo pode ser aberto por uma chave mestra da alfândega dos Estados Unidos, assim, se esse for seu destino, sua bagagem não será danificada.

Se a sua mala vier sem cadeado, você pode escolher pelos mais simples, de chave, que geralmente são mais baratos, ou pelos de senha, mais caros. Independentemente do que escolher, o importante mesmo é optar por um.

Mala em polipropileno com cadeado embutido

Agora que você já sabe como escolher a melhor mala de viagem, o que acha de aproveitar as promoções de passagens aéreas do Promobit? Você também pode ficar de olho nos nossos cupons de desconto!

Veja também
Comentários

Novo comentário
cancelar
Responder comentário:

Quer receber alertas de novas postagens?

Receba notificações em seu navegador!