Promobit
Promobit
Imagem do usuário Arthur Silva Vicentini
9
Dúvidas e Sugestões

Com tantos conteúdos com suporte a Dolby Vision, ainda vale a pena comprar uma TV Samsung?

por Arthur Silva Vicentini (@arthur_vicentini)

18 de outubro de 2020 às 13:33

34

1

1

Quando o assunto é HDR dinâmico, o padrão Dolby Vision tem muito mais suporte do que o HDR10+ (defendido pela Samsung).
Netflix, Apple (aluguel de filmes no app Apple TV, Apple TV+ e gravação de vídeo no iPhone 12), Disney+ e Microsoft (Xbox Series X) estão do lado do padrão da Dolby.
Dos grandes players, só a Amazon está do lado do HDR10+.

Então, com a Samsung relutando em pagar a taxa de licenciamento pra Dolby (já que, como ela é a maior fabricante de TVs do mundo, o impacto financeiro seria maior, e as margens de lucro de TVs já não são grandes - não por acaso, algumas marcas tradicionais ou abandonaram o mercado ou venderam suas divisões de TVs, como a Philips, que vendeu sua divisão de TVs para a taiwanesa TPV, dona da AOC), ainda vale a pena comprar uma TV Samsung (ainda mais quando as Samsung QLED estão entre as melhores TVs LCD atualmente)?
Quero dizer, TVs OLED LG existem, mas burn-in é inerente à tecnologia - falo isso como alguém que usa smartphones com tela AMOLED há muito tempo, já estou no terceiro deles - e por mais que a LG também tenha a linha NanoCell, o contraste dos painéis IPS não é tão bom quanto o de painéis VA, e a Nano90, o único modelo 4K de 2020 com FALD, é vendida no Brasil apenas em versões de 75" e 82" (e estou atrás de uma TV de 55").

Compartilhe: