Promobit
Promobit
Promobit Explica

Quantos KWh/mês gasta uma airfryer? Veja se ela é o terror da conta de energia

Fizemos simulações para responder quantos KWh/mês gasta uma airfryer e se esse valor realmente faz diferença na conta de energia. Aprenda também.

Quantos KWh/mês gasta uma airfryer? Veja se ela é o terror da conta de energia

13 de jan de 2021

0 comentários

Compartilhe:

Que uma airfryer (também chamada de fritadeira elétrica) traz praticidade para o dia a dia os leitores do blog do Promobit já sabem, mas uma grande dúvida de quem ainda não tem o produto é: o uso faz muita diferença na conta de energia? Quantos KWh/mês gasta uma airfryer? Como estamos sempre aqui para informar e ajudar, é essa resposta que trazemos no artigo de hoje. 

Quer receber avisos sempre que aparecer Airfryer em promoção? 

Como calcular o consumo de energia de uma airfryer? 

A medida que nos ajuda a identificar o consumo de energia elétrica é o quilowatt. E, nas especificações técnicas dos eletrodomésticos e outros produtos eletrônicos, esse consumo é dado em horas: kWh. 

Por exemplo, a fritadeira elétrica Mondial Pratic AF-15 consome 1,27KWh, segundo especificações do site da Mondial. Aliás, é interessante dizer que isso está diretamente relacionado a potência dela: 1270W. Assim, se nas especificações na internet não houver as informações em KWh, você pode só tirar um zero e acrescentar uma vírgula que saberá o valor.

Para calcular o consumo de energia, após ter o valor em KWh, você precisará saber quanto é cobrado pelo uso da eletricidade em sua cidade. Em São Paulo, por exemplo, a Enel (antiga Eletropaulo) cobra R$0,24 por cada quilowatt-hora (kWh), na categoria B1 (baixa tensão residencial). Também devemos considerar que em dez/2020 houve o acréscimo da tarifa de bandeira vermelha no patamar 2 (acréscimo de R$6,25 para cada 100kWh consumido). 

Leia também: 
  • Melhores marcas de airfryer disponíveis no Brasil
  • Vale a pena comprar uma airfryer?
  • Como escolher airfryer para cozinhar sem óleo?

Quantos KWh/mês gasta uma airfryer? 

Para o cálculo neste artigo, usaremos como exemplo uma fritadeira que gasta 1,9KWh, como a Mondial Grand Family, que apareceu no ranking de melhores airfryers. Vamos supor que ela fique ligada duas vezes por semana todos os meses durante 30 minutos (o tempo médio que você demora para preparar carne ou peixe para três pessoas na fritadeira). Isso significa que, em um mês de cinco semanas, ela vai ficar ligada 10 dias durante 30 minutos, o que dá o total de 300 minutos no mês. Transformando isso em horas, temos 5 horas. 

Então: 5h x 1,9KWh = 9,5 Kwh/mês

Como cada KWh custa R$0,24, temos: 9,5Kwh x 0,24 = R$2,28 gastos na sua conta de luz, sem considerar nenhuma bandeira tarifária. 

Para adicionar o gasto pela tarifa de bandeira vermelha patamar 2, fizemos uma regra de 3 considerando: R$6,25 —> 100 Kwh. R$ X —> 9,5 Kwh. Quantos reais esse consumo representa? E chegamos ao valor de R$0,59

Então, o custo mensal de energia dessa airfryer para a cidade de São Paulo seria de R$2,28 + R$0,59 = R$2,87

E se eu usasse a airfryer todos os dias? 

Também podemos radicalizar e calcular o consumo de uma airfryer por mês se o uso fosse diário (como um chuveiro), apesar de que isso é bem difícil de acontecer. Vamos usar as mesmas referências da conta anterior: uma airfryer que consome 1,9 Kwh. Nesse caso, ela vai ficar ligada 30 dias durante 30 minutos, o que dá o total de 900 minutos no mês. Transformando isso em horas, temos 15 horas.  

Então: 15h x 1,9KWh = 28,5 Kwh/mês

Como cada KWh custa R$0,24, temos: 28,5Kwh x 0,24 = R$6,84 gastos na sua conta de luz, sem considerar nenhuma bandeira tarifária. 

Para adicionar o gasto pela tarifa de bandeira vermelha patamar 2, fizemos uma regra de 3 considerando: R$6,25 —> 100 Kwh. R$ X —> 28,5Kwh. Quantos reais esse consumo representa? E chegamos ao valor de R$1,78

Então, o custo mensal de energia dessa airfryer usada todos os dias para a cidade de São Paulo seria de R$6,84 + R$1,78 = R$8,62

Afinal, a airfryer é o terror da conta de energia? 

Para a cidade de São Paulo não é, ainda mais pensando que ela é um eletroportátil adicional ao forno comum e ao fogão e, provavelmente, você não vai utilizá-la todos os dias. Aliás, temos um texto falando somente sobre os vilões da conta de luz, e são eles: chuveiro elétrico, máquina de lavar, aparelho de ar condicionado, cooktops e geladeira. 

Por isso, se esse era o grande medo antes de adquirir uma fritadeira elétrica, pode ir tranquilo. Temos diversos textos de apoio que podem te ajudar na decisão, como foi possível ver ao longo do artigo, mas não se esqueça de fazer as contas com os valores da sua cidade e da sua airfryer.


Agora que você já sabe quantos Kwh/mês gasta uma airfryer, aproveite nossas promoções de fritadeira elétrica para comprar a sua! Use um cupom Americanas ou cupom Submarino para economizar ainda mais!

Veja também