Promobit
Promobit
Notícias

Apple aposta em iPhone com controle de gestos

A gigante americana está estudando desenvolver um modelo de iPhone com controle de gestos e tela curva. A tecnologia deve chegar apenas em 2020.

Apple aposta em iPhone com controle de gestos

5 de abr de 2018

0 comentários

Compartilhe:

A Apple pode ter planos de desenvolver duas novas tecnologias para modelos futuros de iPhone: controle por gestos, sem necessidade de o usuário tocar na tela, e um display com tela curva. Segundo o portal The Verge, os dois projetos estão ainda em estágios iniciais de pesquisa e desenvolvimento e, se forem realmente levados a frente pela empresa, devem demorar ainda dois anos ou mais para chegar nos aparelhos do mercado.

Além artigos e guias de compra, no Promobit você também encontra as melhores promoções de iPhone da internet! Depois de finalizar o texto, dê uma olhadinha na nossa timeline.

iPhone gestos
Fonte: The Verge

Na frente da Apple no que se refere a essas tecnologias, a Samsung já ofereceu as duas novidades: o controle por gestos no Galaxy S4, que permitia ao usuário navegar entre fotos e páginas apenas passando a mão por cima do telefone, e as telas curvas que já acompanham a linha Galaxy S há algumas gerações. A diferença, segundo o Bloomberg, é que no iPhone a tela seria curvada gradualmente de cima para baixo, o contrário da tela da Samsung, que se curva para baixo nas extremidades.

O modelo mais caro já fabricado pela Apple, o iPhone X, tem tela OLED que se curva na parte inferior, mas a mudança é praticamente imperceptível para olhos humanos. Nos modelos anteriores, a tela adotada era de LCD, que é bem menos flexível. Portanto, se o iPhone com tela curva realmente chegar ao mercado, é possível que a empresa mantenha a mudança de tipo de tela, podendo inclusive adotar a tecnologia MicroLED, que está sendo desenvolvida pela companhia, que também deve demorar alguns anos para sair no mercado.

Durante os próximos anos, a Apple também deve explorar mais a tecnologia OLED em seus dispositivos. Ainda este ano, espera-se que a empresa de tecnologia anuncie um novo smartphone com esse tipo de tela, de 6,5 polegadas (o iPhone X tem tela de 5,8 polegadas). O flagship da empresa também deve ser “adaptado” para um modelo de custo mais baixo.

Controles por gestos têm sido muito esperados pelos consumidores e diversas empresas estão buscando implementá-los de forma produtiva. A própria Microsoft, antes do fracasso do Windows Phone, procurou adaptar para seus celulares funcionalidades semelhantes às do Kinect, ferramenta muito elogiada do console Xbox.

Para o portal The Verge, a Apple pode agora fazer o que faz melhor: chegar tarde a uma ideia, mas popularizá-la através de uma integração mais inteligente e melhor na experiência geral do usuário.

Veja também